Candidatos a procurador são convocados para provas

A Advocacia Geral da União oferece 111 vagas mais formação de cadastro reserva para o cargo de procurador federal de 2ª categoria em todo o país.

Redação
Publicado em 23/03/2010, às 11h17

A Advocacia Geral da União (AGU) divulgou a convocação para as provas referente ao concurso destinado a preencher 111 vagas mais formação de cadastro reserva para o cargo de procurador federal de 2ª categoria em todo o país. O salário inicial da carreira é de R$ 14.549,53.

A prova objetiva será realizada no dia 27 de março no turno da tarde (14h30), e terá questões de direito administrativo, constitucional, econômico e financeiro, tributário, agrário, ambiental, civil, comercial, do trabalho e processual do trabalho, internacional público, penal e processual penal, processual civil, legislação sobre ensino e seguridade social. No dia seguinte serão aplicadas as provas discursivas nos turnos da manhã e tarde. Os candidatos ainda serão submetidos à prova oral e avaliação de títulos.

A prova objetiva (P1) terá a duração de 5h e será aplicada neste sábado, 27 de março, no período da tarde. Já a prova discursiva (P2) terá duração de 4h e será realizada no domingo, 28 de março, no turno da manhã (8h), e a prova discursiva P3 também com duração de 4h será aplicada no mesmo dia, no turno da tarde (14h30).

A avaliação objetiva, as provas discursivas e a entrega dos títulos serão realizadas nas capitais dos 26 Estados da Federação e no Distrito Federal. A prova oral, a perícia médica dos candidatos que se declararem portadores de deficiência e o programa de formação serão realizados exclusivamente em Brasília/DF, com todas as despesas as expensas do candidato.

Confira o seu local de avaliação no anexo ao lado.

De acordo com a Advocacia Geral da União, o número total de candidatos inscritos chegou a 24.117, gerando uma concorrência de 217,27 candidatos por vaga.

Para concorrer, foi exigido dos candidatos ter curso superior completo em direito, ter registro na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e pelo menos dois anos de prática forense. A Procuradoria-Geral Federal distribuirá as vagas de acordo com os critérios de conveniência do órgão e classificação dos candidatos.


Juliana Dondo

Veja também:

Caixa Econômica Federal: inscrições abertas a salários de até R$ 6.571

DATAPREV: concurso seleciona para cadastro em todo país

Em vídeo: professor dá dicas para garantir a aprovação

Comentários

Mais Lidas