1. › Concursos
  • indique
  • imprimir
    Dicas de Língua Portuguesa

    Encontros vocálicos, consonantais, dígrafos e fonemas

    Veja dicas de ditongo, tritongo, hiato, encontro consonantal, dígrafo e dífono

    AC, AL, AP, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MT, MS, MG, PA, PB, PR, PE, PI, RJ, RN, RS, RO, RR, SC, SP, SE, TO

     AASP

      Sandra Ceraldi Carrasco

       

      Nesta edição, a professora Sandra Ceraldi Carrasco orienta os candidatos aos próximos concursos da Polícia Civil sobre o emprego dos encontros vocálicos. Atenção às explicações da especialista e sucesso em sua prova!

       

      As vogais e as semivogais podem aparecer juntas em determinadas palavras formando os encontros vocálicos. “As vogais são: ‘‘a”, “e” e “o” e as semi  vogais, “i” e “u”.  Daí se extraem:

       

      1)     DITONGO: formado por vogal e semivogal ou semivogal e vogal na mesma sílaba, podendo ser crescente, decrescente, oral e nasal. Se CRESCENTE, apresentará semivogal antes da vogal. Ex.: férreo, gênio, rósea, ausência, cárie, Páscoa e língua. Quando DESCRECENTE, possuirá semivogal depois da vogal. Ex.: vai, pau, pastéis, véu, tesoura e gratuito. ORAL, quando a vogal que constituir o ditongo for oral. Ex. quadro e pau. NASAL, apresentará vogal nasal. Ex.: pão, quando, bem, cem, muito, falam, são e órfão.

       

      2)     TRITONGO: formado por semivogal, vogal e semivogal na mesma sílaba e a ordem deve ser respeitada, caso contrário deixará de ser tritongo. É classificado como ORAL e NASAL. Nesses casos teremos de analisar as vogais que constituem os tritongos. Ex.: quais (oral), averiguou (oral), quão (nasal), águam (nasal), saguões (nasal), etc.

       

      3)     HIATO: é o grupo formado por vogais, em sílabas separadas. Ex.: ra-iz,  ru-í-do,  do-er,  co-e-lho,  ru-a,  sa-ú-va,  Sa-a-ra,  pas-se-ar,  ve-em,  ra-i-nha,  mo-í-do,  ca-os,  cru-el,  etc.

       

      ATENÇÃO: Você sabe por que alguns encontros não parecem ser ditongos ou tritongos? Analise as palavras bem e cem. Na grafia, tais vocábulos não parecem ser ditongos, pois temos “e” e “m”, que não formam encontros vocálicos, mas na pronúncia, trata-se de ditongos decrescentes nasais, uma vez que o “m”, além de nasalizar a vogal “e”, possui valor de semivogal “i”. Já a palavra quão é um tritongo, o último “o” desempenha o papel de semivogal; logo é mais fraco no grupo, formando a sequência vocálica de semivogal, vogal e semivogal. Assim, muito cuidado ao classificar alguns vocábulos em seu concurso!

       

      À sequência de duas ou mais consoantes numa mesma palavra, denomina-se ENCONTRO CONSONANTAL. Ex. blu-sa,  brin-co,  cli-ma,  dra-ma,  flo-co,  fra-co,  gló-ria,  etc. Os encontros consonantais: mn,  gn,  pn,  ps,  e  pt,  são  menos  frequentes na língua, mas temos de respeitá-los. Ex.: mne-mo-tes-te, gno-mo, pneu-mo-ni-a. Há ainda os encontros consonantais separáveis ou disjuntos, os quais, na separação silábica, ficam em sílabas  diferentes. Ex. ap-ti-dão,  ad-vo-ga-do,  dig-no,  ab-sol-ver,  rit-mo,  af-to-sa,  as-pec-to.

       

      DÍGRAFO E DÍFONO

      O conjunto de duas letras que representam um só fonema é denominado dígrafo. São eles: ch, Ih, nh, rr, ss, gu, qu, sc, sç, xc, e xs. Ex.: chave, telha, ninho, terra, isso, guincho, quiabo, nascer, cresça, excelente, exsudar, etc. Já os fonemas são os sons da fala, capazes de estabelecerem distinção de significados entre duas palavras de uma língua. Às vezes, não há coincidência entre o número de letras e o de fonemas de uma palavra, veja: táxi (04 letras e 05 fonemas); pássaro (06 letras e cinco fonemas); guincho (07 letras e 04 fonemas).
       
      No caso da palavra “táxi” o “x” apresenta valor fonético de “ks”, assim, existe um acréscimo fonético, convencionado de dífono, como em outros vocábulos: tóxico, taxímetro, entre outros.

                     

      Professora Sandra Ceraldi Carrasco, consultora e especialista em Língua Portuguesa, autora de livros e periódicos na área. Há mais de 20 anos ministra cursos e palestras, com índice recorde de aprovação. Seu mais recente trabalho aborda de forma prática o Acordo Ortográfico. Atualmente é coordenadora do curso preparatório IPA. Contato: professora.sandracarrasco@uol.com.br.
      • Concursos de Nível
      • Concursos da Área
      • Concursos no Estado ACALTO