Você pode extrair de si mesmo o seu nível máximo!

Muitas atitudes podem auxiliá-lo a se manter conectado ao seu projeto. E uma de fundamental importância é a forma de concentrar-se e dedicar-se ao que está realizando

Redação
Publicado em 11/12/2012, às 15h48

Luiza Ricotta

Certamente, a você que é candidato à carreira pública, a descoberta do seu máximo é um objetivo a se cumprir, tamanha a exigência frente ao desafio que se encontra. Busca a alta performance e para isso precisa se aperfeiçoar através de ações. Vamos identificá-las pelo conjunto de atitudes que, adotadas de forma sistemática, darão corpo ao seu processo de aprovação. Este por sua vez se dá em níveis ou em etapas evolutivas, e em um crescendo vão configurando a sua excelência.

A descoberta do seu máximo acaba por se tornar a trajetória. Se não há reconhecimento imediato pelos seus feitos, não haveria meios de possibilitar pontes de ligação dentre todas as atitudes que, somadas, resultariam em avanços que vão fazendo parte da história e marcando seu estilo.

Muitas atitudes podem auxiliá-lo a se manter conectado ao seu projeto. E uma de fundamental importância é a forma de concentrar-se e dedicar-se ao que está realizando. Sendo criativo você pode extrair muito mais das suas possibilidades, ao invés de apostar em uma única forma de atuação. Não se trata de sempre colocar a mesma música e sim de dançar conforme a música. Isso significa que neste desafio da colocação profissional, você irá extrair de si mesmo os recursos necessários para expressar-se e tornar-se tão bom quanto eficiente.

Vamos identificar algumas dessas atitudes que associadas irão proporcionar um efeito máximo.

-  Escreva seus objetivos e deixe-os à mostra em lugar visível, de maneira que possa sempre se lembrar.

-  Faça um planejamento de como poderá colocar em prática seu(s) objetivo(s), considerando o geral e os específicos.

-  Pense de que modo irá alcançar o que estabeleceu em seu planejamento – questionando-se: o que preciso fazer para a obtenção deste objetivo?

-  Monte um cronograma de ação para o trabalho efetivo, relacionando o tempo que será gasto e o cumprimento de tarefas e metas.

-  Priorize atividades mais importantes em seu dia a dia e as de menor importância também, escolhendo o momento certo para dar conta de cada uma delas no decorrer da semana.

-  Organize seu tempo e dedique-se a cada área de interesse da sua vida.

-  Faça análise de seu empenho semanalmente e de seus resultados, considerando evidentemente a etapa em que se encontra.

-  Faça “correções de rota” sempre que necessário, pois podem surgir novos objetivos e ajustes a fim de alcançar o que é importante.

-  Use além da lógica, a sua inteligência intuitiva.

-  Tenha claro o seu propósito de vida! Ele representa para onde deve prosseguir.

-  Relacione-se! Faça com que as pessoas a sua volta façam parte de sua vida, encare-as como seus torcedores.

-  Não se curve diante dos obstáculos, nem mesmo o subestime. Respeite-os! E siga em frente a fim de resolvê-los.

-  Não seja rígido demais, nem exigente ao extremo. Fixe em dar-se conta de expectativas reais, das quais poderá dar conta.

-  Não desperdice seu talento e suas aptidões. Valorize seu potencial.

-  Empenhe-se no aprimoramento constante.

-  Não deixe nada para depois: Faça! Realize! Procure aplicar tudo o que sabe.

-  Se enxergar apenas parte da realidade não é a mesma coisa que visualizar o Todo. Empenhe-se para não ficar restrito e amplie sua visão.

-  Tenha valores pessoais firmes, pois eles lhe serão muito úteis no decorrer de seu caminho – ética, firmeza, dignidade, responsabilidade são alguns deles.

-  Habitue-se a um pensamento reflexivo e lance mão da análise com frequência, isso lhe faz exercitar a visualizar o contexto.

-  Otimismo e visão positiva da realidade.

-  Confiança é elementar. Afaste-se de pessoas que lhe traga pouca ou quase nenhuma contribuição em sua vida. Curiosos, pessimistas, invejosos não são a sua companhia.

-  Não esmoreça! Siga sempre avante. Tenha regularidade em sua atitude frente ao desafio que se encontra.

-  Faça sempre uma correlação entre a teoria e a prática, seja em seus estudos ou diante da vida. A reflexão somente se torna positiva se acompanhada de uma ação coerente.

-  Seja humilde.

-  Lembre-se que através do seu modo de caminhar, chegará ao seu objetivo, portanto faça-o da melhor forma, pois, já está valendo!

-  Tenha consciência o quanto antes que o percurso em si é o meio pelo qual galga sua posição. Sendo em muitos momentos, mais importante seu envolvimento com o fazer do que propriamente chegar à conclusão do objetivo.

-  Deixe de mirar exclusivamente o objetivo final, a aprovação como resultado absoluto da sua conquista. Sua vitória está consolidada em uma série de aperfeiçoamentos, desafios vencidos e maturação pessoal.

-  Vitalize-se com frequência praticando a arte de vivificar tudo o que está vivo e é importante para você.

 Luiza Ricotta é psicóloga, professora em cursos de pós-graduação e preparatórios para a carreira pública. É especializada no atendimento a concurseiros, tendo desenvolvido e criado a “Preparação Emocional do Candidato”. Autora de livros, entre eles: “Preparação Emocional em Concursos: Equilíbrio e Excelência”. Ministra o curso Preparação Emocional em Concursos na Área VIP do JC&E www.jcconcursos.com.br, com mais de 88 vídeo aulas. Email: luizaricotta@hotmail.com. Twitter: @luizaricotta.

Comentários

Mais Lidas