Aberto concurso para 62 vagas em Alvinópolis MG

Inscrições serão recebidas entre 6 e 16 de dezembro. Prefeitura oferece salários acima de R$ 12,4 mil

Todos os níveis

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro
Publicado: 05/12/2018 - 13:31 | Atualizado: 05/12/2018 - 14:07

A Prefeitura de Alvinópolis, no interior de Minas Gerais, abriu processo seletivo destinado a preencher 62 vagas temporárias. Os salários variam de R$ 988,04 a R$ 12.462,75.

Quem possui nível fundamental pode concorrer como auxiliar de saúde bucal (3 postos), pintor de carro (1), coveiro (1), borracheiro (1), motorista CNH "B" (2), operador de máquinas pesadas (1 posto) e condutor de veículos pesados (1).  

Há ofertas com exigência de ensino médio/técnico para agente comunitário de saúde (14), agente de combate a endemias (6), técnico de enfermagem (3), monitor de transporte (1) e monitor de programas de assistência social (2).

Curso superior é requisito para enfermeiro (3), médico (7), dentista (3), psicólogo (1), fisioterapeuta (1), assistente social (1), nutricionista (1), educador físico (1), professor de matemática (1), professor de ciências (1), professor de educação física (1), coordenador do CRAS (1), orientador social (1) e orientador de cultura, esporte e lazer (3).

Concurso Prefeitura Alvinópolis: inscrições e etapas

Será possível se inscrever entre 6 e 16 de dezembro, mediante a realização de cadastro pelo site https://alvinopolis.mg.gov.br/. Não haverá cobrança de taxa.

A seleção prevê apenas prova objetiva, marcada para ocorrer em 13 de janeiro, das 9h às 12h. O exame cobrará a resolução de 30 questões de múltipla escolha.   

O concurso da Prefeitura de Alvinópolis terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

Concurso Prefeitura Alvinópolis: atribuições do agente comunitário de saúde

Exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob a supervisão da Secretaria Municipal de Saúde. Em sua área de atuação: a utilização de instrumentos para diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade; a promoção de ações de educação para a saúde individual e coletiva; o registro, para fins exclusivos de controle e planejamento das ações de saúde, de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde; o estímulo à participação da comunidade nas políticas públicas voltadas para a área da saúde; a realização de visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família; e a participação em ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida.
 

Vídeos Prefeitura Alvinópolis

Mais Lidas

Mais Recentes

Notícias Recentes Prefeitura

Notícias Relacionadas Prefeitura

Atualizado: 04/12/2018 - 15:10

UFMG: concurso tem 29 vagas para técnico-administrativos

Oportunidades são para candidatos que têm os ensinos médio, técnico e superior. Inscrições serão recebidas entre 7 e 31 de janeiro

Ganhos de até R$ 4,1 mil

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) divulgou um novo edital de concurso público para cargos técnico-administrativos em educação. Ao todo, serão preenchidas 29 vagas, sendo três reservadas aos negros. Ofertas serão lotadas nas cidades de Belo Horizonte e Montes Carlos. 

Para quem tem ensino médio e/ou curso técnico, as chances são para as funções de editor de imagens (2 vagas), operador de câmera de cinema e TV (1), revisor de textos braille (2), técnico em alimentos e laticínios (4), técnico em contabilidade (4), técnico em eletroeletrônica (2), técnico em herbário (1) e técnico de laboratório - bioterismo (3). O salário inicial é de R$ 2.446,96, já incluso o de auxílio-alimentação no valor de R$ 458.

Candidatos que têm o nível superior estão aptos às carreiras de administrador (2), auditor (2), contador (3), produtor cultural (1), engenheiro - agronomia (1) e médico - medicina do trabalho (1). A remuneração é de R$ 4.180,66, já incluso o de auxílio-alimentação no valor de R$ 458.

Concurso UFMG: inscrições e prova

As inscrições serão recebidas entre os dias 7 e 31 de janeiro de 2019. A ficha cadastral estará disponível no endereço eletrônico https://www2.ufmg.br/concursos. Os valores da taxa são de R$ 90 (níveis médio e técnico) e R$ 135 (formação superior). 

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta por 45 questões de múltipla escolha que versarão sobre língua portuguesa legislação conhecimentos específicos. Com duração total de três horas, as provas serão realizadas nas cidades de Belo Horizonte/MG e Montes Claros/MG no dia 17 de março de 2019. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 03/12/2018 - 15:02

São Roque de Minas oferece 21 vagas em concurso

Chances são para agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias. Inscrições serão recebidas presencialmente entre 4 e 6 de dezembro

Nível médio

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Prefeitura de São Roque de Minas, no interior mineiro, divulgou edital de processo seletivo destinado a preencher 21 vagas, além de formar cadastro reserva.

Há ofertas para agente de combate a endemias (6 chances) e agente comunitário de saúde (15), ambas com exigência de ensino médio e salário inicial de R$ 1.227,65. 

No caso das oportunidades para agente de saúde, os candidatos também devem residir na área em que pretendem atuar (as localidades podem ser consultadas aqui).

Presenciais e gratuitas, as inscrições serão recebidas entre os dias 4 e 6 de dezembro, na sede da prefeitura, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h.

Fases do concurso da Prefeitura de São Roque de Minas

A prova objetiva cobrará a resolução de 30 questões de múltipla escolha abordando língua portuguesa, informática e conhecimentos específicos. 

A aplicação ocorrerá em 15 de dezembro, das 9h às 12h, na escola municipal Guia Lopes (rua Marechal Floriano Peixoto, 346, centro). 

Na sequência, os aprovados na primeira fase serão convocados para avaliação psicológica, marcada para ocorrer em 28 de dezembro.

O concurso da Prefeitura de São Roque de Minas terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital
 

Continuar lendo

Atualizado: 03/12/2018 - 13:23

Onyx afirma que Ministério do Trabalho será dividido

O futuro chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni (DEM) afirmou que as funções do Ministério do Trabalho serão divididas entre as pastas da Justiça, da Cidadania e da Economia

Novo capítulo

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

Em entrevista nesta segunda-feira, dia 3, o futuro chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni (DEM) afirmou que o Ministério do Trabalho deixará de existir no governo de Jair Bolsonaro (PSL). Em 2019, as atribuições da pasta serão divididas entre os ministérios da Justiça, da Cidadania e da Economia.

A entrevista de Lorenzoni foi concedida à Rádio Gaúcha. Na ocasião, ele foi questionado se o ministério no formato atual desparecerá e confirmou a informação, mas ressaltou que as funções da pasta Trabalho permanecerão em outros ministérios.

“O atual Ministério do Trabalho, como é conhecido, ele ficará uma parte no ministério do doutor Moro, outra parte com Osmar Terra e outra parte com Paulo Guedes”, disse.

Além disso, Lorenzoni explicou a divisão do Ministério do Trabalho. A pasta da Justiça, que será comanda por Sérgio Moro, cuidará da concessão de cartas sindicais. De acordo com Onyx, a estrutura que lida com políticas ligadas ao emprego ficará uma parte no Ministério da Economia, cujo titular será Paulo Guedes, e outra parte na pasta da Cidadania, com Osmar Terra de ministro.

As declarações sobre o Ministério do Trabalho

Se nesta segunda-feira, Onyx Lorenzoni afirmou que dividirá o Ministério do Trabalho, vale recordar que no último dia 13 de outubro, o presidente eleito Jair Bolsonaro havia dito que o órgão se manteria como ministério. “Vai continuar com status de ministério, não vai ser secretaria não”, declarou Bolsonaro, em entrevista coletiva na saída de visita ao Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília.

Porém, uma semana antes, após almoço no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Bolsonaro também havia dito que o Ministério do Trabalho seria incorporado por outra pasta em seu governo. "O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério", disse na ocasião, sem entrar em detalhes.

Em meio a indefinição, vale destacar que o Ministério do Trabalho foi criado há 88 anos e é responsável por elaborar políticas e diretrizes para a geração de emprego e renda, além da modernização das relações de trabalho. Além disso, a pasta também é responsável por realizar a fiscalização dos postos de trabalho; participar da elaboração de políticas salariais e de desenvolvimento profissional; entre outras atividades.

Continuar lendo

Atualizado: 03/12/2018 - 12:47

Concurso INSS: avança pedido para 7.888 vagas

Solicitação de concurso do INSS encaminhada ao Ministério do Planejamento é para os cargos de técnico, analista e perito. Níveis médio e superior

Até R$ 8,9 mil

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

Finalmente, avançou o pedido do concurso do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) que solicita a contratação de 7.888 servidores. Na última semana, o requerimento apresentou cinco movimentações, o que não acontecia desde agosto.

Vale lembrar que este certame é considerado um dos mais urgentes, isso porque a falta de trabalhadores no órgão tem afetado gravemente os serviços prestados à população. Diversos dados mostram que há milhares de brasileiros aguardando para receberem seus benefícios, que ainda continuam em análise e demoram mais do que o previsto por causa do déficit de pessoal.

A Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) tenta agilizar de diversas formas a liberação do certame, inclusive recorrendo ao Tribunal de Contas da União (TCU). 

Enviado este ano ao Planejamento, o pedido do concurso do INSS solicitou 10.468 vagas ao seu quadro de pessoal, porém 2.580 eram para excedentes - que não foram convocados durante a validade do certame anterior, encerrada em 5 de agosto.

Das oportunidades destinadas à nova seleção, 3.984 são referentes ao cargo de técnico (área meio), 1.692 a analista (diversas formações) e 2.212 a perito.

A Fenasps já salientou que o instituto precisa urgentemente repor 16 mil vagas, pois há uma situação calamitosa de defasagem de pessoal. A entidade ainda revelou que, se nada for feito, o atendimento prestado pelo INSS entrará em colapso.

• APOSTILAS CONCURSO INSS 2018 - TÉCNICO E ANALISTA DO SEGURO SOCIAL
• CURSO ONLINE CONCURSO INSS 2018 - TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

Concurso INSS: sobre os cargos 

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas pelos concurseiros, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado com o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também com o auxílio.

Concurso INSS: defasagem de pessoal 

Atualmente, o órgão conta com uma defasagem de quase 16 mil servidores em todo o país, sendo que o maior déficit é para a função de técnico. Com esse quadro, o INSS não consegue atender com eficiência à população.

A situação ainda está calamitosa porque o governo federal diminuiu os recursos para o instituto. Consta no site da Fenasps que um técnico do seguro social, não identificado, comentou que o cenário está caótico: "Falta dinheiro para tudo. Estamos operando no limite da irresponsabilidade. Não por acaso, as pessoas têm reclamado demais do atendimento. O estresse é total".

Veja também:

Artigo: Sim, existe vida após o INSS

Como estudar ao cargo analista do INSS

Dicas de aprovada no concurso do INSS

Dicas de professores ao concurso do INSS

Justiça proíbe papanicolau em concurso do INSS

Concurso INSS: edital de 2015

No final de 2015, foi lançado o edital com o objetivo de preencher 950 vagas. Um total de 800 oportunidades era na função de técnico e as outras 150 para analista - serviço social.

A banca organizadora foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado.

O último certame (Instituto Nacional do Seguro Social), cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social - em número de inscritos, o concurso INSS 2016 perde apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando que o concurso do INSS ofereceu 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

Confira o depoimento da 1ª colocada no último concurso do INSS

Concurso INSS: atribuições do técnico e analista 

Quanto às atribuições dos cargos, de acordo com o edital do último concurso INSS, o técnico do seguro social é responsável por proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados pelo INSS; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais do INSS, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Já o analista do seguro social é responsável por prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de serviço social e reabilitação profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos socioeconômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade com a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

Concurso INSS: conhecimentos básicos de técnico

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994 e Decreto nº 6.029/2007. REGIME JURÍDICO ÚNICO: 1 Lei 8.112/1990 e alterações, direitos e deveres do Servidor Público. 2 O servidor público como agente de desenvolvimento social. 3 Saúde e qualidade de vida no serviço público.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal de 1988 e atualizações).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Estado, governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei nº 23 8.429/1992 (sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/1999 (Lei do Processo Administrativo).

LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República).

RACIOCÍNIO LÓGICO: Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

Concurso INSS: conhecimentos específicos de técnico

Seguridade Social : 1.1 Origem e evolução legislativa no Brasil. 1.2 Conceituação. 1.3 Organização e princípios constitucionais. 2 Legislação Previdenciária. 2.1 Conteúdo, fontes, autonomia. 2.3 Aplicação das normas previdenciárias. 2.3.1 Vigência, hierarquia, interpretação e integração. 3 Regime Geral de Previdência Social. 3.1 Segurados obrigatórios. 3.2 Filiação e inscrição. 3.3 Conceito, características e abrangência: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso e segurado especial. 3.4 Segurado facultativo: conceito, características, filiação e inscrição. 3.5 Trabalhadores excluídos do Regime Geral. 4 Empresa e empregador doméstico: conceito previdenciário. 5 Financiamento da Seguridade Social. 5.1 Receitas da União. 5.2 Receitas das contribuições sociais: dos segurados, das empresas, do empregador doméstico, do produtor rural, do clube de futebol profissional, sobre a receita de concursos de prognósticos, receitas de outras fontes. 5.3 Salário-de-contribuição. 5.3.1 Conceito. 5.3.2 Parcelas integrantes e parcelas não-integrantes. 5.3.3 Limites mínimo e máximo. 5.3.4 Proporcionalidade. 5.3.5 Reajustamento. 5.4 Arrecadação e recolhimento das contribuições destinadas à seguridade social. 5.4.1 Competência do INSS e da Secretaria da Receita Federal do Brasil. 5.4.2 Obrigações da empresa e demais contribuintes. 5.4.3 Prazo de recolhimento. 5.4.4 Recolhimento fora do prazo: juros, multa e atualização monetária. 6 Decadência e prescrição. 7 Crimes contra a Seguridade Social. 8 Recurso das decisões administrativas. 9 Plano de Benefícios da Previdência Social: beneficiários, espécies de prestações, benefícios, disposições gerais e específicas, períodos de carência, salário-de-benefício, renda mensal do benefício, reajustamento do valor dos benefícios. 10 Manutenção, perda e restabelecimento da qualidade de segurado. 11 Lei nº 8.212/1991 e alterações. 12 Lei nº 8.213/1991 e alterações. 13 Decreto nº 3.048, de 06/05/1999 e alterações. 14 Lei de Assistência Social (LOAS): conteúdo; fontes e autonomia (Lei nº 8.742/1993 e Decreto nº 6.214/2007 e alterações).

 



Ads

Seja um dos aprovados no concurso do INSS

Garanta uma das 3.984 vagas de técnico do seguro social. Antecipe a sua preparação e conquiste a sua estabilidade financeira.

 

 

   

 
Continuar lendo

Atualizado: 26/11/2018 - 14:21

Câmara de Perdizes MG: publicado edital com 11 vagas

As chances são para candidatos de todos os níveis escolares. Inscrições serão recebidas entre os dias 23 de janeiro e 25 de fevereiro

Ganhos de até R$ 3 mil

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

Continuar lendo

Atualizado: 26/11/2018 - 10:47

Prefeitura de Viçosa MG divulga edital com 76 vagas

Ofertas são temporárias, para atendimento aos programas da Secretaria de Saúde. Inscrições serão recebidas entre 28 de novembro e 5 de dezembro

Todos os níveis

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Viçosa, localizada no Estado de Minas Gerais, divulgou um novo edital de processo seletivo simplificado para preenchimento de 76 vagas temporárias do quadro de pessoal da Secretaria Municipal de Saúde, atendendo especificamente aos seguintes programas: Equipe de Estratégia de Saúde da Família (ESF), Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Centro Estadual de Atenção Especializada (CEAE), Núcleo de Apoio da Saúde da Família, Rede Farmácia de Todos (NASF) e Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

A seleção ainda contará com formação de cadastro reserva (CR) de eventuais oportunidades. O prazo de validade do certame será de um ano, prorrogável por igual período, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final. 

Candidatos que têm o ensino fundamental completo podem concorrer para a função de auxiliar de serviços gerais (1 vaga + CR). 

Para ensino médio e/ou curso técnico, as chances do edital são para os cargos de vigia/segurança (1 + CR), motorista (1 + CR), artesão (1 + CR), recepcionista (1 + CR), assistente administrativo (1 + CR), técnico administrativo (1 + CR), técnico de enfermagem (9 + CR), técnico em higiene bucal (3 + CR) e técnico em radiologia (1 + CR).  

Nível superior é requisito para os postos de médico em diversas especialidades (21 + CR), enfermeiro (9 + CR), dentista em várias áreas (8 + CR), assistente social (3 + CR), profissional de educação física (2 + CR), educador físico (1 + CR), psicólogo (3 + CR), pedagogo (1 + CR), farmacêutico (3 + CR), fisioterapeuta (2 + CR) e nutricionista (3 + CR). 

Os salário iniciais oferecidos pela Prefeitura de Viçosa partem de R$ 920,57 e chegam a R$ 8.603,14. 

Prefeitura de Viçosa MG: inscrição e prova

As inscrições serão recebidas entre os dias 28 de novembro e 5 de dezembro. A ficha cadastral estará disponível no endereço eletrônico da prefeitura (http://vicosa.mg.gov.br). 

O processo seletivo será constituído de uma única etapa: análise de títulos, de caráter classificatório. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 22/11/2018 - 21:38

Governo prorroga inscrições para 8.517 médicos até dia 7

Oportunidades são destinadas para todo o país, com o objetivo de suprir as necessidades surgidas com a saída dos médicos cubanos. Bolsa de R$ 11,8 mil

Mais médicos

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, anunciou nesta quinta-feira, dia 22, que está sendo prorrogado o prazo das inscrições do chamamento público realizado pelo  Ministério da Saúde  para o preenchimento de 8.517 vagas para médicos, em todo o país. O prazo, que seria até domingo, dia 25, agora vai até 7 de dezembro. O motivo é a elevada procura e o suposto ataque ao link de inscrições, que chegou a ficar fora do ar na última quarta, dia 21.“Apesar dos ataques, não houve invasão, mas isso acaba tornando o sistema mais lento. Por isso, estamos estudando nova data de efetivação das inscrições”, esclareceu o ministro.

A seleção ocorre no sentido de suprir as necessidades surgidas pela saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos, em decorrência de declarações recentes do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Podem participar brasileiros formados no Brasil com registro no conselho, com valor da bolsa estipulado em R$ 11.865,60.

As inscrições podem ser feitas pela internet, na página http://maismedicos.gov.br. A seleção será por meio de análise curricular. 

A lista de aprovados deveria ser divulgada na segunda, dia 26. A validação dos documentos seria feita de 27 a 30 de novembro e os candidatos deveriam se apresentar nos locais de atividade de 3 a 7 de dezembro. Agora estes prazos estão sendo alterados e os escolhidos devem se apresentar nos municípios no período de 23 de novembro a 14 de dezembro 

Além disso,segue programado, para o próximo dia 27, a divulgação de outro edital para o programa Mais Médicos, este destinado para médicos brasileiros com CRM, brasileiros sem CRM e médicos estrangeiros. Neste caso, o prazo de inscrições não deve ter data para encerramento.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do governo, a contratação dos servidores deverá ser feita imediatamente após a seleção dos candidatos.

Após a saída dos médicos cubanos, o Ministério da Saúde emitiu uma nota, no último dia 14, informando sobre o comunicado e os próximos passos para suprir a necessidade de profissionais e manter o atendimento às populações carentes.

 

Distribuição das vagas

A distribuição dos postos por estados para o novo edital supera a oferta inicial indicada, que correspondia ao total de médicos cubanos, que era de 8.332 postos, da seguinte forma:  Acre (102 vagas), Alagoas (131), Amazonas (292), Amapá (73), Bahia (822), Ceará (429), Distrito Federal (20), Espírito Santo (210), Goiás (198), Maranhão (457), Minas Gerais (596), Mato Grosso do Sul (110), Mato Grosso (131), Pará (537), Paraíba (126), Pernambuco (414), Piauí (201), Paraná (452), Rio de Janeiro (220), Rio Grande do Norte (139), Rondônia (152), Roraima (152), Rio Grande do Sul (617), Santa Catarina (253), Sergipe (94), São Paulo (1.394) e Tocantins (92).
 

Continuar lendo

Atualizado: 22/11/2018 - 09:55

Prefeitura de Itabira MG abre concurso com 47 vagas

As chances do edital são para candidatos de todos os níveis escolares. Inscrições serão recebidas até o dia 3 de dezembro

Ganhos de até R$ 11,9 mil

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Itabira, localizada no Estado de Minas Gerais, abriu as inscrições do concurso público que selecionará 47 vagas temporárias, sendo seis reservadas a pessoas com deficiência. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

O cargo de auxiliar de consultório dentário (1 vaga + CR) exige ensino fundamental completo e paga R$ 937.

Candidatos que concluíram o ensino médio podem se inscrever para as funções de assistente técnico administrativo (30) e entrevistador/digitador (5). Os respectivos salários são de R$ 1.124,34 e R$ 1.320. 

Quem tem o nível superior está apto às carreiras de médico da saúde da família (3), cirurgião dentista (3), farmacêutico (1), fisioterapeuta (2), nutricionista (1), psicólogo (1) e terapeuta ocupacional (CR). A remuneração é de R$ 2.097,67, exceto para médico, cujo vencimento é de R$ 11.986,62. 

Concurso Prefeitura de Itabira MG: inscrições e provas

Para participar basta preencher o formulário de inscrição no site www.ibgpconcursos.com.br e efetuar o pagamento da taxa, nos valores de R$ 33,50 (ensino fundamental), R$ 38,50 (nível médio), R$ 53,50 (formação superior) e R$ 73,50 (médico). O prazo se encerrará no dia 3 de dezembro. 

Todos os inscritos serão submetidos à uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha que versarão sobre português, raciocínio lógico, noções de informática, conhecimentos gerais, saúde pública e/ou conhecimentos específicos. 

Ela será aplicada na cidade de Itabira/MG no dia 16 de dezembro, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser publicado em momento oportuno. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 19/11/2018 - 09:40

Liquigás: divulgado gabarito de concurso com 1.349 vagas

Oportunidades do edital são para diversos cargos, de todos os níveis de escolaridade. Os salários iniciais chegam a R$ 4,8 mil

Em 17 Estados e DF

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Fundação Cesgranrio divulgou nesta segunda-feira (19) os gabaritos da prova objetiva do processo seletivo público da Liquigás. A seleção visa o preenchimento de 1.349 vagas, sendo 74 imediatas e 1.275 para formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Os candidatos podem conferir no site www.cesgranrio.org.br as provas e gabaritos da avaliação, que foi aplicada no último domingo (18). O exame contou com questões de múltipla escolha sobre conhecimentos e conhecimentos específicos. 

Vagas do concurso da Liquigás

Aqueles que têm o ensino fundamental incompleto disputam a função pública de ajudante de carga e descarga I (19 vagas + 345 CR), cujo salário inicial é de R$ 1.321,09.

Quem concluiu o ensino fundamental concorre ao emprego de oficial de produção I (23 + 725 CR), com ganho de R$ 1.691,10.

Para ensino médio, as chances do edital são para os cargos de ajudante de motorista granel I (1 + 5 CR), assistente administrativo I (1 + 5 CR), assistente de logística I (8 + 40 CR), oficial de manutenção I elétrica (1 + 5 CR), oficial de manutenção I mecânica (1 + 10 CR), operador de gás I (5 + 35 CR), técnico de instalações I (1 + 5 CR) e técnico de segurança do trabalho I (1 + 5 CR). Os vencimentos oscilam entre R$ 1.321,09 e R$ 2.984,14.

• APOSTILAS CONCURSO LIQUIGÁS 2018 - DIVERSOS CARGOS
• CURSOS CONCURSO LIQUIGÁS 2018 - DIVERSOS CARGOS

Nível superior é requisito para profissional de vendas júnior (6 + 30 CR), profissional júnior - comunicação social (1 + 20 CR), profissional júnior - direito (1 + 15 CR), profissional júnior - economia (3 + 20 CR), profissional júnior TI analista de sistemas (1 + 5 CR) e profissional júnior TI arquiteto de soluções (1 + 5 CR). As remunerações são de R$ 3.583,26 para profissional de vendas júnior e R$ 4.894,08 para os demais postos. 

A Liquigás ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: vale-gás; vale-refeição ou refeitório no local; vale-alimentação; vale-transporte; convênio farmácia; convênio odontológico; auxílio a filho excepcional; auxílio-funeral; seguro de vida em grupo; e auxílio-creche.

Ofertas serão lotadas nos Estados de Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Norte, Tocantins e Espírito Santo, além do Distrito Federal. Somente em São Paulo, são oferecidas 346 vagas.

Concurso Liquigás: informações sobre as provas

Além da prova objetiva, o processo seletivo ainda contará com a seguinte avaliação: prova de capacidade física para ajudante de carga e descarga e de oficial de produção.

As provas objetivas foram aplicadas nas cidades de Belo Horizonte/MG, Curitiba/PR, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Macaé/RJ, Porto Alegre/RS, Florianópolis/SC, São Paulo/SP, Salvador/BA, Fortaleza/CE, Brasília/DF, Goiânia/GO, São Luís/MA, Cuiabá/MT, Belém/PA, Natal/RN, Palmas/TO, Vitória/ES e Campo Grande/MS.  

O participante deverá acompanhar todas as publicações referentes ao processo seletivo no site da Fundação Cesgranrio. 

Mais informações sobre a Liquigás 

A Liquigás, fundada em 1953, foi adquirida pela Petrobras Distribuidora S.A. em 2004 e em novembro de 2012 passou a ser subsidiária direta da Petrobras. Ela atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de gás liquefeito de petróleo, também conhecido como GLP. Está presente em 23 Estados (exceto Amazonas, Acre e Roraima).

A empresa conta com 23 centros operativos, 19 depósitos, 1 base de armazenagem e carregamento rodo-ferroviário, 4 unidades de envasamento em terceiros e uma rede com aproximadamente 4.800 revendedores autorizados, além de sua sede, na cidade de São Paulo/SP.

Continuar lendo

Atualizado: 14/11/2018 - 15:50

SPDM: concurso inscreve para cargos em Uberlândia MG

Com salários acima de R$ 7,1 mil, seleção oferece postos no Hospital e Maternidade Dr. Odelmo Leão Carneiro e em Unidades de Atendimento Integrado

Todos os níveis

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) destinado a formar cadastro reserva em diversos cargos em Uberlândia, no Estado de Minas Gerais.

Distribuídas entre dois editais, as oportunidades são para trabalhar no Hospital e Maternidade Dr. Odelmo Leão Carneiro, além de Unidades de Atendimento Integrado (UAIs). Os salários vão de R$ 859,34 a R$ 7.151,52.

Os interessados devem ficar atentos aos prazos para registro de candidaturas, que variam conforme a origem das vagas. No caso do hospital, será possível se inscrever até 28 de novembro. Já para as UAIs, a data limite é 9 de dezembro.   

O formulário para cadastro deve ser preenchido no site da Consesp (www.consesp.com.br), banca que organiza a seleção. As taxas de participação custam entre R$ 14 e R$ 156.

As provas objetiva, discursiva e de títulos estão agendadas para 16 de dezembro e 13 de janeiro. Na primeira data, os exames serão aplicados aos inscritos para vagas no hospital. Já no segundo dia, realizarão as avaliações os concorrentes aos empregos nas UAIs.

Concurso SPDM Uberlândia: cargos no Hospital e Maternidade Dr. Odelmo Leão Carneiro

Quem possui ensino fundamental pode concorrer como auxiliar de manutenção, camareira, encanador, guarda volumes, marceneiro, pedreiro e pintor, conforme o edital

Há ofertas de nível médio/técnico para auxiliar administrativo, auxiliar de almoxarifado, auxiliar técnico de equipamentos médicos, eletricista, encarregado de governança, lactarista, oficial de manutenção, recepcionista, técnico ambiental, técnico de farmácia, técnico de segurança do trabalho, técnico eletrônico, técnico de banco de sangue, técnico de radiologia, auxiliar de enfermagem, maqueiro, técnico de enfermagem e técnico de enfermagem do trabalho.  

• APOSTILAS CONCURSO SPDM UBERLÂNDIA 2018 - DIVERSOS CARGOS

As carreiras de analista de pessoal júnior, analista de sistemas júnior, analista de sistemas júnior, analista de suporte júnior, assistente de custos, assistente de contratos, assistente de SAU e faturista são voltadas a candidatos com graduação em andamento. 

Curso superior é requisito para analista de contas a pagar júnior, analista de gestão de pessoas júnior, analista de gestão de pessoas pleno, analista de patrimônio, analista de pessoal pleno, assistente de contabilidade, comprador júnior, farmacêutico, nutricionista, plantonista administrativo, assistente social, biologista, fisioterapeuta, fisioterapeuta UTI neonatal, fisioterapeuta cardiorespiratório, fonoaudiólogo, psicólogo clínico, enfermeiro - diversas especialidades e médico nas seguintes funções: auditor, cardiologista, cirurgião pediátrico, cirurgião vascular, clínico, clínico diarista, colonoscopista/endoscopista, do trabalho, hematologista, infectologista, intensivista, neonatologista, ginecologista obstetra, oftalmologista, ortopedista, radiologista, ultrassonografista, fisiatra, nutrólogo, nefrologista, mastologista, neurologista, pediatra, otorrinolaringologista e urologista.    

Concurso SPDM Uberlândia: cargos nas Unidades de Atendimento Integrado

As vagas de nível fundamental são para auxiliar de serviços gerais, camareira, copeira e conselheiro em dependência química, de acordo com o edital

Com ensino médio/técnico é possível se inscrever para as funções de auxiliar administrativo, auxiliar contábil, auxiliar de almoxarifado, auxiliar de farmácia, eletricista, faturista, oficial de manutenção, recepcionista, técnico de farmácia, técnico de segurança do trabalho, técnico em eletrônica, telefonista, auxiliar de saúde bucal, oficineiro, técnico de radiologia, técnico em saúde bucal, agente comunitário de saúde, técnico de enfermagem e técnico de enfermagem do trabalho.         

Estão em disputa postos de com exigência de curso superior para analista de contas a pagar júnior, analista de gestão de pessoas júnior, analista de patrimônio, analista de pessoal júnior, analista de sistemas júnior, analista de suporte júnior, assistente de contabilidade júnior, comprador júnior, farmacêutico, nutricionista, assistente social, dentista, educador físico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional, enfermeiro - diversas especialidades e médico.
 

Continuar lendo

Atualizado: 13/11/2018 - 16:16

Ministério da Fazenda aguarda aval para 1.301 vagas

Solicitação para a abertura de concurso do Ministério da Fazenda refere-se a vários cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino

Concurso nacional

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

O Ministério o Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) ainda avalia o pedido do concurso do Ministério da Fazenda (MF), encaminhado no ano passado. A solicitação requer um total de 1.301 vagas para o seu quadro de pessoal.

A seleção precisa realizada devido à grande defasagem de pessoal no MF. Atualmente, existem 3.148 postos vagas, sendo 2.254 referente aos cargos de nível médio e 894 para ensino superior.

As oportunidades do concurso do Ministério da Fazenda requeridas ao Planejamento estão distribuídas da seguinte maneira: assistente técnico administrativo (904), analista técnico administrativo (257), arquiteto (12), arquivista (9), bibliotecário (12), contador (53), engenheiro (15), enfermeiro (5), pedagogo (6), psicólogo (6) e técnico em comunicação social (22).

Para concorrer ao posto de assistente é necessário possuir ensino médio completo, enquanto as demais funções aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. Os salários iniciais atuais oscilam entre R$ 3.953,68 e R$ 6.388,27, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

A solicitação do concurso do Ministério da Fazenda 2018/2019 encaminhada ao MPDG não apresentou as regiões de lotação das oportunidades, mas é bem provável que São Paulo e Distrito Federal sejam os locais com a maior quantidade de oportunidade, e o motivo é que no último certame eles não foram abrangidos.

• CURSO CONCURSO MINISTÉRIO DA FAZENDA 2018 - DIVERSOS

O detalhe do processo seletivo que pode ser dado como certo é a escolha da empresa organizadora, que será a Esaf (Escola de Administração Fazendária), como de costume nos concursos do órgão. Assim, os candidatos podem ir se preparando com as provas e os editais de seleções anteriores, uma vez que a banca se repete.

Concurso Ministério da Fazenda: outras oportunidades

Junto com as vagas para o seu próprio quadro de pessoal, o MF pediu mais 3.040 chances distribuídas entre os seus órgãos vinculados. Os postos são para os níveis médio e superior.

Para a Receita Federal são as 630 vagas para auditor-fiscal e as 1.453 para analista tributário. O quadro do Tesouro Nacional é composto pelas colocações de auditor federal de finanças e controle (30) e técnico de finanças e controle (70), enquanto a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) fica com a função de procurador da Fazenda (240). 

Para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o pedido contempla 16 oportunidades para a carreira de inspetor, 30 para analista e 82 para agente executivo.

Na Superintendência de Seguros Privados (Susep), são 55 chances para analista técnico. Por fim, as demais profissões se destinam ao quadro da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), sendo elas as de especialista em previdência social (48), analista administrativo (23), técnico administrativo (39), administrador (11) e atuário (7).

Esses detalhes foram divulgados pelo Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC). 

Concurso Ministério da Fazenda: edital anterior

No início de 2014, o MF abriu processo seletivo visando a contratar 1.026 profissionais na carreira de assistente. As chances disponibilizadas pelo certame foram distribuídas entre os Estados do Acre (18 vagas), Alagoas (14), Amazonas (28), Amapá (6), Bahia (80), Ceará (53), Espírito Santo (14), Goiás (31), Maranhão (30), Minas Gerais (101), Mato Grosso do Sul (34), Mato Grosso (27), Pará (55), Paraíba (20), Pernambuco (52), Piauí (17), Paraná (97), Rio de Janeiro (61), Rio Grande do Norte (17), Rondônia (13), Roraima (8), Rio Grande do Sul (155), Santa Catarina (74), Sergipe (9) e Tocantins (12).

Todos os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos com 70 perguntas de múltipla escolha. Os assuntos abordados nos testes foram língua portuguesa; matemática e raciocínio lógico; conhecimentos de informática; atualidades; gestão de pessoas e do atendimento ao público; ética do servidor na administração pública; administração pública brasileira; e regime jurídico dos agentes públicos.

Concurso Ministério da Fazenda: sobre o órgão

O Ministério da Fazenda é o órgão da estrutura administrativa da República Federativa do Brasil responsável pela formulação e execução da política econômica.

Continuar lendo

Atualizado: 13/11/2018 - 15:26

Prefeitura de Cataguases MG lança concurso com 47 vagas

A participação deverá ser garantida entre os dias 15 de janeiro e 14 de fevereiro de 2019

Todos os níveis

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

No Estado de Minas Gerais, foi publicado um novo edital de concurso público da Prefeitura Municipal de Cataguases. A seleção visa o preenchimento de 47 vagas do seu quadro de pessoal. 

Aqueles que têm o ensino fundamental podem disputar as funções de borracheiro (1 vaga), calceteiro (1), eletricista de auto (1), mecânico (1), motorista de veículos leves (1) e pesados (1), operador de máquinas (1) e operário (1).

Para ensino médio e/ou curso técnico, as chances do edital são para os cargos de fiscal sanitário (1), intérprete de libras (1), técnico de saúde bucal (1), técnico em edificações (1), técnico em eletrônica (1) e topógrafo (1).

Nível superior é requisito para os postos de arquiteto (1), assistente social (1), cirurgião dentista buco-maxilo-facial (1), engenheiro civil (1), engenheiro de segurança do trabalho (1), farmacêutico (1), farmacêutico fiscal (1), fonoaudiólogo (1), técnico de assuntos educacionais (1) e médico nas especialidades de cardiologista (1), da família (1), pneumologista (1), cirurgião (1), do trabalho (1), geriatra (1), angiologista (1), dermatologista (1), endocrinologista (1), gastroenterologista (1), ginecologista (1), hematologista (1), nefrologista (1), homeopata (1), neurologista (1), oftalmologista (1), ortopedista (1), otorrinolaringologista (1), pediatra (1), proctologista (1), psiquiatra (1), radiologista (1) e urologista (1).

Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Cataguases partem de R$ 965,16 e chegam a R$ 11.463,90.

Concurso Prefeitura de Cataguases MG: inscrições e provas

As inscrições serão recebidas entre os dias 15 de janeiro a 14 de fevereiro de 2019, exclusivamente pela internet, através do site www.institutoexcelenciapr.com.br. Os valores da taxa de participação variam de R$ 18 a R$ 207, conforme o cargo pleiteado. 

Todos os candidatos executarão a prova objetiva no dia 17 de março de 2019. Ela contemplará questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, atualidades, legislação e/ou conhecimentos específicos. 

O certame ainda contará com prova prática para os empregos de borracheiro, calceteiro, eletricista de auto, motorista de veículos leves, motorista de veículos pesados, mecânico e operador de máquinas; e análise de títulos para nível superior. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 13/11/2018 - 10:10

Carlos Chagas MG: concurso inscreve para vagas na Câmara

Prazo para registro de candidaturas termina nesta quinta-feira (15). Chances são para motorista e auxiliar legislativo

Dois postos

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Câmara de Carlos Chagas, em Minas Gerais, encerra nesta quinta-feira (15), às 20h, as inscrições do concurso público para contratação de dois servidores.  

Uma das oportunidades é para motorista CNH "D", emprego que cobra ensino fundamental e oferece vencimentos de R$ 1.654,23.

A outra chance se destina a auxiliar legislativo, com vencimentos de R$ 1.500 e exigência de nível médio.

Os interessados devem acessar o site www.agoraconsultoria.srv.br para realizar a inscrição. O valor da taxa é o mesmo para as duas funções: R$ 60. 

Marcada para 16 de dezembro, a prova objetiva trará 30 questões de múltipla escolha para serem solucionadas em, no máximo, três horas. 

O concurso da Câmara de Carlos Chagas terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital

Concurso Câmara Carlos Chagas: atribuições do auxiliar legislativo

Prestar assessoramento a autoridades superiores quando solicitado. Receber, numerar, distribuir e controlar a movimentação de papéis nos órgãos da Câmara. Organizar as pastas que formam os processos e outros documentos recebidos para protocolo. Registrar a tramitação de Projetos de Lei, Projetos de Resoluções e demais proposições, dando o despacho final. Fiscalizar o serviço de protocolo da Câmara. Informar aos interessados a respeito de processo e outros documentos arquivados. Colecionar as atas das sessões das reuniões da Câmara. Confeccionar as leis municipais, bem como os atos administrativos do Executivo Municipal encaminhados à Câmara. Digitar exposições de motivos, Projetos de Lei e Resolução, Decretos Legislativos, apostilas, correspondências e documentos diversos manuscritos ou não, conferindo-os. Marcar entrevistas e reuniões. Redigir ofícios, correspondências, despachos e demais expedientes de acordo com as normas preestabelecidas. Redigir atos administrativos de natureza simples seguindo modelos específicos. Ler, selecionar, registrar e arquivar quando for o caso documentos e publicações de interesse da unidade administrativa onde exerce suas funções. Efetuar o recebimento, a classificação, o registro, a guarda e a conservação dos processos, livros e demais documentos, mediante normas e códigos pré-estabelecidos. Verificar a necessidade de material para a unidade e solicitar o preenchimento da requisição dos mesmos. Executar serviços datilográficos. Orientar a atividade de tombamento e inventário dos livros pertencentes ao arquivo da Câmara. Executar serviços de reprodução de documentos. Atender e prestar informações ao público nos assuntos referentes a sua área de atuação. Proceder despachos de proposições aprovadas em Plenário, para as devidas repartições ou órgãos, realizando a elaboração de autógrafos preparando todas as matérias a serem enviadas. Realizar a montagem de todos os processos de projetos de leis, projetos de resoluções, indicações, requerimentos, representações, moções e demais documentos que exigirem o seu desdobramento mantendo-os devidamente atualizados e proceder a sua autuação. Manter atualizadas as pastas dos vereadores, contendo todas as proposições de sua autoria, bem como seus dados cadastrais. Atender a Mesa Diretora da Câmara, prestando-lhes informações, par ao bom andamento dos trabalhos. Operar máquinas de escritório. Realizar a publicação das matérias aprovadas pela Câmara. Executar outras tarefas afins.
 

Continuar lendo

Atualizado: 12/11/2018 - 10:16

Prefeitura de Abaeté MG lança concurso com 145 vagas

Oportunidades são para candidatos de todos os níveis escolares. Inscrições serão abertas em 14 de janeiro

Vários cargos

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

No Estado de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Abaeté publicou um novo edital de concurso público destinado ao preenchimento de 145 vagas do seu quaro de pessoal. Do total de ofertas, sete são reservadas a pessoas com deficiência. 

Candidatos alfabetizados têm chances nas funções públicas de coveiro (2 vagas), operador de máquinas pesadas (1), pedreiro (2) e serviços gerais (50). 

Para ensino fundamental, as ofertas são para os empregos de assistente de administração I (2), fiscal de posturas (1), motorista (11) e operador de máquinas leves (4).  

Quem tem o ensino médio e/ou curso técnico está apto às carreiras de assistente de administração II (5), auxiliar de administração I (10), auxiliar de administração II (4), auxiliar técnico de educação infantil (20), auxiliar técnico de secretaria (2), enfermeiro (2), professor do centro de educação infantil (1), técnico de laboratório em análises clínicas (1), técnico de secretaria escolar (1), técnico em enfermagem (4) e técnico em raio-x (4). 

Nível superior é requisito para os cargos de assistente social (1), auxiliar técnico de biblioteca (2), bioquímico (2), contador (1), engenheiro civil (1), farmacêutico (2), fiscal de vigilância sanitária (2), médico veterinário (1), nutricionista (1), pedagogo (3) e professor PI (2).

Os salários iniciais variam de R$ 960 a R$ 2.130,06. 

Concurso Prefeitura de Abaeté MG: inscrições e provas

A participação deverá ser garantida entre os dias 14 de janeiro e 14 de fevereiro de 2019. O formulário de inscrição estará disponível no endereço eletrônico www.exameconsultores.com.br. Os valores da taxa oscilam entre R$ 48 e R$ 106,50, conforme o posto pleiteado. 

O certame será constituído de três avaliações: prova objetiva para todos os cargos, eliminatória e classificatória; prova prática para operadores de máquinas leves e pesadas, eliminatória; e análise de títulos para nível superior, unicamente classificatória.

Com duração máxima de três horas, a prova objetiva será aplicada na cidade de Abaeté/MG no dia 24 de março de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 09/11/2018 - 15:52

Carvalhópolis MG publica edital de concurso com 38 vagas

As inscrições serão recebidas entre os dias 16 de fevereiro e 18 de março de 2019. Salários iniciais oferecidos chegam a R$ 2,2 mil

Todos os níveis

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

Foi divulgado um novo edital de concurso público da Prefeitura Municipal de Carvalhópolis, localizada no Estado de Minas Gerais. A seleção visa o preenchimento de 38 vagas, sendo 35 imediatas e três para formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Quem é alfabetizado pode disputar as funções de motorista (9 vagas), agente de serviços gerais (4), agente de cozinha e limpeza de patrimônio público (5), oficial de obras e serviços (1), operador de máquinas (2) e tratorista (2). Já para aqueles que concluíram o ensino fundamental, a chance é para o emprego de agente de combate a endemias (1).

Para ensino médio e /ou curso técnico, as ofertas são para os cargos de agente de vigilância sanitária (1), agente técnico administrativo de recursos humanos (1 CR) e auxiliar de enfermagem (3).

Nível superior é requisito para os postos de farmacêutico (1), psicólogo (1), professor AEE (2) e professor de educação básica (3 + 2 CR). 

Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Carvalhópolis variam de R$ 954 a R$ 2.235,89. 

Concurso Prefeitura de Carvalhópolis MG: inscrições e prova

As inscrições serão recebidas entre os dias 16 de fevereiro e 18 de março de 2019, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico da Facepe (www.facepealfenas.org.br/concursos). Os valores da taxa de participação são de R$ 40 (níveis alfabetizado e fundamental), R$ 70 (ensino médio e curso técnico) e R$ 120 (formação superior). 

Os candidatos serão avaliados por meio de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela contemplará questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de português, raciocínio lógico, conhecimento geral e atualidades, noções de saúde pública e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado na cidade de Carvalhópolis/MG no dia 28 de abril de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 09/11/2018 - 14:47

Prefeitura de Florestal MG abre concurso com 21 vagas

Ofertas estão distribuídas entre os cargos de agente comunitário de saúde e agente de combate às endemias. Prazo se encerrará em 23 de novembro

Nível médio

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Florestal, localizada no Estado de Minas Gerais, abriu as inscrições do concurso que preencherá 21 vagas temporárias para atender às necessidades do Programa de Saúde da Família e das ações do Centro de Controle de Zoonoses do município. 

Ofertas estão distribuídas entre as funções públicas de agente comunitário de saúde (12 vagas) e agente de combate às endemias (9). Interessados devem possuir diploma de conclusão de curso de ensino médio. O salário inicial é de R$ 981,52 para o primeiro cargo e R$ 1.020,02 para o segundo. 

Para participar basta preencher a ficha cadastral no site www.maximaauditores.com.br e efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 50. O prazo para registro das candidaturas se encerrará no dia 23 de novembro. 

O concurso será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de português, noções de informática e conhecimentos específicos. 

A avaliação terá duração máxima de três horas e será aplicada na cidade de Florestal/MG no dia 2 de dezembro, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno. 

Atribuições dos cargos da Prefeitura de Florestal MG

Agente comunitário de saúde - atividades de prevenção de doenças e de promoção da saúde, a partir dos referenciais da educação popular em saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS que normatizam a saúde preventiva e a atenção básica em saúde, com objetivo de ampliar o acesso da comunidade assistida às ações e aos serviços de informação, de saúde, de promoção social e de proteção da cidadania, sob supervisão do gestor municipal, distrital, estadual ou federal.

Agente de combate às endemias - atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção da saúde, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor de cada ente federado.
 

Continuar lendo

Atualizado: 09/11/2018 - 14:07

Estrela do Indaiá MG publica concurso com 60 vagas

Oportunidades são para diversos cargos, de todos os níveis de escolaridade. As inscrições serão abertas em 27 de novembro

Ganhos de até R$ 12 mil

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

No Estado de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Estrela do Indaiá divulgou dois novos editais de concurso público, que totalizam 60 vagas. Do total de ofertas, uma é reservada a pessoas com deficiência. 

Para ensino fundamental, as chances são para as funções de agente de saúde (5 vagas), auxiliar de serviços administrativos (2), auxiliar de serviços da saúde básica I (3), auxiliar de serviços públicos (10), motorista (1), oficial de serviços públicos (3), operador de máquina pesada (1) e tratorista (1). 

Quem tem o ensino médio pode concorrer aos empregos de agente de serviços administrativos (3), agente fiscal (1), agente fiscal de saúde (1), monitor da educação básica (5), técnico de informática (1), técnico médio de saúde I (1) técnico médio de saúde II (4), agente comunitário da Estratégia Saúde da Família - ESF (3) e agente de combate a endemias (2).

Nível superior é requisito para os cargos de controlador interno (1), nutricionista (1), professor da educação básica I (3), bioquímico (1), tesoureiro municipal (1), assistente social (1), cirurgião dentista da ESF (1), educador de educação física da ESF (1), educador social (1), enfermeiro da ESF (1) e médico da ESF (1).

As remunerações iniciais oferecidas pela Prefeitura de Estrela do Indaiá partem de R$ 954 e chegam a R$ 12.000.  

Concurso Prefeitura de Estrela do Indaiá MG: inscrições e prova

As inscrições serão recebidas entre os dias 27 de novembro e 27 de dezembro, exclusivamente pela internet, através do site www.eloassessoriaeservicos.com.br. Os valores da taxa de participação variam de R$ 47,70 a R$ 600, conforme o posto pleiteado. 

Todos os candidatos serão avaliados por meio de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de português, matemática, conhecimentos gerais, informática, saúde pública, gestão e legislação em saúde pública e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado na cidade de Estrela do Indaiá/MG no dia 27 de janeiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 08/11/2018 - 15:30

Reformas de Bolsonaro e o impacto na geração de empregos

Conversamos com especialistas sobre como a criação do Superministério da Economia e a indefinição do Ministério do Trabalho poderão impactar na vida dos trabalhadores

Fusão dos ministérios

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A reforma ministerial do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que aos poucos vai anunciando as mudanças que veremos em 2019, gera dúvidas e incertezas na cabeça de muitos brasileiros, especialmente nas áreas da economia e do trabalho. Conversamos com especialistas sobre como a fusão dos ministérios da Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio Exterior, que ficou conhecido como “Superministério da Economia”, além da indefinição da pasta Trabalho, que poderá manter o status de ministério ou virar secretaria, poderão impactar na geração de emprego, especialmente na iniciativa privada.

Na visão de Cleverson Luiz Pereira, professor de cenários econômicos do Centro Universitário Internacional – Uninter, é preciso ressaltar que o Superministério da Economia necessitará de tempo para alinhar sua nova estrutura de funcionamento, já que sua criação envolverá a fusão de outros ministérios. Em plenas condições de atuação, a nova pasta poderá promover a agilidade das decisões e criar impactos dentro da economia. “Economia ágil gera riquezas e postos de trabalho com maior frequência e impacta de forma positiva na geração de empregos”, afirma.

Para exemplificar uma ação ágil, Cleverson cita que o superministério poderia dar acesso amplo a todos os empreendedores brasileiros, sem distinção, ao crédito de desenvolvimento através de programas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a desburocratização da abertura de empresas.

Por outro lado, Silvio Soledade, consultor e coordenador da Associação Brasileira dos Mentores de Negócios (ABMEN), recorda que não será a primeira tentativa de agrupar órgãos públicos. “Já tentamos na gestão Collor constituir um Superministério da Economia e a experiência não deu certo. O foco dos ministérios são diferentes, enquanto o Ministério do Planejamento é voltado para o funcionamento da máquina pública, os outros (Fazenda e Indústria e Comércio) são voltados para a iniciativa privada”, explica.

Silvio avalia que é prematuro entender como será o funcionamento e a atenção das demandas geradas pelos ministérios, antes separados e agora sob um único comandante. A interlocução entre o novo órgão e as empresas da iniciativa privada deverá ser bem executada para evitar frustrações de ambos os lados. “Os industriais poderão pressionar o governo com ameaças de demissão em massa em função desta falta de interlocução. Pode ser só pressão ou pode ser também que a ausência de um diálogo com o novo governo possa impactar não somente em demissões, mas principalmente na geração de novas vagas na iniciativa privada”, completa.

Resultados não devem vir a curto prazo

Ambos os especialistas entrevistados concordam que os impactos da reforma ministerial não devem ser a curto prazo. Vale destacar que no caso do Superministério da Economia serão três pastas unificadas em uma. “Em virtude da grande estrutura a ser adaptada e da nova lógica de funcionamento do superministério, que deverá levar um tempo para maturidade, não teremos impactos em curto prazo, mas vejo boas perspectivas para o final de 2019 e o começo de 2020”, prevê Cleverson.

Deve levar um tempo para que seja estabelecido um elo de afinidade do novo governo do presidente eleito Jair Bolsonaro com o mercado, acredita Silvio. “Pelos diálogos iniciais não me parece que essa convergência acontecerá no curto prazo. O governo vai ter de provar para que veio”, diz.

Reforma ministerial x Geração de emprego

Quando perguntado sobre até que ponto uma reforma ministerial poderia contribuir para empregabilidade, o coordenador da ABMEN explica que a geração de emprego no curto prazo dependerá de investimento em infraestrutura. “E isto só vai acontecer na hora que o governo tomar pé da situação. Não me parece que será foco no primeiro ano do governo”, salienta. Silvio acrescenta que os primeiros meses da nova gestão poderão trazer bons indícios. “Um bom sinal será o equilíbrio das contas públicas e a reconquista da confiança por parte dos investidores, que poderá acontecer nas iniciativas que serão implementadas e no diálogo com o Congresso no primeiro semestre”.

Cleverson comenta que o ponto principal de uma reforma ministerial é enxugar estruturas “inchadas”, capaz de ser igual ou mais eficiente do que a antiga. “No caso do superministério, se ele funcionar da maneira apresentada pela equipe do novo governo, trará agilidade na tomada de decisões fundamentais para o desenvolvimento da economia. Uma vez aquecida, a economia fortalece a geração de riquezas e contribui para abertura de novos postos de emprego”.

Cortar encargos trabalhistas é pouco, dizem especialistas

Em entrevista durante o período de eleições, o economista Paulo Guedes, futuro ministro da nova pasta da economia, disse que pretende cortar encargos trabalhistas e gerar até 10 milhões de empregos em dois ou três anos. Na visão de Cleverson, a medida poderá ajudar, mas não será o suficiente, pois a estratégia para fomentar a geração de emprego em um único mandato vai além de cortes em encargos trabalhistas. “Outras medidas são necessárias, como impulsionar o crescimento econômico, apoiar projetos de investimentos dos novos e antigos empresários (reduzir a burocracia), desenvolver obras de infraestrutura pelo país, facilitar e baratear o acesso ao crédito para as pessoas físicas e jurídicas, entre outros”.

Silvio reforça que além de cortar encargos trabalhistas, o que vai determinar o crescimento nos índices de empregabilidade é a situação econômica do país. “Independentemente da desoneração da folha de pagamento, isto só acontecerá se houver perspectivas de crescimento da economia, investimento em infraestrutura e a conquista da confiança dos investidores externos”.

A indefinição do Ministério do Trabalho

Após confirmar a extinção do Ministério do Trabalho no início de novembro, Jair Bolsonaro voltou atrás na última terça-feira, 13, e disse que manteria a pasta com status de ministério. Porém, na manhã de quarta-feira, 14, um novo recuo. O presidente eleito declarou que enxugará o órgão, mas que ainda não está definido se o ministério se manterá como tal ou se virará uma secretaria. “Legislação trabalhista está preservada. Não importa se vai ter status de ministério, pouco tem a ver”, afirmou Bolsonaro em entrevista à TV Record.

Ainda de acordo com Bolsonaro, a pasta Trabalho não deverá se juntar a Indústria e Comércio, que será incorporada ao Superministério da Economia e comandada pelo economista Paulo Guedes.

Em meio a indefinição de Bolsonaro, vale destacar que o Ministério do Trabalho é responsável por elaborar políticas e diretrizes para a geração de emprego e renda, além da modernização das relações de trabalho. Também é incumbido de fiscalizar os postos de trabalho e participar da elaboração de políticas salariais e de desenvolvimento profissional.

“Do ponto de vista do empregado, o Ministério do Trabalho é o responsável pela gestão dos direitos e deveres dos trabalhadores em suas relações com os empregadores e fiscaliza para que os direitos e deveres sejam preservados. Já do ponto de vista do empregador, o bom empregador sofrerá com a concorrência desleal de empregadores aproveitadores, capazes de contratar mão de obra em condições ‘escravas’, uma vez que não existe mais um ministério específico e atuante no mercado de trabalho”, finaliza o professor Cleverson.

Continuar lendo

Atualizado: 08/11/2018 - 14:01

IFNMG inscreve para concurso com 18 postos de docentes

A participação no certame do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais deverá ser garantida até o dia 16 de novembro. Os salários chegam a R$ 9,6 mil

Nível superior

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

O Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) está com inscrições abertas de concurso público para provimento de 18 vagas do cargo de professor do ensino básico, técnico e tecnológico, sendo uma reservada a pessoas com deficiência e duas aos negros e pardos. A lotação ocorrerá em qualquer um dos seus campi: Almenara, Araçuaí, Arinos, Diamantina, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora, Porteirinha, Salinas e Teófilo Otoni ou em outras Unidades que possam ser implantadas

Ofertas estão distribuídas entre as especialidades de administração (2 vagas), ciência e tecnologia de alimentos (1), ciências da computação/teoria da computação (1), didática e fundamentos da educação (1), educação física (1), engenharia elétrica (1), informática (1), língua inglesa (1), língua portuguesa (3), matemática (5) e química (1). 

Interessados em concorrer a uma das funções devem possuir nível superior na área de conhecimento. As remunerações para regime de trabalho de 40 horas semanais, em tempo integral, com dedicação exclusiva, variam de R$ 4.463,93 a R$ 9.600,92, já inclusa a retribuição por titulação. 

O IFNMG ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: auxílio-alimentação no valor de R$ 458 e auxílio pré-escolar no valor de R$ 321.

Entre as atribuições do professor, estão: ministrar aulas nos cursos técnicos de nível médio, cursos superiores, pós-graduação e de formação inicial e continuada de trabalhadores, em conteúdos ou disciplinas ligadas às áreas de formação, quer no respectivo campus ou fora dele; prestar consultoria e assessoria na implantação, coordenação, administração de cursos, acompanhamento de projetos de interesse do instituto e desempenhar outras atividades correlatas; realizar atividades de orientação de alunos em desenvolvimento de projetos, trabalhos de conclusão de curso e similares, estágios e monitorias; atuar em atividades de pesquisa e extensão, elaborando, desenvolvendo e executando projetos, desde o encaminhamento aos órgãos de fomento até suas finalizações; manter produção cientifica, quando participante de programas de pós-graduação, tais como elaborar, encaminhar artigos para revistas e para congressos; participar de órgãos e/ou comissões internas e/ou externas, para tratar de assuntos administrativos e de interesse da instituição; realizar atividades de extensão como consultorias, assessorias e prestações de serviços; participar de bancas examinadoras e outras atividades previstas em regulamento interno de atividades docentes do IFNMG.

Concurso IFNMG: inscrições e provas 

A participação deverá ser garantida até o dia 16 de novembro. O formulário de inscrição está disponível no site http://concurso.fundacaocefetminas.org.br/site/processo_seletivo.aspx. O valor da taxa é de R$ 200. 

O concurso será constituído das seguintes etapas: prova objetiva; prova dissertativa; prova de desempenho didático; e análise de títulos. 

A prova objetiva será composta por 40 questões de múltipla escolha, sendo dez sobre didática, dez de legislação básica e 20 de conhecimentos específicos. Ela será aplicada no município de n Montes Claros/MG no dia 15 de dezembro. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 07/11/2018 - 15:57

Câmara de Piranga MG realiza concurso para auxiliar

Prazo para inscrições vai até 21 de novembro. Cargo requer ensino médio e apresenta remuneração inicial de R$ 1,8 mil

Uma vaga

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro

A Câmara de Piranga, no interior de Minas Gerais, abriu concurso público destinado a preencher uma vaga de auxiliar técnico legislativo.

Com salário de R$ 1.858 e jornada semanal de 40 horas, o cargo pode ser disputado por profissionais que possuem ensino médio.

Os interessados devem acessar o endereço www.jmsbhz.com.br/concurso para realizar a inscrição. O prazo termina em 22 de novembro e a taxa custa R$ 40.

Marcada para 6 de janeiro, a prova objetiva trará 40 questões sobre língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais e específicos. 

O concurso da Câmara de Piranga terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital

Concurso Câmara Piranga: atribuições do auxiliar legislativo

Execução de serviços de emissão de documentos, elaboração de textos, redação oficial da Câmara de Piranga; Execução, controle e organização de arquivos, registros, documentos públicos e materiais; Execução de Serviços auxiliares no desenvolvimento das funções legislativas, recepção de documentos e pessoas; Execução de atividades externas de pagamento, controle e execução; Execução de atividades auxiliares de nível médio comuns ao cargo, existentes ou a serem criadas a qualquer tempo.

Concurso Câmara Piranga: conteúdo programático parcial

Informática - Sistema Operacional Windows; Microsoft Word 2013: Edição e formatação de textos; Libre Office Writter 5.4.7: Edição e formatação de textos; Microsoft Excel 2013: Elaboração, cálculos e manipulação de tabelas e gráficos; Libre Office Calc 5.4.7: Elaboração, cálculos e manipulação de tabelas e gráficos; Microsoft PowerPoint 2013: estrutura básica de apresentações, edição e formatação; Libre Office Impress 5.4.7: estrutura básica de apresentações, edição e formatação; Microsoft Outlook 2013: Correio Eletrônico; Google Chrome: Navegação na Internet; Segurança: Tipos de vírus, Cavalos de Tróia, Worms, Spyware, Phishing, Pharming, Spam.

Conhecimentos gerais - História, Geografia e Ciências de 1º grau; Assuntos ligados à atualidade nas áreas: Econômica, Científica, Tecnológica, Política, Cultural, Saúde, Meio Ambiente, Esportiva, Artística e Social do Brasil e do Mundo.

Continuar lendo

Shopping