Salários até R$ 9,8 mil

Rio Acima/MG retifica edital e prorroga inscrições

Candidatos de todos os níveis escolares podem participar do concurso da Prefeitura de Rio Acima, em Minas Gerais. Inscrições ficam abertas até 14 de março

0,00(0.0%)0 voto(s)

Yahell Luci Lima
Publicado em 15/02/2016, às 10h35

A Prefeitura de Rio Acima, no Estado de Minas Gerais, retificou o edital do concurso público que vai preencher agora 258 vagas de todos os níveis escolares. Do total de oportunidades, 19 são reservadas para pessoas com deficiência. As contratações serão realizadas pelo regime estatuário, que garante estabilidade no emprego.

De acordo com os documentos divulgados, as inscrições vão agora até o dia 14 de março e foram excluídos os cargos de cirurgião dentista e professor de informática.

Quem tem nível fundamental incompleto pode concorrer aos cargos de auxiliar de serviços gerais (30), eletricista (1), jardineiro (2), lavadeira (1), motorista II (4), operador de máquinas pesadas (2), porteiro - ass. de apoio escolar (4), servente escolar (10) e vigia (17). Os salários variam de R$ 834,35 a R$ 1.130,43.

Já aqueles que concluíram o ensino fundamental estão aptos as funções de almoxarife (1), assistente de seção (15), encarregado de secretaria (5), guarda municipal (10) e recepcionista (6), que pagam de R$ 861,28 a R$ 1.435,46.

Nível médio
é o requisito da Prefeitura de Rio Acima para quem deseja ser assistente administrativo (5), assistente de atividades escolares (10), auxiliar administrativo (2), auxiliar de biblioteca escolar (3), fiscal de posturas (1) e secretário escolar (3). Os vencimentos para essas ofertas vão de R$ 861,28 a R$ 2.189,09.

Candidatos com ensino médio e curso técnico na área específica encontram chances nos ofícios de técnico em segurança do trabalho (1), técnico em contabilidade (1), técnico em farmácia (2), técnico em laboratório (2) e técnico em enfermagem PSF (6), empregos cujo os salários partem de R$ 1.076,61 e chegam a R$ 2.189,09.

Nível médio com habilitação para modalidade magistério e/ou educação infantil é a única exigência para quem deseja ser professor I – educação infantil (52) e receber R$ 1.464,44 por mês.

O concurso da Prefeitura de Rio Acima também reúne oportunidades para os profissionais graduados na área da saúde nas carreiras de bioquímico (1), enfermeiro (5), enfermeiro PSF (3), farmacêutico (1), fonoaudiólogo (1), psicólogo (2), e terapeuta ocupacional (1),  médico do trabalho (1), médico plantonista (10) e médico PSF (3). As remuneração ficam entre R$ R$ 747,40 e R$ 9.868,86.  

Curso superior na área da educação é necessário para os postos de pedagogo (7) e professor II – séries iniciais 1º ao 5º ano (8), com vencimentos de R$ 2.643,52 e R$ 2.088,57, respectivamente. O ofício de Professor III nas disciplinas de artes (1), educação física (4), ensino religioso (1), geografia (1), história (1), inglês (2) e matemática (1), com remuneração de R$ 22,94 por hora aula, pede a mesma formação.

Por fim, concursandos com diploma de ensino superior também podem exercer as funções de assistente social (7) e segurança do trabalho (1), que apresentam rendimentos mensais de R$ 2.547,96.

Participação



As inscrições devem ser realizadas pelo site do Idecan Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (www.idecan.org.br), organizador do concurso.

Também é possível realizar as inscrições pessoalmente na sede da Prefeitura de Rio Acima (rua Antônio Carlos, s/nº, Centro), no horário das 12h às 17h. As taxas de participação custam de R$ 40 a R$ 95.

Os inscritos farão prova objetiva com data prevista para o dia 10 de abril. O exame terá 30 questões de múltipla escolha para os postos de níveis fundamental, médio e técnico; e 40 perguntas para as funções de nível superior.

Também será aplicada prova prática para auxiliar de serviços gerais, eletricista, motorista II, operador de máquinas pesadas e servente escolar; além de avaliação de títulos para os cargos de nível superior na área da educação e professor I.

Sobre Prefeitura Rio Acima

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas