Agentes comunitários de saúde terão benefício financeiro de R$ 1.550

De acordo com a portaria, a parcela será paga no último trimestre de cada ano, calculada com base no número de ACS (agentes comunitários de saúde) registrados no cadastro de equipes e profissionais

Redação
Publicado em 08/12/2020, às 09h41 - Atualizado às 10h28

None
Valter Campanato/Agência Brasil

Hoje (08), foi publicada, em Diário Oficial, uma portaria, assinada pelo Ministério da Saúde, que disponibiliza um valor de R$ 1.550 mensais aos agentes comunitários de saúde. O benefício será pago pelo governo federal a título de custeio a esses profissionais

Segundo a portaria publicada, no último trimestre de cada ano será transferida uma parcela extra, calculada com base no número de ACS (agentes comunitários de saúde) registrados no cadastro de equipes e profissionais do sistema de informação definido para este fim, no mês de agosto do ano vigente. Os recursos orçamentários terão, como origem, o orçamento do Ministério da Saúde.

Mais conhecidos pela sigla ACS, os agentes comunitários de saúde têm um papel preventivo no que se refere à família, exercendo papel central na ligação entre os domicílios, as unidades básicas de saúde (UBS) e a comunidade. Ele atua também em espaços comunitários, de forma a promover a prevenção de doenças e a saúde, desenvolvendo, junto à população, ações empreendedoras.

*trechos com reprodução Agência Brasil

Comentários

Mais Lidas