enhanced by Google
  • Concursos
  • Concursos Previstos

TRT /PR

Tribunal fará seleção para técnico e analista

Terça-feira, 20 de abril de 2010

TRT /PR

O Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região (TRT), que compreende o Estado do Paraná, realizará nova seleção em breve. Segundo informou a assessoria de imprensa do órgão, a previsão é que o edital seja lançado em maio e o concurso aconteça em julho.

 

O processo seletivo oferecerá vagas para as carreiras de analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio) Ainda não está definido entre quais áreas de formação as oportunidades de trabalho serão distribuídas.

 

De acordo com a assessoria, para analista, serão abertas 108 ofertas, que fazem parte dos 320 cargos criados para a Justiça do Trabalho paranaense em 2009. Deste número, 212 chances já foram preenchidas por aprovados no último concurso do órgão, que ocorreu em 2007 e cuja validade terminou em janeiro deste ano. Já o número de oportunidades que serão disponibilizadas para técnico não foi divulgado.

 

Organizadora – A Fundação Carlos Chagas foi definida como organizadora da seleção. O contrato foi assinado no dia 14 de abril e seu extrato foi publicado nesta terça-feira, 20 de abril, no Diário Oficial da União.

 

Também já foram divulgados quais serão os valores cobrados pela Fundação Carlos Chagas. Para concorrer às oportunidades de técnico, os interessados terão que pagar R$ 63 referente à taxa de inscrição. Já para os candidatos às chances de analista, a taxa de participação custará R$ 73.

 

Seleção anterior – Em setembro de 2007, foi publicado o edital do último concurso do TRT/PR. Sob a responsabilidade do Cespe/UnB, o processo seletivo disponibilizou 30 vagas, além de formar cadastro reserva (CR).

 

Para analista, foram abertas chances para as áreas administrativa, engenharia civil, engenharia elétrica, judiciária e de execução de mandados. Para concorrer, era preciso comprovar graduação superior específica. Apenas as ofertas para a área administrativa permitiam que os interessados tivessem graduação superior em qualquer curso. Já as oportunidades de técnico (nível médio) eram para a área administrativa e de telecomunicações/eletricidade. As remunerações oscilavam de R$ 3.145,57 a R$ 5.752,11.

 

Segundo o tribunal, mais de 46 mil pessoas se inscreveram no concurso. O Cespe/UnB aplicou provas objetiva e discursiva para os cargos de analista e apenas avaliação objetiva para as funções de técnico. A atividade de técnico de telecomunicações/eletricidade contou também com exame prático.

 

Talita Fusco/SP

 

Veja também:

 

AGU: organizadora de concurso é definida

 

Previc: órgão abrirá primeiro concurso em breve

 

COMENTÁRIOS

0 Comentário(s)
  • Seu nome  
  • Seu email    
  • Seu comentário  
215.911 vagas no site
PROVAS ANTERIORES SIMULADOS ONLINE

28.807
Provas disponíveis

41.006
Questões disponíveis