Novas provas do INSS serão no dia 8/12, segundo FUNRIO

Todos os candidatos das carreiras envolvidas estão convocados. Novas provas serão realizadas em 8 de dezembro, somente para quem compareceu às avaliações do dia 13 de outubro

George Corrêa
Publicado em 24/10/2013, às 15h36

A Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (FUNRIO), que organiza o concurso para 300 vagas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), afirma que serão reaplicadas as provas aos candidatos prejudicados por problemas ocorridos em alguns locais de aplicação e carreiras específicas, no último dia 13.

Serão convocados todos os concorrentes às funções abaixo, inclusive nas superintendências onde não foram constatados problemas, isso porque nas regiões envolvidas existem candidatos concorrendo aos postos de outras superintendências. As novas avaliações acontecem no dia 8 de dezembro.


PACOTE DE ESTUDOS INSS - CLIQUE AQUI

De acordo com a instituição, foram encontradas “inconsistências técnicas” nas provas das formações em tecnologia da informação (TEINF), fisioterapia (FISIO), engenharia civil (CIVIL) e administração (ADMIN), então estas serão reaplicadas. Entre os problemas relatados pelos candidatos e confirmados pela FUNRIO, estão a insuficiência de cadernos de provas no Colégio Paulino de Brito, em Belém/PA, para os candidatos a tecnologia da informação; no Colégio Objetivo, bloco Único, 3º andar, sala 3º A, em Juazeiro do Norte/CE, para fisioterapia; no Colégio Estadual Polivalente Frei João Batista, bloco B, andar térreo, sala 14, em Anápolis/GO, para engenharia civil; e aplicação de prova de outra formação no Colégio Darcy Ribeiro, bloco A, andar 1, sala 7, em Governador Valadares/MG, para formação em Administração.

Todas foram anuladas. Apenas os candidatos que compareceram à prova do dia 13 de outubro é que serão convocados ao novo exame. O objetivo com tudo isso, de acordo com a instituição, é garantir a isonomia entre os candidatos. O novo cronograma será divulgado no site www.funrio.org.br a partir do dia 28 de outubro.


Os convocados podem solicitar a alteração da cidade onde desejam fazer a prova. Para tanto, devem encaminhar e-mail para concurso.inss@funrio.org.br, escrevendo no campo do assunto: "solicitação de alteração da cidade de prova". Devem ser informados o nome, o número de inscrição, a identidade, o CPF e a cidade onde pretende fazer o exame.

O candidato que não quiser realizar a nova prova pode solicitar a devolução da taxa de inscrição encaminhando um e-mail, de acordo com a formação, para os endereços: devolucaotaxa.admin@funrio.org.br, devolucaotaxa.civil@funrio.org.br, devolucaotaxa.teinf@funrio.org.br  ou devolucaotaxa.fisio@funrio.org.br.

É necessário informar o nome, nº de inscrição, identidade, CPF e dados bancários para depósito (banco, conta corrente e agência), exceto conta poupança.

Problemas

Segundo a Polícia Federal, o problema atingiu cerca de 50 candidatos em Juazeiro do Norte. Logo depois de entrar na sala, os candidatos a fisioterapeuta foram surpreendidos com a informação de que não havia provas para todo mundo. O fiscal chegou a mostrar o envelope lacrado, mas ao abrir foi constatado o erro.

Além disso, a distribuição dos exames aconteceu com quase uma hora e meia de atraso, segundo os candidatos. O coordenador de provas foi chamado ao local, conseguiu mais provas, mas também foram insuficientes. Chegou a tirar xerox das avaliações, mas foi avisado pela FUNRIO de que o exame não aconteceria.

Já em Anápolis, aproximadamente 30 inscritos na área de informática, que realizavam prova na escola Polivalente Frei João Batista, acionaram a Polícia Militar depois de constatarem que as provas que estavam dentro do envelope eram, na verdade, para o cargo de telecomunicações.

A prova correta teria chegado mais tarde, via e-mail, para ser impressa no local. Mas a solução não foi aceita pelos concursandos, que passaram a duvidar da isonomia no processo. Além disso, alguns participantes também relataram que receberam o endereço de aplicação errado.

O processo seletivo contou com 164.209 mil candidatos inscritos e exames aplicados em 98 diferentes municípios brasileiros.

Texto atualizado às 10h10 do dia 25/10/2013

Comentários

Mais Lidas