Tudo Sobre

Concurso Senado Federal

Concurso Senado: definidas disciplinas por cargo e cronograma preliminar

O edital do novo concurso Senado Federal terá 40 vagas, para cargos de níveis médio e superior. Iniciais até R$ 34,4 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 29/07/2020, às 12h17 - Atualizado às 19h58

Concurso Senado Federal: sede do planalto nacional
Google Maps

O aguardado concurso Senado Federalsegue em fase de definição da banca organizadora, que deve ser oficializada no decorrer dos próximos dias. Três empresas ainda estão na disputa: Fundação Getúlio Vagas (FGV), Cebraspe e Idecan. Segundo fontes extra-oficiais, a preferência é pelo Cebraspe. Somente após este procedimento poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições. Porém, o projeto básico da seleção revela dados importantes para os candidatos, incluindo como serão os exames para cada cargo, disciplinas cobradas e prazos de aplicação de provas, a partir da efetiva publicação do edital de abertura de inscrições.

Ao todo serão oferecidas 40 vagas efetivas, sendo 24 para cargos com exigência de ensino médio e 16 de nível superior, além de formar cadastro reserva de pessoal. As remunerações, reajustadas recentemente, chegam a R$ 34.443,96. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Para quem possui ensino médio, o concurso contará com 24 vagas para o cargo de  técnico legislativo nível II - policial legislativo. Neste caso, o inicial, atualizado, agora passa a ser de R$ 21.181,21, considerando salário de R$ 4.874,87, gratificação de atividade legislativa de R$ 9.788,12, gratificação de representação de R$ 2.521,02 e gratificação de desempenho de R$ 2.924,92,além de vale-alimentação de R$ 982,28

Para analista legislativo, de nível superior, serão 12 postos, sendo 2 para a área de administração, 1 para arquivologia,  1 para assistente social, 1 para contabilidade, uma para enfermagem, 1 para informática legislativa, 2 para processo legislativo, 1 para registro e redação parlamentar, 1 para engenharia do trabalho e 1 para engenharia eletrônica e telecomunicações. Para estas carreiras, o inicial é de R$ 27.218,91, incluindo salário básico de R$ 7.056,51, gratificação de atividade legislativa de R$ 10.804,35, gratificação de representação de R$ 4.141,67 e gratificação de desempenho de R$ 4.233,90, além do vale alimentação de R$ 982,28

Por fim, ainda para quem possui nível superior, o concurso contará com 4 vagas para advogados. O inicial é de R$ 34.433,96 incluindo salário de R$ 7.970.84, gratificação de atividade legislativa de R$ 14.946,02, gratificação de representação de R$ 5.762,32 e gratificação de desempenho de R$ 4.782,50, além dos R$ 982,28 de vale-alimentação

A comissão do concurso é presidida pelo servidor Roberci Ribeiro de Araújo, tendo como vice-presidente o servidor Kleber Minatogau. Agora, além de Beatriz Balestro Izzo e João Pedro de Souza Lobo Caetano, integram a comissão Leonardo Souza de Oliveira, Rafael Pimente Weitzel, Roberci Ribeiro de Araújo e Rodrigo Galha.  Saiu do grupo o servidor Everaldo Bosco Rosa Moreira

Um ponto importante, confirmado recentemente pelo presidente da comissão, Roberci Ribeiro de Araújo, é que a aplicação das provas ocorrerá em todas as capitais. "A exemplo dos certames de 2008 e 2011, a possibilidade maior é de que a prova, ou pelo menos a primeira fase objetiva, seja disponibilizada em todas as capitais brasileiras", disse. 

Concurso Senado Federal - Saiba os benefícios oferecidos

O concurso Senado Federal contará, além dos salários, com benefícios aos servidores, incluindo, além do auxílio-alimentação no valor de R$ 982,28, auxílio transporte, com desconto de 6% na folha de pagamento. Além disso, servidores ativos, inativos, pensionista e seus dependentes contam com assistência de saúde, por meio de sistema integrado de saúde.

Concurso Senado Federal : saiba como será o cronograma

No projeto básico inicial do concurso Senado Federal, a publicação do edital estava inicialmente prevista para ocorrer em  10 de julho, o que acabou não se concretizando em virtude da pandemia de Coronavírus. No entanto, os prazos indicados continuam valendo. 

De acordo com o documento, as inscrições devem ter início 10 dias após a publicação do edital, com aplicação das provas objetivas e discursivas dois meses após a liberação do documento. As provas discursivas para advogados ocorrerão 40 dias após a parte objetiva. A prova prática será sete dias após a parte dissertativa dos advogados, bem como testes de sanidade física e mental. Depois de 21 dias serão realizados os testes de aptidão física. Depois de sete dias haverá exame psicotécnico. A sindicância de vida pregressa e investigação social ocorrerão 10 dias depois. A prova oral ocorrerá sete dias após o exame psicotécnico. A análise de títulos ocorrerá 19 dias após a avaliação física e mental e os resultados finais serão divulgados oito meses após a publicação do edital

Concurso Senado Federal : saiba como serão as provas

No concurso Senado Federal, para o cargo de técnico - policial legislativo, a seleção contará com provas objetivas, discursiva, testes de sanidade física e mental, teste de aptidão física, exame psicotécnico, sindicância de vida pregressa e investigação social, além de análise de títulos

A prova objtiva contará com 200 questões, sobre língua portuguesa, literatura nacional e redação, língua estrangeira (inglês ou espanhol), raciocínio lógico, noções de direito constitucional, noções de direito administrativo, noções de direito civil e processual civil, noções de direito penal e processual penal, noções de criminalística, noções de direito digital, noções de direitos humanos, noções de adminsitração, informática, atualidades e conhecimentos específicos.

Para os analistas, a seleção contará com prova objetivas, provas dissertativas, prova prática somente para a área de registro e redação parlamentar, e títulos

A parte objetiva terá 200 questões sobre língua portuguesa, literatura nacional e redação, língua estrangeira (inglês ou espanhol), raciocínio lógico, noções de direito constitucional, noções de direito administrativo, atualidades e conhecimentos específicos

Por fim, para advogados, prova objetiva, prova dissertativa, avaliação oral e análise de títulos.

As 200 questões objetivas serão sobre língua portuguesa, literatura nacional e redação, língua estrangeira (inglês ou espanhol), direito constitucional, direito administrativo : geral e noções de administração, direito administrativo: licitação e contratos, direito administrativo : legislação de pessoal civil, direito civil e empresarial, direito processual civil, direito penal, direito processual penal, direito do trabalho, processual do trabalho e seguridade social, direito eleitoral, direito financeiro e tributário, direito internacional público e privado, direito digital, legislação complementar e atualidades     

 

 

Edital Senado Federal - Saiba como foi o último concurso  

O edital Senado Federal foi publicado em seu último concurso em 2011, quando foram oferecidas 260 vagas. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Do total de oportunidades, 142 foram para o cargo de analista legislativo em diversas áreas, 9 para consultor legislativo em diversas áreas, 84 para técnico legislativo em diversas áreas e 25 para técnico legislativo na área de polícia legislativa.

 

+ Resumo do Concurso Senado Federal

Senado Federal
Vagas: 40
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnicos e Analistas
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário: De R$ 20198,00 Até R$ 33451,00
Estados com Vagas: DF

+ Agenda do Concurso

16/04/2019 Previsão Adicionar no Google Agenda
03/10/2019 Autorização do Concurso Adicionar no Google Agenda
concursosconcursos federaisconcursos 2020provas anteriores

Comentários

Mais Lidas