Tudo Sobre

Empregos Ministério da Saúde

Ministério da Saúde altera distribuição de vagas

Continua mantida a oferta de 185 vagas para o Distrito Federal, mas a distribuição por órgãos foi alterada. Nível superior e inicias de até R$ 5.879



Fernando Cezar Alves
Publicado em 28/05/2014, às 11h00

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) divulgou, nesta quarta-feira, dia 28, a portaria 166, que altera a distribuição de vagas pelas respectivas secretarias no concurso que será realizado pelo Ministério da Saúde, para preenchimento de 185 vagas para o cargo de tecnologista, autorizado pelo MPOG em 22 de abril.

Das 185 vagas, as 80 destinadas para a Secretaria de Atenção à Saúde ficam mantidas. Porém, a Secretaria de Vigilância em Saúde, que contava com 41, passa a contar com 64; e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, que contava com 64, passa a contar com 41.

A lotação de vagas será somente para Brasília.

De acordo com a assessoria de imprensa do ministério, a comissão responsável pelo concurso já iniciou o processo de definição do cronograma. A expectativa é de que isto seja encerrado no decorrer de junho, quando poderá ser anunciada alguma previsão de quando o edital poderá ser publicado. Também está sendo iniciado o processo de escolha da empresa ou fundação organizadora.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir curso de nível superior e a remuneração inicial da carreira é de R$ 5.879,56, sendo R$ 5.506,56 de salário e R$ 373 de auxílio-alimentação.

Além disso, os servidores contarão com adicional de titulação, que pode variar de R$ 822 para quem possui curso de especialização a R$ 3.199 para doutorado. Com isto, as remunerações podem chegar a R$ 9.078,56.

De acordo com a autorização, o órgão possui um limite  de seis meses para a liberação do edital, o que deve ocorrer, no mais tardar, até outubro. Porém, segundo a assessoria, o Ministério tem pressa em realizar o concurso e a intenção é de que a liberação ocorra antes.

O concurso tem como objetivo substituir pessoal terceirizado e consultores contratados por meio de organismos internacionais.

Estudos – Quem pretende já iniciar a preparação pode ter como base o edital do concurso para tecnologista em saúde pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em andamento. No caso,  a organizadora é a Fundação Dom Cintra e a seleção está sendo feita por meio de provas objetivas, exames discursivos e análise de títulos e currículo. A parte objetiva contou com 50 ou 60 questões (variando de acordo com a área de atuação), sobre conhecimentos específicos da área de conhecimentos específicos do respectivo perfil. Já a parte discursiva contou com um questão, de acordo com o conteúdo programático.  

APOSTILAS PARA CONCURSOS - CLIQUE AQUI. 

+ Resumo Empregos Ministério da Saúde

Ministério da Saúde
Vagas: 185
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Tecnologista
Áreas de Atuação: Saúde
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: DF

+ Agenda

28/05/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas