Quando você evolui, seu processo de aprovação avança!

Momentos fundamentais para evolução e a maturidade do candidato à carreira pública.

Redação
Publicado em 22/10/2013, às 16h45

Luiza Ricotta

Evoluir representa transpor etapas. Patamares que te apontam os níveis de imaturidade e maturidade. E que quando percebe que está amadurecendo, significa que está permitindo se transformar, se tornando uma pessoa que aproveita o próprio potencial, utilizando das suas reais condições.

Dar conta da própria realidade é uma tarefa essencial para sua evolução,pois quando não está nesta condição, está envolto em expectativas ou em propostas irreais, distantes da sua possibilidade real, apontando-lhe a dificuldade de evoluir, de estar maduro para passar para outra etapa, marcando,portanto, seu nível de imaturidade. E enquanto este período perdurar, permanecerá tentando em vão saídas que não se concretizam, pois não estão pautadas na sua possibilidade real.

Saber equilibrar as expectativas com o que a circunstância lhe aponta,envolve maturidade. Evolução no sentido de aceitar as intercorrências, administrando-as a ponto de transpor os obstáculos naturais do percurso.

A evolução aponta o cumprimento de um período que por si só se basta,pedindo do profissional uma nova atitude, uma postura definida, inquestionável.

Quando você percebe a possibilidade de se utilizar de uma nova estratégia,isso acontece quando domina por completo a estrutura formal de vida que adota. E por isso elas funcionarão, por representarem a inovação necessária de um processo que é conhecido por você. Sem isso não haveria a possibilidade de gerenciamento e o aprimoramento. É o caso de pensarmos naquelas pessoas que são extremamente rígidas e bitoladas. Que de tanto se enrijecerem numa forma de atuação, ficam bloqueados, tensos, permitindo que outras expressões sejam desperdiçadas.

Nada pior para um candidato à carreira pública que ficar paralisado no mesmo ponto. O avanço precisa fazer parte da sua vida, assim como estrelas refletem a luz solar. Uma coisa não pode faltar em seu progresso: força de vontade, habilidade para mudanças, visão estratégica, bom humor para saber driblar os desânimos que te acometem.

Vontade de jogar tudo para o alto, você vai sentir sim. Não se engane,estes momentos surgem como enfraquecimento e falta de coragem ao lidar com a realidade, pelo que tem a evoluir, e consequentemente avançar como pessoa na vida. A falta de percepção quanto à sua evolução para tomadas de decisões é fundamental para quem quer evoluir.

Passar para outra etapa representa aceitar o movimento que o processo de aprovação lhe proporciona. Ninguém aprende se não compreender que terá novas buscas, em vista do próprio progresso. O fato é que captar a mecânica da coisa,é perceber que ao evoluir, você se dá conta do que precisa atingir para o seu processo de aprovação se movimentar: os ajustes para torná-lo melhor! 

Luiza Ricotta é psicóloga e professora em cursos de pós-graduação e preparatórios para concursos. Autora de livros, entre eles: Concurso Público: como enfrentar esse desafio. SP: Rideel. Precursora da Preparação Emocional em Concursos, tendo seu curso na plataforma do www.jcconcursos.com.br para assinantes VIP. E-mail: profluizaricotta@hotmail.com.Twitter:@luizaricotta e Facebook: LuizaRicottaConsultoriaEmPerformance

Comentários

Mais Lidas