Comissão de Relações Internacionais é instalada na Alesp

A nova comissão, instalada na última terça-feira (10), pretende estimular a integração do Estado de São Paulo com organismos internacionais

Duarte Moreira
Publicado em 16/03/2020, às 11h32

Coluna do Servidor
Divulgação

Com o plenário lotado de cônsules e demais autoridades foram instaladas na manhã da última terça-feira (10) a Comissão de Relações Internacionais na Alesp, criada pela Resolução 921, de 12 de fevereiro de 2020.  

A nova comissão pretende estimular a integração do Estado de São Paulo com organismos internacionais. O presidente Cauê Macris comentou que a comissão vai estabelecer um diálogo com empresários e consulados que possam gerar empregos no Estado de São Paulo. "Um dos grandes desafios que São Paulo tem é a geração de emprego. A relação internacional com países investidores é muito forte. Já existe uma política do governo muito fortalecida nessa relação de empresas e indústrias estabelecidas com suas sedes fora do Brasil para que façam esses investimentos", afirmou o presidente da Assembleia Legislativa. 

O presidente da Alesp relembrou também que a Comissão já existia no passado. "Agora o Legislativo paulista dá a devida importância a essa relação tão importante para a geração de empregos com a recriação da Comissão de Relações Internacionais". 

Presente no evento, o cônsul para Assuntos Políticos dos Estados Unidos em São Paulo, Kevan Higgins, confirmou que os Estados Unidos têm interesse em promover investimentos nos setores de saúde, infraestrutura e energia. "A Comissão pode ser importante nas relações entre os investidores e o governo para buscar oportunidades. Estamos aqui para parabenizar a criação da Comissão e exprimir nosso interesse em ser um parceiro importante", salientou o cônsul.     

A ampliação do número de empregos que pode ser gerada também foi destacada pelo Secretário de Relações Internacionais do Estado de São Paulo, Júlio Serson. "É muito importante que a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, uma das mais importantes do país, tenha uma Comissão de Relações Internacionais. Isso vai ajudar muito o Governo do Estado. A Secretaria de Relações Internacionais estará à disposição da Assembleia e dessa Comissão para que juntos consigamos trazer para o Estado de São Paulo mais investimentos, mais recursos e mais empregos para os nossos cidadãos", comentou.

Um dos 11 membros da Comissão recém-criada é o deputado Castello Branco (PSL), que ressaltou a necessidade do grupo de trabalho. "São Paulo é o estado mais rico da União, 25% da população mora aqui, grande parte da nossa balança comercial com o exterior está aqui. E a nossa Assembleia não tinha uma comissão que tratasse desses assuntos. São Paulo retoma essa posição de protagonista, cria uma comissão na Assembleia para fazer essas tratativas diplomáticas e comerciais com outros parceiros", destacou o deputado.   

O próximo passo da comissão é a convocação da primeira reunião preparatória, na qual serão eleitos o presidente e o vice-presidente do grupo de trabalho.

Estavam presentes os deputados: Adriana Borgo, Alex de Madureira, Carlão Pignatari, Coronel Nishikawa, Delegado Olim, Frederico d'Avila, Gilmaci Santos, Heni Ozi Cukier, Mauro Bragato, Paulo Corrêa Jr., Paulo Fiorilo, Roberto Engler, Sebastião Santos, Sergio Victor, Teonilio Barba e Wellington Moura.

Além das autoridades citadas, estavam presentes os senhores: embaixador Affonso Massot, Secretário Executivo de Relações Internacionais; Ibrahim Salem Humaid Ali Alalawi , cônsul geral dos Emirados Árabes; Renato Pacheco e Silva Bacellar Neto, cônsul geral da Suécia; Aysenur Akdeniz, vice-cônsul da Turquia; Daniela Portejo Soares, vice-cônsul do consulado dos Estados Unidos; Matthieu Branders , cônsul geral da Bélgica; Jens Gust, cônsul geral adjunto da Alemanha; Stylianos Hourmouziadis, cônsul geral da Grécia; Ricardo Cateb Cury, cônsul geral da República de Myanmar; Pedro Monzón, cônsul geral de Cuba; Raúl Bolaños-Cacho Guzman, cônsul geral do México, Filippo La Rosa, cônsul geral da Itália; Barry Tumelty, cônsul geral da Irlanda; Angel Vázquez Dias de Tuesta, cônsul geral da Espanha em São Paulo; cônsul da Hungria; Débora Pereira, secretária estadual de mulheres do Partido dos Trabalhadores; Américo Sakamoto, secretário executivo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo; Rubens Paes de Barros Sampaio Júnior, assessor especial de Relações Internacionais do Governo de São Paulo.

Veja quais serão os deputados membros da Comissão de Relações Internacionais: Alex de Madureira (PSD), Carlos Cezar (PSB), Delegado Olim (PP), Frederico d'Avila (PSL), Heni Ozi Cukier (NOVO), Itamar Borges (MDB), Mauro Bragato (PSDB), Paulo Corrêa Jr. (DEM), Paulo Fiorilo (PT), Sebastião Santos (Republicanos), Thiago Auricchio (PL).

Fontes: Alesp E Duarte Moreira

Comentários

Mais Lidas