Órgão prevê editais para psicólogo e assistente social

Em entrevista ao JC&E, o desembargador Antonio Carlos Malheiros, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), informou que o órgão se prepara para lançar o quanto antes edital para as carreiras de psicólogo e assistente social.

Redação
Publicado em 16/04/2012, às 14h39

Em entrevista ao JC&E, o desembargador Antonio Carlos Malheiros, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), informou que o órgão se prepara para lançar o quanto antes edital para as carreiras de psicólogo e assistente social.
A boa notícia é resultado da liberação de uma emenda parlamentar, aprovada na Assembleia Legislativa do Estado (Alesp), que permitiu um aditamento de R$ 10 milhões para a Coordenadoria da Infância e Juventude da casa.
“Grande parte desse dinheiro eu vou utilizar para concurso de assistente social e psicólogo porque essa verba só dá para atender essas duas carreiras a princípio”, informou o desembargador. 
Já foi encaminhado para avaliação da presidência do TJ pedido de concurso para o preenchimento de 408 vagas de psicólogos, 349 de assistentes sociais e 470 de escreventes.
Estes profissionais serão admitidos para as varas da Infância e Juventude do Estado, que sofrem com a carência de profissionais.
O desembargador também garantiu que será realizado ainda este ano o concurso para escrevente, já que foi aprovado o projeto que transforma 2.199 postos de escreventes em assistentes judiciários, cargos esses que ficarão vagos e precisarão ser repostos por novos servidores.
Confira os detalhes na matéria da edição impressa do JC&E desta semana.
Preparação Dando continuidade à maratona de estudos para o concurso da Polícia Federal, veja nesta semana questões de informática, noções de administração/contabilidade e noções de economia, retiradas da prova anterior para a carreira de agente de polícia, aplicada em 2009 pelo Cespe/UnB.

Comentários

Mais Lidas