enhanced by Google
  • Concursos
  • Concursos Previstos

Nacional

Caixa deve contratar 12 mil por concurso em 2012

Quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Nacional
  • Anexos

  • Conteúdo Gratuito

O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, declarou nesta terça, dia 07, que a instituição deverá contratar cerca de 12 mil servidores e abrir mais 500 agências este ano em todo Brasil. Entretanto, o índice, com 7 mil postos além do acertado com o sindicato da categoria em 2011, ainda não alcança o teto de servidores para o órgão, que é de 99.024 servidores. A expectativa é de que os editais para técnico bancário, advogado, engenheiro e arquiteto sejam publicados ainda este mês. Um servidor, que pediu que sua identidade fosse mantida em sigilo, informou que o banco trabalha com a meta de lançar os editais até o Carnaval.

Técnico bancário – Em 2011, o sindicato dos bancários fechou acordo com a instituição para que houvesse a contratação de, ao menos, 5 mil servidores para a carreira este ano. Estas oportunidades seriam apenas para o quadro atual de agências da Caixa. Devendo, portanto, o novo contingente de funcionários ser alocado para as mais de 500 agências que deverão ser inauguradas em 2012, segundo Hereda.

Os interessados devem ter nível médio completo. O aprovado atuará no atendimento aos clientes e ao público em geral, participando de diversas atividades bancárias e administrativas. O salário inicial para jornada de 30 horas semanais é de R$ 1.784,00.

Ainda haverá seleção para advogado, arquiteto e engenheiro – para os três cargos, a remuneração começa em R$ 7.931.

A Caixa ainda oferece participação nos lucros e resultados, plano de saúde e de previdência complementar, auxílio-refeição/alimentação no valor de R$ 435,16 e auxílio cesta-alimentação de R$ 339,08.

Vale destacar que os todos os convocados serão admitidos pelo regime de CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

Ela passou – Yohanna Paula Antunes Santos, 22, começou na Caixa ainda como estagiária de administração de empresas, ficando um ano e meio até sua formação. Nesse período, ela atuou junto ao departamento de gestão de pessoas, sendo responsável pelo credenciamento de servidores ao plano de saúde. Aqueles dias foram suficientes para que Yohanna, em suas palavras,“se apaixonasse” pela Caixa.

Ainda durante o estágio ela prestou concurso para técnico bancário. “Foi difícil estudar para a prova porque coincidiu com o meu trabalho de conclusão de curso na faculdade”, lembrou Yohanna. A preparação para o concurso foi feita por meio de uma apostila preparatória e uma hora diária de dedicação. Ela definiu como principal foco as matérias de conhecimentos específicos. O conteúdo aprendido na faculdade também foi importante para sua aprovação, considera ela.

Onze meses depois, foi chamada. Hoje, trabalha no atendimento à pessoa física, sendo responsável por tarefas como abertura de conta e análise de crédito. “Antes eu pensava em voltar para a gestão de pessoas, mas agora estou gostando bastante da agência e quero continuar na área”, contou. Subir é a próxima meta da ex-estagiária, que tem feito cursos de formação continuada da Universidade da Caixa para se habilitar para os processos seletivos internos. “Os cursos virtuais são bem tranquilos defazer. Os presenciais são mais raros e dados por funcionários da própria casa”,explicou.

Primeiro concurso – Camila Rodrigues, 19, é atendente comercial e concurseira novata. Ao planejar o futuro, optou pelo setor público.Procurou a Academia do Concurso e a equipe pedagógica sugeriu-lhe o concurso da Caixa, por sua escolaridade (nível médio) e perfil. “Acredito que nunca vi uma instituição pública que contrata pela CLT ficar demitindo por aí”, observou. O fato de já lidar com atendimento ao público contou pontos: “Sou bastante atenciosa, paciente e acho que meu perfil ajudará com que eu seja uma excelente servidora”, contou. No plano financeiro, a Caixa se destacou para a jovem por oferecer participação nos lucros e resultados.

Além do cursinho, a atendente dedica horas extras para revisão em casa. Organizada, já traçou o seu programa de estudos: primeiro, irá se dedicar a português, matéria na qual tem dificuldade e que já reprovou concurseiros mais experientes; na sequência, conhecimentos bancários, “Vou me dedicar à história e estatuto da Caixa, pois terei que saber sobre a instituição onde trabalharei”, observou otimista; por fim, matemática, na qual a concurseira promete redobrar esforços para acompanhar.

Antes tarde... – “... do que mais tarde”, comentou com bom humor Carlos Arthur Newlands, professor da Academia do Concurso e autordo livro “Sistema financeiro e sistema bancário” (ed. Campus Elsevier), sobre as perspectivas para quem pretende iniciar agora os estudos para a prova. Ele recomenda que os concurseiros se baseiem no edital do concurso anterior: “A última prova da Caixa, aplicada pelo Cespe/UnB, teve um nível de dificuldade acima da média. Quem conseguir resolver aquela prova, estará com um bom nívelde preparação”, observou. Ele também recomenda que os candidatos façam provas de outras instituições bancárias como preparação, citando como as últimas provas para o Banco do Brasil e Banco de Brasília. Para quem retomou os estudos agora, é importante fazer uma revisão de língua portuguesa e matemática. Porém, os candidatos devem concentrar-se na área de conhecimentos bancários, cujo peso é maior; dominar as funções da Comissão de Valores Mobiliários, do Conselho Monetário Nacional e do Banco Central; os tipos de instituições financeiras; e o funcionamento do mercado de capitais e do mercado de câmbio.

Aline Viana

Veja também:

PolíciaCivil (SP)/ Concurso de desenhista pericial está para sair

TCE(RJ)/ Autorizadas 100 vagas para níveis médio e superior

COMENTÁRIOS

1 Comentário(s)
  • Seu nome  
  • Seu email    
  • Seu comentário  
  • clarice de lima
    08/02/2012 18:02
  • Comprei um material excelente para este concurso no site Apostilas SM...Material bom e barato! Pra aqueles que tiverem interesse, deixo o endereço logo a seguir: http://apostilassm.blogspot.com/2011/12/apostila-cef-caixa-economica-federal.html
  •  
207.837 vagas no site
PROVAS ANTERIORES SIMULADOS ONLINE

28.937
Provas disponíveis

41.006
Questões disponíveis