Tudo Sobre

Empregos Secretaria de Saúde

Saúde/SP: concursos devem abrir 6.922 vagas em 2015

Primeiro edital de concurso, com vagas para a Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD/SP), deve sair sair em maio. Oportunidades serão para profissionais de todos os níveis escolares



Fernando Cezar Alves e Camila de Lira
Publicado em 06/04/2015, às 10h48

Quem pretende ingressar no funcionalismo público em São Paulo, na área de Saúde, poderá contar com ótimas oportunidades em 2015. Acontece que a Secretaria Estadual de Saúde (SES/SP) conta com nada menos que 6.922 vagas previstas para este ano, entre concursos já em fase de preparação e aguardando autorização. Do total de oportunidades, 723 são para cargos de ensino fundamental, 3.014 para ensino médio e 3.185 para nível superior.

Ao todo, o órgão conta com dois concursos já em fase de elaboração de editais, para a Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD) e para cargos administrativos e operacionais que, somados, contam com 171 vagas. O primeiro, inclusive, já possui data prevista para publicação de seus editais. Além disso, a SES/SP aguarda parecer da Secretaria Estadual de Gestão (SGP/SP) para autorização de preenchimento de mais 6.751 postos, ainda este ano.

CCD


O primeiro concurso será para a Coordenadoria de Controle de Doenças. Neste caso serão oferecidas 125 vagas, sendo 70 para cargos com exigência de nível superior, 43 para ensino médio e 12 para quem concluiu o ensino fundamental, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.144 a R$ 13.900.

Prepare-se para o concurso da Secretaria da Saúde

Vídeoaulas para Secretaria da Saúde
Provas Anteriores da Secretaria da Saúde



De acordo com a presidente da comissão do concurso, Silene Sales Silva Santana, a publicação dos editais de abertura de inscrições deve ocorrer, no mais tardar, até 12 de maio. “Nesta data, expira o prazo de validade da autorização governamental. Então estamos acelerando o processo para que possamos iniciar o concurso o quanto antes”, diz. “Os editais já estão prontos e sendo encaminhados para a aprovação, por parte da unidade central de recursos humanos do governo do estado”, diz. O certame já está autorizado pelo governador Geraldo Alckmin e, no último dia 27 de março, foi publicada, em diário oficial, a contratação da banca organizadora, que será o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Das 70 vagas para nível superior, 36 serão para o cargo de médico.  Segundo a presidente da comissão, estas oportunidades serão para diversos hospitais, com jornada de trabalho variável de acordo com o local de exercício. Neste caso, para a jornada parcial de trabalho, de 20 horas semanais, o inicial é de R$ 4.325 com 50% do prêmio de produtividade médica (PPM) e R$ 6.000 para 100% do PPM. Para jornada de 24 horas, os valores sobem, respectivamente, para R$ 5.190 e R$ 7.200. Por fim, com jornada integral, de 40 horas semanais, os iniciais passam a ser de R$ 10.550 com 50% do PPM e R$ 13.900 para 100%.

Das demais vagas de nível superior, oito serão para o cargo de médico veterinário (com iniciais de 2.551,18 para 50% do prêmio de incentivo (PIN) e R$ 3.226,18, com 100%), 21 para  enfermeiros (com iniciais de R$ 2.339,83 com 50% do PIN e R$ 3.214,83 para 100%), uma para agente técnico de assistência à saúde – nutricionista, uma para  agente técnico de assistência  à saúde – biologista, uma de agente técnico de assistência à saúde – farmacêutico, uma de agente técnico de assistência à saúde – químico e uma de agente técnico de assistência à saúde – físico, todos com inicial de R$ 1.928,02 com 50% do PIN e R$ 2.587,02 para 100%.

Para ensino médio, o concurso contará com 17 vagas para o cargo de técnico de enfermagem, com inicial de R$ 1.340,24 para 50% do PIN e R$ 1.651,74 para 100%; e 26 para o cargo de oficial de saúde, com R$ 1.209,50 com 50% e R$ 1.491, para 100%.

Por fim, para ensino fundamental, serão oferecidas 12 oportunidades para o cargo de auxiliar de saúde, com inicial de R$ 1.144, com 50% do PIN e R$ 1.360 para 100%.

O CCD é um órgão da Secretaria Estadual da Saúde, responsável pelo planejamento das ações que proporcionam o conhecimento, a detecção e a prevenção de quaisquer mudanças nos fatores determinantes do processo de saúde individual e coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar medidas de prevenção e controle de doenças e agravos.

Áreas administrativa e operacional


Além do concurso para a Coordenadoria de Controle de Doenças, a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo  também está preparando um novo processo seletivo para cargos nas áreas administrativa e operacional. O certame vai contemplar, pelo menos, 46 vagas para os postos de oficial administrativo e oficial operacional/motorista, carreiras de nível médio que pagam R$ 1.432 mensais.

Previsto para ser publicado em março, o edital do certame está sendo revisto a pedido da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado de São Paulo. Segundo a SES/SP, o documento está sendo reanalisado levando em conta as novas diretrizes de economia de gastos do Planejamento. Com isso, a publicação do concurso foi adiada para os próximos meses.

A demanda por profissionais da área administrativa é grande na SES/SP. Não é à toa que o processo do concurso está tramitando desde outubro do ano passado. O concurso já conta, até mesmo, com uma banca organizadora, o Instituto Novo Rumo. A perspectiva da SES/SP é que o edital saia ainda no primeiro semestre deste ano.

Autorização


A Secretaria Estadual de Saúde também aguarda um parecer da Secretaria Estadual de Gestão Pública sobre pedido de autorização para o preenchimento de 6.751 vagas, sendo 711 para cargos com exigência de ensino fundamental, 2.925 para ensino médio ou formação técnica e 3.115 para nível superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.242 a R$ 13.900. Após a análise da SGP/SP, o pedido deve ser encaminhado para autorização do governador Geraldo Alckmin. A expectativa é de que isto ocorra a partir de maio, quando será encerrado o prazo de validade do último grande concurso da Secretaria da Saúde, realizado em 2011. Até o término, algumas destas oportunidades ainda poderão ser preenchidas por remanescentes.

A expectativa é de que a autorização ocorra sem problemas, por parte do governador, mesmo considerando o momento de contenção de despesas pela qual o estado passa, uma vez que a área de saúde é considerada uma das áreas prioritárias pelo governo.

Para ensino fundamental, o pedido é para os cargos de auxiliar de apoio à pesquisa científica e tecnológica (13, R$ 1.785,16), auxiliar de laboratório (73, R$ 1.242), auxiliar de saúde (611, R$ 1.274) e oficial de apoio à pesquisa científica e tecnológica (14, R$ 1.926,02).

No caso de ensino médio ou formação técnica: agente de apoio à pesquisa científica e tecnológica (16, R$ 1.785,16), agente técnico de saúde (265, R$ 1.591,74), motorista de ambulância (56, R$ 1.405), oficial administrativo (374, R$ 1.659,90), oficial de saúde (535, R$ 1.495), oficial operacional (127, R$ 1.432), técnico de apoio à pesquisa científica e tecnológica (34, R$ 2.779,80), técnico de enfermagem (1.372, R$ 1.651,74), técnico de laboratório (78, R$ 1.340,24), técnico de radiologia (40, R$ 1.340,24) e agente de saúde (28, R$ 1.405).

Por fim, para nível superior, as vagas são para agente técnico de assistência à saúde (432, R$ 2.587,02), analista administrativo (12, R$ 3.501,58), analista de tecnologia  (duas, R$ 4.163,29), analista sociocultural (seis, R$ 4.163,29), arquiteto (três, R$ 4.893,93), assistente técnico de pesquisa científica e tecnológica (29, R$ 4.610,12), cirurgião dentista (73, R$ 2.493,02), enfermeiro (547, R$ 3.214,83), engenheiro (45, R$ 4.893,93), executivo público (36, R$ 5.089,31), médico I – 12 horas (316, R$ 3.600), médico I – 20 horas (164, R$ 6.000), médico I – 24 horas (1.263, R$ 7.200), médico I – 40 horas (dez, R$ 13.900), médico veterinário (17, R$ 3.226,88), pesquisador científico (84, R$ 4.993,85) e tecnólogo em radiologia (76, R$ 1.373,88).

+ Resumo Empregos Secretaria de Saúde

Secretaria de Saúde
Vagas: 6922
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Vários cargos, Técnicos, Auxiliares, Médicos
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1144,00 Até R$ 13900,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

05/04/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas