Fundação Hospitalar abrirá concurso com 67 vagas

No momento, a instituição está em fase de escolha da empresa organizadora do processo seletivo. Serão oferecidas oportunidades de níveis médio e superior, com remunerações de até R$ 5,4 mil

Fernando Cezar Alves
Publicado em 05/03/2014, às 13h00

A Fundação Hospitalar Centenário, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, realizará concurso público para o preenchimento de 67 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal. Das imediatas, 54 são para cargos com exigência de nível superior, 8 para quem possui ensino médio com formação técnica e 5 para ensino fundamental. As remunerações iniciais variam de R$ 840,99 a R$ 5.478,12, com jornadas de trabalho de 20 a 36 horas semanais.

No momento, a instituição está em fase de escolha da empresa ou fundação organizadora, que está sendo feita por meio de pregão eletrônico.  A expectativa é de que a escolhida seja anunciada nos próximos dias, para que possa ser definida a data de publicação do edital.

Quem possui ensino fundamental poderá concorrer aos cargos de agente administrativo II (3 vagas e inicial de R$ 1.086,88), atendente de nutrição (cadastro e R$ 840,99) e cozinheiro (2, R$ 944,37). Para ensino médio,  o concurso será para formar cadastro para o cargo de agente administrativo  III, com inicial de R$ 1.383.64.

No caso de ensino médio com formação técnica, as opções são para eletrotécnico (2, R$ 1.580,02), técnico em contabilidade (1, R$ 1.580,02), técnico em eletrônica (2, R$ 1.580,02), técnico em enfermagem (2, R$ 1.590,43), técnico em informática (2, R$ 1.580,02), técnico em nutrição (cadastro, R$ 1.580,02), técnico em segurança do trabalho (1, R$ 1.580,02), técnico gessista (cadastro, R$ 1.580,02) e técnico de refrigeração e climatização (cadastro, R$ 1.580,02).

Finalmente, as vagas para nível superior serão para enfermeiro (cadastro, R$ 2.987,27), farmacêutico (cadastro, R$ 2.987,27), nutricionista (cadastro, R$ 2.987,27), procurador jurídico (cadastro, R$ 3.448,75), psicólogo (cadastro, R$ 2.987,27), terapeuta ocupacional (cadastro, R$ 2.987,27), administrador hospitalar (cadastro,  R$ 3.448,75), assistente social (cadastro, R$ 2.987,27), contador (cadastro, R$ 2.987,27), anestesiologista (12, R$ 5.478,12), emergencista (7, R$ 5.478,12), intensivista (3, R$ 5.478,12), pediatra socorrista (1, R$ 5.478,12), socorrista (3, R$ 5.478,12), traumatologista (4, R$ 5.478,12), cardiologista (cadastro, R$ 4.138,50), cirurgião assistente (cadastro, R$ 4.138,50), cirurgião torácico (1, R$ 4.138,50), cirurgião traumatologista (2, R$ 4.138,50), cirurgião urologista (2, R$ 4.138,50), cirurgião vascular (2, R$ 4.138,50), clínico geral assistente (4, R$ 4.138,50), gastroenterologista (2, R$ 4.138,50), intensivista assistente (1, R$ 4.138,50), neurocirurgião (cadastro, R$ 4.138,50), neurologista (3, R$ 4.138,50), ginecologista (2, R$ 4.138,50), odonto cirurgião buço-maxilo (cadastro, R$ 4.138,50), pediatra assistente (4, R$ 4.138,50) e pneumologista (1, R$4.138,50).

As taxas serão de R$ 24,93 para cargos com exigência de ensino fundamental, R$ 80,33 para ensino médio e com formação técnica e R$ 94,18 para nível superior.

O concurso contará com provas objetivas e análise de títulos. Para os médicos, a prova contará com questões sobre língua portuguesa (10) , informática (5), legislação (10), medicina geral (5) e especialidade (10). Para os demais cargos de nível superior, língua portuguesa (10), legislação (5), informática (5) e conhecimentos específicos (20). No caso de nível técnico, língua portuguesa (10), legislação (5), informática (5) e conhecimentos específicos (20).  Somente para agente administrativo, os temas serão sobre língua portuguesa (15), legislação (15) e informática (10) e para cozinheiro, língua portuguesa (15), legislação (15) e matemática (10).

As contratações serão feitas de acordo com o regime estatutário, de acordo com as necessidades, durante o prazo de validade do concurso, que será de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período.      

Comentários

Mais Lidas