enhanced by Google
  • Concursos
  • Concursos Previstos

Prefeitura de São Paulo

2.208 vagas de professor saem no começo de junho

Sexta-feira, 25 de maio de 2012

Prefeitura de São Paulo
  • Anexos

  • Conteúdo Gratuito

A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME) vai lançar, entre o fim de maio e começo de junho, o edital do concurso para completar 2.208 vagas na função de professor de educação básica (PEB) II. A informação oficial da assessoria de imprensa da pasta é a de que a possibilidade de o concurso ser publicado ainda em maio é remota, mas há a expectativa, de alguns setores, de que o documento possa sair já a partir deste sábado (26).

Ao mesmo tempo, a assessoria também reforça que a empresa organizadora está sendo escolhida e poderá ser definida muito em breve. Mas o nome da Fundação Vunesp também já chega a ser citado no meio como possível responsável por organizar o processo seletivo.

A ideia é a de que todo o processo flua rapidamente, já que, no mês de julho, todos os órgãos estarão impedidos de abrir processos seletivos, devido à proximidade das eleições.

O concurso foi autorizado pelo prefeito Gilberto Kassab (PSD-SP) no fim do mês de março. Na ocasião, o poder executivo também liberou seleção para quatro vagas de engenheiro agrônomo, para o setor de merenda escolar.

Requisitos e salários – Para se candidatar, os interessados deverão ter formação de nível superior, do tipo licenciatura plena, com habilitação específica para cada disciplina. Serão colocações para todas as áreas.

O salário inicial é de R$ 1.950 para jornada de 30 horas semanais, mais benefícios como auxílio-alimentação, sendo vale-alimentação no valor de R$ 234 e auxílio-refeição de R$ 12,29/dia; auxílio-transporte e, de acordo com a localização da unidade escolar, gratificação de difícil acesso.

Carência de docentes – Em entrevista recente ao JC&E, a vice-presidente da Aprofem (Sindicato dos Professores e Funcionários Municipais de São Paulo), Margarida Prado Genofre, afirmou que o concurso deverá ser bem pensado para atender todas as carências da administração. “A gente sabe que haverá poucas vagas para as disciplinas específicas do ensino médio porque há apenas nove escolas municipais para esse nível. Por isso mesmo, há uma grande carência de docentes para disciplinas como física, química e geografia porque estas escolas não são próximas entre si, o que dificulta para o professor completar a carga horária”, avalia.

Engenheiro agrônomo – As quatro vagas de engenheiro agrônomo serão para o Departamento de Merenda Escolar. O salário é de R$ 3.107,40, sendo R$ 1.838,47 o salário padrão e R$ 1.286,93 a gratificação de desempenho de atividade, para jornada de 40 horas semanais. Os aprovados ainda farão jus a auxílio-refeição de R$ 12,29 por dia e auxílio-transporte de até R$ 153,69.

Célia Falótico – Confira abaixo uma breve entrevista, exclusiva, concedida pela secretária municipal de Educação, Célia Regina Guidon Falótico, ao JC&E.

JC&E – Existe a previsão de quando o edital poderá sair?
Célia
– A autorização para esse concurso foi publicada no Diário Oficial da Cidade de 20 de março de 2012. A Secretaria Municipal de Gestão trabalha para realizá-lo, respeitando a legislação eleitoral.

JC&E – Como está a definição da empresa organizadora?
Célia
– As diretrizes sobre o concurso, que serão apresentadas às entidades interessadas, estão sendo definidas pela Secretaria de Gestão, por meio da Comissão do Concurso. A comissão já está constituída por membros da Secretaria de Educação e tem, por finalidade, organizar todas as etapas do certame, até sua homologação, além de também escolher, dentre as instituições consultadas e que remeterem propostas, aquela melhor qualificada para realizar o concurso.

JC&E – Além deste concurso, a SME pretende realizar outros processos seletivos em breve?
Célia
– Um concurso que está em andamento é o de 46 vagas para especialista em Saúde – Nutrição, para o Departamento de Merenda Escolar. Ele foi promovido pela Secretaria Municipal de Saúde, que também aproveitará aprovados nos seus quadros. A prova foi realizada no dia 15 de abril, e hoje foi publicada no Diário Oficial da Cidade a listagem prévia de classificação final, com abertura de prazo para recursos. A Secretaria aguarda agora a homologação para iniciar a nomeação dos classificados.

JC&E – Datas como prazos de inscrição e aplicação de provas estão definidos?
Célia
– Ainda não temos o cronograma.

JC&E – Hoje a pasta sofre com o déficit de servidores? O número de 2.208 vai suprir a demanda atual de trabalho?
Célia
– O quadro de professores da Rede Municipal de Ensino está equacionado, para atender as suas atuais necessidades. A autorização para esse concurso de professor de Ensino Fundamental II e Médio prevê a expansão da rede física com a construção de novas escolas (já em andamento) além das reposições decorrentes de aposentadorias, falecimentos, exonerações, afastamentos diversos. O objetivo da Secretaria Municipal da Educação é garantir sempre um concurso vigente, para evitar que os alunos fiquem sem professores, por falta de planejamento de curto, médio e longo prazos. A Secretaria planeja cuidadosamente, a cada ano letivo, o preenchimento de todas as vagas existentes, tanto para regência quanto para substituição (módulo), sempre considerando a grade curricular vigente, os programas especiais de atendimento (no caso, Ampliar e Inclui) e o histórico de ocorrências funcionais, de modo a garantir a estabilidade do corpo docente das escolas.

George Corrêa/SP

COMENTÁRIOS

0 Comentário(s)
  • Seu nome  
  • Seu email    
  • Seu comentário  
198.344 vagas no site
PROVAS ANTERIORES SIMULADOS ONLINE

28.745
Provas disponíveis

41.006
Questões disponíveis