Notícia › Concursos
  • indique
  • imprimir
    São Bernardo do Campo /SP

    Abertas 400 vagas para agentes de leitura

    Quinta-feira, 6 de maio de 2010

    imagem
    Cronograma
    10/05/2010 - segunda-feira Encerramento das inscrições
    12/03/2010 - sexta-feira Abertura das inscrições
    Saiba Mais

      A Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo está com inscrições abertas para o processo seletivo que visa à contratação de 400 agentes de leitura para o Programa Mais Cultura, do Governo Federal, tem como objetivo facilitar o acesso e o incentivo à leitura no município.

      O programa terá a duração de um ano e os selecionados receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 350 por mês, uniforme e um kit com 100 livros de variados gêneros e para todas as idades.

       

      Para participar do processo seletivo, os jovens devem ter entre 18 e 29 anos e ensino médio completo.

      O período de participação seria encerrado no dia 26 de abril, mas até o momento, cerca de 200 jovens fizeram inscrições, então o prazo foi prorrogado até o dia 10 de maio. Quem estiver interessado em uma das vagas deve se inscrever gratuitamente preenchendo formulário disponibilizado em instituições públicas tais como escolas e bibliotecas (confira a relação dos postos constante no item 3.3.1 do edital de abertura) ou pelos sites da Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo www.saobernardo.sp.gov.br, do Ministério da Cultura

      (www.cultura.gov.br) e do Programa Mais Cultura (http://mais.cultura.gov.br).

       

      A primeira fase será eliminatória e consistirá na análise dos documentos solicitados. Já a segunda etapa de natureza classificatória será composta por prova escrita com questões de interpretação de textos e de produção textual; haverá ainda prova oral que será realizada seguindo o término da prova escrita e consistirá na leitura de texto sorteado pela Comissão de Avaliação Técnica. Por fim, a terceira fase irá analisar o currículo do candidato verificando a qualificação e experiência, em seguida será realizada a entrevista.

       

      O programa consiste no acompanhamento de famílias pelos agentes, que oferecerão atividades como contação de histórias, rodas de leitura e empréstimos de livros. A ideia é que esses jovens incentivem a leitura nas comunidades em que residem, utilizando as ações de leitura como base e atuando como agente multiplicador. O programa reforça a descentralização das ações culturais promovidas pela Administração, garantindo a ampliação do acesso aos bens e serviços culturais da cidade.

      De acordo com a Secretaria de Cultura, não haverá uma carga horária específica. Os jovens deverão acompanhar 30 famílias mensalmente, durante todo o ano. Os selecionados receberão capacitação e terão um coordenador que os acompanharão durante todo o processo. A expectativa é que, até o final do projeto, 12 mil famílias sejam atendidas.

      As ações acontecerão em 19 bairros da cidade, divididos em 14 regiões. As famílias a serem atendidas pelo programa serão selecionadas pela própria secretaria, tendo como principais critérios a inscrição no programa Bolsa Família e a residência em regiões com baixos índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), em uma ação integrada aos Programas Territórios da Cidadania, Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), Programa Mais Educação, Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) e com outras ações do Governo Federal.

      Informações pelo telefone (11) 4336-8290 ou 4336-8210.

       

       

      Veja também:

       

      SPTuris/SP: saiu concurso para 910 vagas imediatas e cadastro

       

      PRF: tentativa de fraude não invalida concurso

       

      Em vídeo: veja dicas para o teste físico nos concursos

      Concursos Relacionados
      Veja todas as notícias