Tudo Sobre

Concurso Prefeitura

Embu das Artes divulga edital com 17 oportunidades

O concurso da Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes conta com vagas para coordenador de núcleo, educador social e coordenador social – pedagógico. Os salários chegam a R$ 2,4 mil



Renan Abbade
Publicado em 01/07/2015, às 14h41

Na Grande São Paulo, a cerca de 34 km da capital, a Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes realiza as inscrições do concurso público que vai preencher 17 vagas em três cargos de nível superior na área da educação.

Quem se formou em arte, educação física ou pedagogia pode se inscrever para coordenador de núcleo (4). Aqueles que estão cursando essas áreas têm como opção o posto de educador social (12).

Já os interessados formados em educação física ou pedagogia optam pela carreira de coordenador social – pedagógico (1).

Os salários são de R$ 2.400 (40 horas semanais) para os coordenadores e de R$ 750 (20 horas) para educador.

Inscrições no concurso


Para participar do concurso da Prefeitura de Embu das Artes é necessário se inscrever até as 22h do dia 30 de julho pelo endereço eletrônico www.zambini.org.br.

Os valores das taxas de inscrição são de R$ 32,80 (educador) e R$ 75,80 (coordenadores).

Avaliações


Com duração de duas horas, as provas objetivas do concurso da Prefeitura de Embu das Artes serão aplicadas no dia 30 de agosto.

A classificação final está prevista para ser divulgada a partir de 4 de setembro.

Atribuições dos cargos


Coordenador social – pedagógico: Coordenar todas as ações de planejamento após a celebração do convênio (execução), monitoramento e avaliação das ações do programa, a serem realizadas participativamente, com apoio do grupo gestor; coordenar a organização das diversas etapas do processo de formação; organizar e coordenar o grupo gestor; realizar reuniões regulares com os coordenadores de núcleos e demais agentes sob sua responsabilidade; organizar, com os demais agentes do processo, as inscrições, o planejamento geral das atividades sistemáticas (oficinas) e assistemáticas (eventos), zelando pelo controle de frequência da equipe; monitorar cumprimento de tarefas e horários dos coordenadores de núcleo; elaborar conjuntamente com demais coordenadores de núcleo, se houver, e com o coordenador, os relatórios de execução do convênio; envolver a entidade de controle social nas ações do programa; socializar dados e informações; planejar as ações de divulgação do programa em consonância com o estabelecido com o planejamento pedagógico; dialogar constantemente com o coordenador do convênio, acompanhando o seu cumprimento.

Coordenador de núcleo: Coordenar todas as atividades sistemáticas (oficinas) e assistemáticas (eventos) do núcleo sob sua responsabilidade, planejando-as coletivamente; organizar as inscrições, o controle de presença, analisando sistematicamente o planejamento dos agentes e os dados, adotando as medidas necessárias para os ajustes, quando necessário; planejar a grade horária, bem como o banco de horas dos agentes sociais; promover e participar das reuniões semanais com os agentes e outras lideranças do seu grupo, para estudo, planejamento e avaliação das ações; identificar, junto à comunidade, quais são os determinantes sociais de saúde que mais interferem nas condições de saúde da população beneficiada; encaminhar ao coordenador geral e ao grupo gestor as demandas advindas do seu núcleo; participar de todas as reuniões agendadas pelo coordenador geral.

Educador social: Atuar no apoio às atividades esportivas e de lazer, sob orientação e condução do profissional responsável pelo núcleo; elaboração e execução das ações pretendidas, pautadas no princípio da gestão participativa; devem compor o quadro interdisciplinar e multiprofissional para a construção e intervenção dos saberes populares e saberes acadêmicos, a fim de tratar o lazer e esporte como direitos sociais; conhecimento sobre o processo de envelhecimento e experiência suficiente sobre as atividades que serão desenvolvidas com os participantes; ser paciente e sensível ao processo de envelhecimento; gostar de atividades com o público alvo do programa; recomenda-se que os agentes que atuarão diretamente com as atividades físico-esportivas sejam professores e/ou estudantes de arte, educação física ou pedagogia, que já desenvolvem essas atividades (capoeiristas, bailarinos, artistas plásticos, músicos, atores etc).

+ Resumo do Concurso Prefeitura

Prefeitura
Vagas: 17
Taxa de inscrição: R$ 32,80 e R$ 75,80
Cargos: Educador Social, Coordenador de Nucleo, Coordenador Social
Áreas de Atuação: Administrativa, Educação
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 750,00 Até R$ 2400,00
Organizadora: Zambini
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

29/06/2015 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
30/07/2015 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
30/08/2015 Prova Adicionar no Google Agenda
04/09/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas