Polícia Federal: cresce expectativa por concursos

A demanda por profissionais e o lançamento do Plano Estratégico de Fronteiras, indicam a urgência com que o Planejamento precisa dar o aval para os concursos.

Redação
Publicado em 13/06/2011, às 12h54

Os pedidos referentes à abertura de 1.352 vagas na Polícia Federal (PF) tramitam no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) desde outubro do ano passado. A demanda por profissionais e o lançamento do Plano Estratégico de Fronteiras, indicam a urgência com que o Planejamento precisa dar o aval para os concursos.
Lançado no último dia 8, o plano prevê “uma série de operações integradas entre as Forças Armadas e os órgãos de segurança pública federais para prevenir e reprimir ilícitos transnacionais”. As ações terão a participação da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, do Exército, da Marinha, da Aeronáutica, da Secretaria Nacional de Segurança Pública e da Força Nacional de Segurança Pública. Dessa maneira, as seleções para as 1.352 oportunidades tornam-se ainda mais necessárias.
O Ministério da Justiça já anunciou que serão priorizados os concursos da PF e da PRF – e que os contratados deverão atuar, primeiramente, nas fronteiras.
Do total de vagas solicitadas, 396 contemplarão a carreira de agente de polícia, 362 a de escrivão e 116 a de papiloscopista, todas com exigência de nível superior completo em qualquer área. O salário previsto para quem ocupar essas funções atingirá os R$ 7.514,33.
O posto de delegado, que tem como requisito o nível superior completo em direito, poderá contar com 150 ofertas; nesta categoria, o vencimento previsto corresponderá a R$ 13.368,68.As 328 oportunidades restantes serão para agente administrativo (nível médio). A quantia paga a quem exerce esta atividade atualmente não foi especificada, mas é possível ter uma ideia com base na tabela de remuneração dos servidores federais de 2010, cujo valor era de R$ 2.988,44, já com as gratificações. Em São Paulo, o Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) pretende lançar ainda este ano, concurso com mais de 400 vagas em cargos da área da saúde; e a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) foi autorizada a realizar seleção para mais 95 postos, além das 161 oportunidades já liberadas pelo governador Geraldo Alckmin. Entre as funções contempladas estão as de motorista, nutricionista, auxiliar de enfermagem, assistente social, entre outras.
Mais detalhes sobre esses e outros concursos programados você confere na edição 1594 que está nas bancas. Boa leitura!

Comentários

Mais Lidas