Bolsa do Povo: governo prorroga inscrições para receber até R$ 500

O benefício do Bolsa do Povo Educação tem um período de seis meses, mas o programa pode ser prorrogado até dezembro de 2022

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 14/09/2021, às 09h57 - Atualizado em 15/09/2021, às 09h01

None
Divulgação Governo de SP

As inscrições no Bolsa do Povo Educação, programa social oferecido pelo governo do Estado de São Paulo, foram prorrogadas até a próxima sexta-feira (17). Para participar do programa, o candidato deve ser pai, mãe ou responsável de alunos matriculados nas Escolas Estaduais Técnicas (Etecs). O benefício é de R$ 500, com duração de seis meses que podem ser prorrogados até dezembro de 2022.

De acordo com o governo paulista, o objetivo da ação é gerar renda e amenizar os impactos da pandemia de coronavírus para os familiares dos alunos das Etecs. Além disso, o corpo discente contemplado com o benefício deve auxiliar as equipes gestoras das escolas e das Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs) para organizar o cumprimento das medidas sanitárias para o retorno facultativo das aulas presenciais. 

Para se candidatar a uma bolsa, é preciso ser o responsável legal por um aluno de Etec; ter entre 18 e 59 anos; estar desempregado há, pelo menos, três meses; não ter comorbidades associadas à Covid-19 e residir no município onde está localizada a unidade em que o candidato pretende ser bolsista. É possível se inscrever em até três Etecs ou Fatecs.

A expectativa é que os bolsistas selecionados passem por uma capacitação no início de outubro e comecem a atuar no dia 4 do mesmo mês. Serão concedidas 2.368 bolsas, distribuídas por todas as Etecs e Fatecs do Estado. Cada unidade do Centro Paula Souza terá, no mínimo, quatro beneficiários. Os recursos para os primeiros seis meses são da ordem de R$ 7,1 milhões.

Como se inscrever no Bolsa do Povo Educação

As inscrições devem ser feitas através do site www.bolsadopovo.sp.gov.br, clicando em Centro Paula Souza. Cada candidato receberá pontos, de acordo com os pré-requisitos que cumprir. Os selecionados serão entrevistados pelo diretor da unidade e a concessão do benefício precisa ser chancelada pelo Núcleo Regional de Administração do CPS.

*com informações do Governo do Estado de São Paulo

+++Confira as principais informações dos benefícios sociais no site do JC Concursos

Comentários

Mais Lidas