É preciso coragem para mudar

Por causa de todo o trabalho, conheço pessoas que não gostam muito de mudar. Elas preferem ficar no mesmo lugar a vida toda só para não ter o trabalho de mudar. Para mudar é preciso ter coragem!

Daniel Sena
Publicado em 23/09/2015, às 11h58

Recentemente eu passei por uma grande mudança de casa. Se você já mudou de casa deve se lembrar o trabalho que dá. Tem que encaixotar todas as coisas, desmontar móveis, embalar com muito cuidado as coisas que podem ser quebradas durante o transporte. Por causa de todo esse trabalho, conheço pessoas que não gostam muito de mudar. Elas preferem ficar no mesmo lugar a vida toda só para não ter o trabalho de mudar. Para mudar é preciso ter coragem!
Trazendo essa reflexão para as outras áreas da nossa vida, vejo como essa análise se encaixa perfeitamente. Naturalmente temos medo das mudanças. Toda mudança requer trabalho e normalmente preferimos o conforto das coisas como estão ou como sempre foram. 
Imagine essa análise em relação aos seus estudos. Você pode nunca ter estudado na vida. Pode ter sido um estudante medíocre na escola, com notas que davam só para passar. Você sai da escola ou da faculdade e percebe que as oportunidades profissionais não estão dando muito certo. Você, então, resolve estudar para concurso público com a esperança de ter uma solução definitiva para a sua vida profissional. Só que para passar no concurso você terá que enfrentar uma prova que a cada dia está mais difícil e com mais gente preparada concorrendo. E aí você continua estudando do mesmo jeito que estudou a vida toda, ou seja, de forma medíocre, de qualquer jeito, mais ou menos. Você tenta algumas provas e não obtém êxito em nenhuma delas, obviamente. Em vez de mudar sua forma de estudar, acaba desistindo de fazer concurso por achar muito difícil. Você conhece alguém que já agiu dessa forma?
Ou então podemos aplicar essa análise no casamento. Cada indivíduo tem seus hábitos que foram adquiridos ao longo de toda uma vida. Aí ele resolve casar e, ao conviver com o companheiro, experimenta o choque entre a sua vontade e a vontade do outro. Os hábitos de um se colidem com os do outro e começam as brigas que resultam nas crises que parecem nunca acabar. Tudo porque um não quis mudar ou abrir mão dos seus hábitos para melhorar a convivência. 
Não sei se você percebeu o ponto em comum dessas duas situações do nosso dia a dia. São duas situações completamente diferentes, mas que retratam o mesmo problema. Temos medo de mudança.  Temos medo do trabalho que dá. Temos medo de dizer para os outros que não seremos mais o mesmo. Temos medo de descobrir tudo o que existe dentro de nós. Temos medo de quebrar alguma coisa importante. Temos medo de encontrar lixo no meio das coisas. Temos medo de jogar fora o que não se usa mais. Temos medo de ter que desmontar e montar tudo de novo. E se não gostar do novo? E se não der certo? 
Esses medos comuns do ser humano causam um efeito paralisante em nossa vida. Ter medo do novo é abrir mão de conhecer algo que pode transformar sua vida. E se for melhor? Como saber se é melhor se você não experimentar? 
Posso garantir para vocês uma coisa: mesmo depois de toda a bagunça, do trabalho que a minha mudança deu, estou me sentindo muito feliz na casa nova. Demorei três dias para arrumar todas as coisas, mas o resultado foi melhor do que o esperado. E essa é a grande beleza da mudança. Ela te abre para uma nova oportunidade. Ela te abre para uma nova perspectiva. Quem se permite mudar experimenta novos caminhos que poderão resultar em uma vida mais plena e feliz. Quem não se permite mudar, jamais descobrirá toda a excelência do seu ser. Quem não se permite mudar fecha novas portas, não encontra novos desafios. Tenha coragem para mudar! Arrisque experimentar uma nova vida. Jogue fora as coisas que não prestam mais. Desmonte e monte novamente. Compre coisas novas. Descubra um lado novo que está em você. Arrisque-se para conhecer uma nova versão de você mesmo. 
Toda mudança vem acompanhada de novas oportunidades e são elas que renovarão a sua esperança de que o dia de amanhã poderá ser melhor do que os dias que passaram. Então tenha coragem e mude hoje mesmo!
Daniel Sena, professor de direito constitucional e especialista em concursos públicos. Facebook: /ProfDanielSena. Twitter: @ProfDanielSena. YouTube: ProfDanielSena.

Comentários

Mais Lidas