Prova do INSS será reaplicada para todos os candidatos

Devido a essa abertura, o exame, que seria reaplicado em 9 de fevereiro, foi remarcado para 9 de março

Leandro Cesaroni
Publicado em 02/01/2014, às 15h10

A Funrio informou que, acatando sugestão do MPF, permitirá que todos os candidatos a analista inscritos no concurso de 300 vagas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) participem da reaplicação da prova objetiva.
Devido a essa abertura, o exame, que seria reaplicado em 9 de fevereiro, foi remarcado para 9 de março, no turno da tarde.
Ainda por conta da mudança, a Funrio informou que está desconsiderando todos os pedidos de devolução da taxa de inscrição feitos até então. A partir de agora, poderão solicitar a devolução da taxa aqueles que realizaram a prova no dia 13 de outubro mas não desejam participar da reaplicação da avaliação. Os pedidos poderão ser feitos até 10 de janeiro - confira mais informações no anexo ao lado.
A convocação para a reaplicação da prova objetiva está prevista para sair a partir de 18 de fevereiro.
Entenda o caso Única etapa do processo seletivo, as provas com questões de língua portuguesa, noções de direito previdenciário, noções de direito administrativo e conhecimentos específicos serão reaplicadas devido a “inconsistências técnicas” nos exames para as formações em tecnologia da informação (TEINF), fisioterapia (FISIO), engenharia civil (CIVIL) e administração (ADMIN) Entre os problemas relatados pelos candidatos e confirmados pela Funrio estão a insuficiência de cadernos de provas no Colégio Paulino de Brito, em Belém (PA), para os candidatos a tecnologia da informação; no Colégio Objetivo, bloco Único, 3º andar, sala 3º A, em Juazeiro do Norte (CE), para fisioterapia; no Colégio Estadual Polivalente Frei João Batista, bloco B, andar térreo, sala 14, em Anápolis (GO), para engenharia civil; e aplicação de prova de outra formação no Colégio Darcy Ribeiro, bloco A, andar 1, sala 7, em Governador Valadares (MG), para formação em administração. ConcursoAo todo, 164.209 pessoas se inscreveram para ocupar a carreira de analista. A disputa está mais acirrada em Brasília/DF (11.830), São Paulo/SP (8.999), Belo Horizonte/MG (6.520) e Recife/PE (6.040). Por outro lado, Tefé/AM (51), Diamantina/MG (269), Ouro Preto/MG (328) e Canoas/RS (344) registraram os menores números de participantes.
O emprego público, de nível superior, abrange as áreas de estatística; ciências contábeis; direito; administração; engenharia civil, mecânica, elétrica, de telecomunicações e com especialização em segurança do trabalho; arquitetura; tecnologia da informação; terapia ocupacional; pedagogia; psicologia; jornalismo; publicidade e propaganda; fisioterapia; e letras. Os postos de trabalho estão distribuídos pelas superintendências regionais Sudeste I - São Paulo; Sudeste II - Belo Horizonte; Sul - Florianópolis; Nordeste - Recife; Norte Centro-Oeste - Brasília; e Central - Brasília.
São pagos R$ 7.147,12 de remuneração mensal, compostos por R$ 788,51 de vencimento básico, R$ 1.261,61 de gratificação de atividade executiva, R$ 4.724 de gratificação de desempenho de atividade do seguro social e R$ 373 de auxílio alimentação.
APOSTILAS ESPECÍFICAS INSS - CLIQUE AQUI.

Comentários

Mais Lidas