Principais órgãos preencherão quase 15 mil vagas em SP

Iamspe, Guarda Civil, Polícia Civil, MP/SP, Secretaria de Administração Penitenciária, TRE/SP e Secretaria de Educação preparam novos concursos.

Redação
Publicado em 30/05/2011, às 11h36

Nos próximos meses os paulistas poderão concorrer a aproximadamente 15 mil vagas nos principais concursos que estão previstos para serem lançados em todo o Estado. São oportunidades para todos os níveis de escolaridade, nas áreas da saúde, educação, jurídica, segurança pública e operacional.

O Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) foi autorizado a preencher 495 postos para profissionais da área da saúde.

Já a Guarda Civil Metropolitana deverá divulgar no segundo semestre um novo edital para preencher 1.742 vagas de guarda, de ambos os sexos.

O Ministério Público do Estado já deu início aos preparativos para lançar dois concursos que somam 168 oportunidades para a capital, Grande São Paulo, litoral e interior.

Na Secretaria de Administração Penitenciária(SAP/SP)) a expectativa é pelo aval das 260 vagas solicitadas ao governador e pela liberação das 161 já autorizadas.

A espera pode terminar na primeira quinzena de junho para os que desejam ingressar na Polícia Civil, já que foi dado novo prazo para a publicação do edital de agente de telecomunicações, aguardado desde o início do ano.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SP) é outro órgão que já trabalha para definir as áreas e quantidade de vagas que terá de repor em se quadro de pessoal. É certo que a seleção abrangerá os cargos de técnico e analista judiciário, com vencimentos de R$ 3.993 e R$ 6.551, respectivamente.

Por fim, a Secretaria de Educação é a que tem maior demanda de servidores. São 10 mil vagas para agente de organização escolar (nível fundamental) que serão criadas através de um projeto lei a ser votado pela Assembleia Legislativa. Outras 1.448 já têm autorização de abertura, para os cargos de oficial administrativo (nível médio) e executivo público (superior).

Confira os detalhes na edição 1591, que está nas bancas.

Comentários

Mais Lidas