Edital em breve

Concurso DPE MT: comissão sofre alterações

O novo concurso DPE MT (Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso) deverá contar com oportunidades para cargos de níveis médio e superior

0,00(0.0%)0 voto(s)

Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 02/10/2019, às 10h45 - Atualizado às 15h17

Concurso DPE MT - pessoa fazendo prova
Divulgação

concurso DPE MT (Defensoria Pública do Estado do Mato Grosso) segue em planejamento. Na última terça-feira, 1 de outubro, a comissão organizadora do certame sofreu alterações, de acordo com publicação em diário oficial. De acordo com as últimas informações da defensoria, a seleção contará com uma vaga  imediata para o cargo de controlador interno, além de formar cadastro reserva de pessoal para outras carreiras. Novas informações deverão ser confirmadas em breve

Após definir os cargos, o próximo passo será escolher a banca organizadora. Somente então poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições.

A tendência é de que a seleção conte com oportunidades para cargos da área de apoio, com opções para quem possui formação de níveis médio e superior. Outros detalhes deverão ser confirmados assim que elaborado o regulamento da seleção. Em geral, os cargos de apoio de nível médio contam com remuneração inicial de R$ 1.566,96 para cargos de nível médio e R$ 3.917,39 para nível superior, podendo chegar, respectivamente, no final de carreira, a R$ 3.819,89 e R$ 9.553,63, todos com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A comissão, com as alterações, continua presidida pelo defensor-público geral do órgão Clodoaldo Aparecido Gonçalves de Queiróz e conta, ainda, com os seguintes membros: Silvio Jeferson de Santana, Kelly Christina Veras Otácio Monteiro, João Paulo Maia de Oliveira, Marcus Vinicius Souza Ventura e João Paulo Carvalho Dias.   

Concurso DPE MT – Saiba como foi a última seleção

O último concurso DPE MT ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 109 vagas, sendo 80 para cargos com exigência de ensino médio e 29 para nível superior. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).


No caso de ensino médio foram 20 vagas para o cargo de assistente administrativo e 40 para assistente de gabinete. Para nível superior foram 4 de administrador, 6 de advogado, 2 de analista de sistemas, 1 de arquiteto, 4 de assistente social, 6 de contador, 2 de economista. 1 de engenheiro civil, 1 de jornalista e 2 de p

sicólogo.

Concurso DPE MT  - Saiba como estudar língua portuguesa 

concursosconcursos mt (mato grosso)concursos 2019provas anteriores

Comentários

Mais Lidas