Dicas de língua portuguesa

Método Vunesp x método Cespe

A avaliação em língua portuguesa atende a aspectos gerais da atualidade ou algum tema pertinente ao conteúdo programático listado no edital de acordo com a área para a qual se presta o concurso.

0,00(0.0%)0 voto(s)

Redação
Publicado em 10/10/2014, às 15h30

Sandra Ceraldi

Vunesp – A Fundação Vunesp é uma organizadora de provas e concursos bastante respeitada e reconhecida pelo fácil entendimento do conteúdo e por apresentar questões bem elaboradas. As seleções realizadas porela abrangem testes de múltipla escolha e apresentam questões com grau de dificuldade médio, apesar de também terem questões fáceis e difíceis.

Os questionamentos são direcionados ao conteúdo programático de cada concurso. Dessa forma, há necessidade do candidato dar maior atenção ao conteúdo programático que consta no edital do seu concurso e não se ater apenas aos tópicos principais.

Em língua portuguesa, nos textos que a fundação propõe, constam todas as modalidades textuais, inclusive a inserção de charges, quadrinhos, narrativas, descrições e dissertações-argumentativas.  Desse conteúdo, que são ganchos principais, extraem-se todas as questões de ordem gramatical e lexical, e os candidatos têm de saber muito bem toda a gramática para poder interpretar o texto e acertar as questões formuladas a partir daquele contexto apresentado.

Cespe – Em se tratando de concursos elaborados pelo Cespe/UnB (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília), a organizadora criou um modelo de provas temido pelos candidatos. As avaliações são bem elaboradas e fogem do padrão comum, que valoriza questões de múltipla escolha ou testes. O critério utilizado pelo Cespe é o de uma questão errada anular uma correta, ou seja, cada erro cometido anula um acerto no cálculo final.

O procedimento de avaliação visa à seleção de candidatos com melhor capacidade de analisar, interpretar e responder a partir do conteúdo programático estudado, por isso há vários textos com tipologia alternada (recortes de jornais, revistas, internet, entre outros). Há também conteúdo sociológico, filosófico, político e atual, cujas questões são extraídas desses textos que dispõem sobre interpretação e raciocínio lógico, além de aspectos gramaticais de toda ordem. A coesão e coerência são questionamentos clássicos dessa organizadora e o candidato deve prestar atenção à micro e à macroestrutura textual.

A avaliação em língua portuguesa atende a aspectos gerais da atualidade ou algum tema pertinente ao conteúdo programático listado no edital de acordo com a área para a qual se presta o concurso.

Professora Sandra Ceraldi Carrasco éconsultora, especialista em língua portuguesa e autora de livros e periódicos na área. Há mais de 20 anos ministra cursos e palestras com índice recorde de aprovação. Seu mais recente trabalho aborda de forma prática o Acordo Ortográfico. Atualmente é coordenadora de cursos e professora de redação oficial da Academia de Polícia de São Paulo. Contato: professora.sandracarrasco@uol.com.br.

APOSTILA PARA CONCURSOS - CLIQUE AQUI.

Comentários

Mais Lidas