Notícia › Concursos
  • indique
  • imprimir
Gabarito Extraoficial TJ /SP

Correção da prova de Oficial de Justiça / SP

Domingo, 11 de outubro de 2009

imagem
Anexos
Cronograma
11/10/2009 - domingo Aplicação da prova
18/08/2009 - terça-feira Encerramento das inscrições
20/07/2009 - segunda-feira Abertura das inscrições
Saiba Mais

O Jornal dos Concursos & Empregos, em parceria com o curso FMB, divulga o gabarito extraoficial do concurso do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que visa preencher 500 oportunidades ao cargo de oficial de Justiça.

 

Deste total, 100 vagas são para a capital e 400 distribuídas nas 56 circunscrições do interior e litoral do Estado e Grande São Paulo.

 

Os aprovados receberão salário de R$ 3.150,97, mais auxílios para alimentação, saúde e transporte, para jornada de 40h semanais.

 

De acordo com a assessoria de imprensa do TJ, a seleção recebeu um total de 323.071 inscritos, somente a capital São Paulo totalizou 87.120 inscrições, seguida por Santos (litoral) com 16.475 e Campinas (interior) com 9.732. Confira a estatística completa no anexo ao lado.

 

Os candidatos que realizaram o concurso podem consultar as respostas das 80 questões da prova no link abaixo:

 

Gabarito extraoficial Oficial de Justiça (versão 4)
 

A prova corrigida é a versão 4, porém, os candidatos que possuem outras versões podem basear-se no mesmo gabarito extraoficial, com exceção da disciplina de português que apresentou mudança na ordem das questões e alternativas. Para isso, disponibilizamos as provas digitalizadas ao lado.

 

Prova

A prova objetiva com 4h de duração foi aplicada no dia 11 de outubro (domingo), às 13h (horário de Brasília/DF) e foi constituída por questões de língua portuguesa (20); conhecimentos em direito (40) – código de processo penal, código de processo civil, código penal, direito constitucional, direito administrativo, normas da corregedoria geral da Justiça; conhecimentos gerais – atualidades (4); matemática (8) e informática (8).

 

As provas de língua portuguesa e conhecimentos em direito serão de caráter eliminatório, devendo o candidato obter, no mínimo, 50% de acerto em cada uma das avaliações. Lembrando que as provas objetivas serão avaliadas na escala de zero a dez pontos, sendo língua portuguesa e conhecimentos em direito de caráter eliminatório e de conhecimentos gerais de caráter classificatório. Assim, será considerado habilitado no exame o candidato que obtiver nota igual ou superior a cinco pontos na média do conjunto das provas, observando-se 50% de acerto em cada uma das avaliações de caráter eliminatório.

Muitos candidatos também aproveitaram a oportunidade para entrar no universo dos concursos públicos, que é o caso de Fernanda Pereira Bento. Aos 18 anos, a estudante vêm cursando o primeiro ano de direito e participou pela primeira vez de um processo de seleção pública:

"Meu objetivo era adquirir experiência e aprender a encarar os concursos. Mas, para quem está acostumado com vestibulares, as disciplinas básicas, como português e matemática, estavam tranquilas, O difícil foram questões mais específicas, nas áreas de direito e algumas de informática."


 

Atribuições do oficial de Justiça
Executar as tarefas referentes a citações, prisões, penhoras, arrestos e demais diligências próprias do seu ofício, lavrando nos autos toda ocorrência e deliberação, bem como cumprir todas as determinações efetuadas pelo juiz de direito a que estiver subordinado, dando-lhe auxílio e apoio nas tarefas solicitadas.

 

 

Veja também:

 

Especial oficial de Justiça: exercício da profissão requer jogo de cintura

 

Receita Federal 2009: Concursos oferecem 1.150 oportunidades

 

IBGE, IPHAN e Receita Federal: Mudança no Enem altera provas de concursos

 

Concursos Previstos

 

Banco Central: Órgão define organizadora de concurso

 

SMS/SP: Autorizado concurso para 326 vagas