Polícia Militar SP

Concurso PM SP 2019: prova agendada para soldado

Concurso PM SP 2019 (Polícia Militar de São Paulo) encerra as inscrições e avança para a realização de provas para o cargo de soldado. Salário inicial é de R$ 3,1 mil

Fernando Cezar Alves
Publicado em 11/06/2019, às 14h02 - Atualizado em 04/07/2019, às 20h28

Concurso PM SP - Soldados da Polícia Militar de São Paulo
Divulgação

Encerrou-se, na última semana (13/06) as inscrições do concurso PM SP Soldado (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para o preenchimento de 2.700 vagas. No segundo semestre, um novo edital já autorizado pelo governador João Doria (PSDB) abrirá mais 2.700 oportunidades, totalizando 5.400 oportunidades em 2019.

Podem participar candidatos com ensino médio, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) entre as categorias “B” e “E”, idade de 17 a 30 anos e altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres.

Concurso PM SP 2019: novo edital para 2.700 vagas no segundo semestre

Concurso PM SP: salário do soldado

A remuneração inicial do servidor é de R$ 3.143,70, incluindo salário base de R$ 1.226,03, regime especial de trabalho policial no mesmo valor e adicional de insalubridade de R$ 691,94.

Inscrições para o concurso PM SP Soldado

Com taxa de R$ 50, as inscrições para o concurso PM SP de soldado são recebidas somente pela internet, mediante o preenchimento de formulário disponível no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). 

Em caso de dúvidas, a organizadora presta atendimento aos candidatos, que podem contatar a banca pelo telefone (11) 3874-6300. A central de atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

O que faz o soldado da PM SP

De acordo com o edital do concurso PM SP (Polícia Militar de São Paulo), estão entre as funções do soldado: 

  • Policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e administrativas e a aplicação da lei, nas diversas modalidades de policiamento, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade, por intermédio da conclusão com aproveitamento do Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do cargo inicial do Quadro de Praças da Polícia Militar.
Apresentação dos soldados da PM SP
Concurso PM SP: apresentação dos soldados fardados


Concurso PM SP: o que cai na prova

Agendada para 28 de julho, a prova objetiva contará com 60 questões, sendo 20 de língua portuguesa e interpretação de textos, 14 de matemática, 14 de conhecimentos gerais, 6 de noções básicas de informática e 6 de noções de administração pública. No mesmo dia, os participantes também serão submetidos a uma redação.

A escolha pela cidade de realização dos exames deve ocorrer no ato da inscrição. As opções são: Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e São Paulo.

Posteriormente, o concurso PM SP para soldado contará, ainda, com exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação da conduta social, reputação e idoneidade e análise de documentos.   

Concurso PM SP: novo edital em 2019

A PM SP programa mais um edital com 2.700 vagas para soldado e o mesmo deve ser lançado no segundo semestre de 2019. Ao que tudo indica, a banca organizadora deve permanecer a Fundação Vunesp. Todos os detalhes sobre o novo concurso podem ser conferidos aqui.

Prova anterior PM SP (Polícia Militar de São Paulo)

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou as provas anteriores do órgão, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. É importante avaliar se a organizadora será a mesma para o novo concurso PM SP Soldado, direcionando a preparação para o estilo da banca.

Acompanhe, no JC Concursos, todos os detalhes sobre o concurso PM SP.

Sobre PM SP - Polícia Militar de São Paulo

A Polícia Militar de São Paulo (PM SP) tem em sua função prioritária a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública no Estado de SP. Para fins de organização é uma força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, assim como os demais órgaos de segurança pública do Estado e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social brasileiro e está subordinada ao Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).

Em 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo, em atendimento ao decreto Imperial baixado pelo Regente Feijó. A Polícia Militar, assim como o Corpo de Bombeiros, a Guarda Nacional, a Marinha e Exército Fixo, faziam parte da Força Pública do Estado de São Paulo. Seus integrantes são denominados militares estaduais (artigo 42 da CRFB), assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo (CB PMESP). Atualmente, em efetivo, é a maior polícia do Brasil e a terceira maior Instituição Militar da América Latina, contando com aproximadamente 100.000 policiais.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

Comentários

Mais Lidas