A temida concorrência

Adquirir sabedoria e conhecer os conteúdos, com boas condições emocionais, é mais importante do que se preocupar em eliminar concorrentes.

Redação
Publicado em 30/04/2014, às 10h50

Luiza Ricotta

Vamos falar de competição e competência pessoal e de que modo apercepção da concorrência e o temor que se tem dela influenciam o caminho rumo à aprovação.

A postura do candidato tem ligação direta com a formação de competências e o desenvolvimento da segurança pessoal. Quando a atenção se volta para os concorrentes, pensando em uma maneira de eliminá-los ou diminuir a potência deles, há um desvio de foco.

Alguns competidores almejam um bom lugar considerando o fracasso dos concorrentes. Diferente daqueles que investem em patrimônio intelectual, que desenvolvem equilíbrio, serenidade e segurança pessoal e profissional. São esses candidatos que se dedicam sem pensar na exclusão dos concorrentes. Quando se acha que, para ganhar, é necessário excluir o outro, denuncia-se que a própria capacidade é inferior.

Não há mérito em alcançar um lugar em razão da queda do outro. É preciso pautar-se em progresso e desenvolvimento.

Quem aposta em seu próprio patrimônio intelectual, aliando condições pessoais e emocionais, conquista segurança. Já quem pensa muito em competição com os outros candidatos, fica com mais medo à medida em que uma prova se aproxima, por exemplo. O candidato que age dessa maneira fica desesperado,inseguro, nervoso e sem equilíbrio até para respirar adequadamente e oxigenar o cérebro da forma necessária.

A aprovação de cada um está associada ao mérito pessoal e ao auto controle diante das adversidades existentes na vida. O mais adequado é manter o foco em si mesmo.

Adquirir sabedoria e conhecer os conteúdos, com boas condições emocionais, é mais importante do que se preocupar em eliminar concorrentes.

Olhar pelo viés da competição é considerar que a qualquer momento alguém poderá desbancá-lo, que existem candidatos melhores que você. Portanto, é preciso ter disposição para aprimorar e desenvolver competências para passar no concurso desejado.

Luiza Ricotta é psicóloga e precursora da preparação emocional para concursos, com mais de 80 videoaulas disponíveis na área VIP do site www.jcconcursos.com.br. Também é autora do livro “Concurso Público: como enfrentar esse desafio”, SP: Rideel, 2014. Contato: luizaricotta@hotmail.com.

Comentários

Mais Lidas