ONG de Raí na luta pela empregabilidade juvenil

Cobrança no terceiro setor para aplicação da Lei da Aprendizagem.

Redação
Publicado em 25/02/2010, às 13h30

A ONG Atletas pela Cidadania, fundada pelo ex-jogador de futebol Raí de Oliveira, vem atuando no terceiro setor desde 2007 para o cumprimento da lei nº 10.097/2000, que aponta a obrigatoriedade das empresas na contratação de jovens entre 14 e 24 anos.

Nesta matéria em vídeo, a coordenadora executiva da organização Daniela Castro, comentou sobre um projeto de lei neste âmbito: “Se conseguíssemos aprovação, um grande número de jovens seria beneficiado.”

O atleta Raí, em nota da assessoria de imprensa, completa: “O projeto está na Casa Civil e faço aqui meu apelo para que ele seja encaminhado com urgência, ainda este mês. Se for aprovado, serão geradas aproximadamente 400 mil vagas, já que as administrações de municípios, estados e o governo federal poderão contratar jovens aprendizes, principalmente os que estão em maior vulnerabilidade social”, explica Raí.

O fato está na defesa da ONG para que o projeto de lei seja aprovado e se enquadre como um facilitador na contratação de jovens aprendizes, principalmente pela administração pública.  

Renato Daidone

Veja também:

Em vídeo:Você está preparado para o mercado de trabalho?

Em vídeo: Tenho tatuagem e nome sujo. Posso prestar concurso?

Banco do Brasil:Inscrições abertas para vagas de escriturário

Comentários

Mais Lidas