Concurso para auxiliar de promotoria vence em setembro

O Ministério Público não costuma demorar para publicar edital de um novo concurso. Assim, é provável que o edital do próximo concurso para auxiliar de promotoria ocorra ainda este ano

Renan Abbade
Publicado em 13/08/2013, às 10h40

Quem estava esperando uma boa oportunidade em concurso público e possui apenas o ensino fundamental, pode começar a se preparar. No final de setembro, mais precisamente, no dia 24 vence o prazo de validade do concurso para o cargo de auxiliar de promotoria do Ministério Público do Estado de São Paulo. O certame foi homologado em 2009 e prorrogado até setembro de 2013.

Apesar de exigir apenas o ensino fundamental, o concurso paga um excelente salário. No último concurso, os vencimentos iniciais oferecidos eram de R$ 1.622,16. Atualmente, o inicial está em R$ 1.982,78, mais auxílios transporte e alimentação, que são depositados em dinheiro na conta do servidor. Com esses acréscimos, os vencimentos iniciais ultrapassam a casa dos R$ 2.500.

O Ministério Público não costuma demorar para publicar edital de um novo concurso. Normalmente, essa publicação ocorre logo em seguida ao vencimento do prazo de validade do concurso anterior. Assim, é provável que o edital do próximo concurso para auxiliar de promotoria ocorra ainda este ano.

Em 2009 foram oferecidas 27 vagas para o cargo na capital e Grande São Paulo. Desse total, oito vagas eram para áreas específicas (encananador e eletricista). Óbvio que ainda não se tem a quantidade de vagas para o próximo concurso, mas, recentemente, o Ministério Público apresentou na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo projeto de lei criando diversos cargos, com previsão de 353 para auxiliar de promotoria para todo o Estado.

Apesar do edital do concurso anterior disponibilizar apenas 19 vagas para o cargo, até o final de julho haviam sido nomeados 324 aprovados. Isso significa que o interessado não deve se ater à quantidade de vagas porque o MP/SP costuma nomear muito mais do que a quantidade de oportunidades oferecida no edital.

Para os que se interessaram pelo concurso, é bom não perder tempo. O ideal é começar a se preparar desde já. O conteúdo programático do último concurso exigiu conhecimentos de português, matemática, conhecimentos gerais (história e geografia) e atualidades (notícias nacionais e internacionais veiculadas pelos meios de comunicação nos últimos 12 meses).

Paulo de Freitas é jornalista e funcionário público. Tem mais de 15 anos de experiência na área de concursos públicos. E-mail: paulokassaco@ig.com.br.

Comentários

Mais Lidas