Empregos Faculdade Descomplica 2021 Inscrições Abertas

Orgão: Faculdade Descomplica
Nº vagas: 89
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Professor
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

Publicado em 31/03/2021, às 09h47 - Atualizado em 01/04/2021, às 18h00


A Faculdade Descomplica, EdTech brasileira, está focada em realizar a contratação de docentes da comunidade LGBTQIA+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais, Queers - quem transita entre as noções de gênero, com as drag queens - , Intersexos, Assexuais e "+" - usado para definir demais variações de sexualidade e gênero), além de negros, mulheres e PCDs (Pessoas com Deficiência).

A Faculdade Descomplica entende que, para o crescimento ampliado da empresa ocorrer é necessário dar enfoque ainda maior na bandeira de minorias, já muito presente no corpo de colaboradores e alunos da empresa. Por isso, a instituição de ensino superior anuncia que está com 89 vagas abertas para os chamados "professores autores", que ajudam na criação de cursos da Faculdade Descomplica.


Cronograma

Abertura das inscrições31/03/2021
Encerramento das inscrições31/12/2021

Notícias do concurso Faculdade Descomplica 2021

Provas Faculdade Descomplica

Nenhuma prova encontrada

Sobre Faculdade Descomplica

Primeira EdTech brasileira a ingressar no ensino superior, a Faculdade Descomplica estreou em agosto de 2020, com um modelo 100% on-line e oferecendo os quatro cursos mais procurados no EAD: Pedagogia, Administração, Contabilidade e Gestão de Pessoas. A Faculdade opera no modelo de microcertificações: os cursos são divididos por temática, em vez de seguirem aa separação tradicional por semestre. O aluno pode optar por qual tema prefere começar a estudar e, ao finalizar, recebe um certificado de especialista contando quantos estudos de caso foram realizados sobre o assunto, que pode ser linkado diretamente em seu perfil do LinkedIn.


Comentários

Mais Lidas