Tudo Sobre

Empregos SPPREV

SPPrev: expectativa de novo concurso público em 2018

Autarquia aguarda apenas autorização para o preenchimento de 80 postos, sendo 66 de técnicos, de ensino médio, e 14 de analistas, de nível superior. Iniciais até R$ 5,8 mil



Fernando Cezar Alves
Publicado em 05/12/2017, às 11h50

Sem realizar concurso público desde 2012, a São Paulo Previdência (SPPrev), autarquia estadual vinculada à Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo (Sefaz/SP) pretende dar início a seu novo certame no decorrer de 2018. Para isto, aguarda apenas autorização do governador Geraldo Alckmin de uma solicitação encaminhada em maio para a Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) para o preenchimento de 80 vagas em seu quadro de pessoal. Do total, 66 são para o cargo de técnico em gestão previdenciária, que pede apenas ensino médio para concorrer, e 14 para a carreira de analista em gestão previdenciária, que pede nível superior em qualquer área.

O novo concurso da SPPrev vem sendo aguardado desde 2016, quando a autarquia encaminhou solicitação para o preenchimento de 68 postos, sendo 59 para técnicos e 9 analistas. Com a demora pelo aval do governador, um novo pedido foi encaminhado, com um número de vagas um pouco maior, de acordo com atualizações em termos de necessidade funcional. Com a retomada do processo de autorização de concursos públicos no estado, nos últimos meses, a expectativa é de que a aguardada solicitação da SPPrev possa ser finalmente atendida, permitindo a realização do certame em 2018.  

A remuneração inicial do técnico corresponde a R$ 2.073,80, podendo chegar a R$ 2.480,94, no caso de 100% do Prêmio de Incentivo à Qualidade Previdenciária (PIQPrev). O cargo ainda conta com mais dois níveis salariais durante o exercício, sendo o primeiro de R$ 3.065,44 e o outro de R$ 3.770,95, com o total do complemento.

No caso dos analistas, o vencimento é de R$ 5.202,35, podendo alcançar R$ 5.880,91 com o total do PIQPrev. Nos dois níveis posteriores, os salários são de R$ 7.467,40 e R$ 9.382,36, com 100% do prêmio.

Para os dois cargos, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Atribuições

No caso de técnico previdenciário, cabe ao servidor prestar atendimento aos segurados do regime próprio de previdência, executar atividades administrativas no processo de concessão e pagamento das aposentadorias e pensões; e executar atividades de apoio relacionadas à administração e gestão da SPPrev.

O trabalho do analista de gestão previdenciária consiste em analisar, acompanhar e instruir processos de concessão, pagamento, cadastro e informações de aposentadorias e pensões; planejar, implantar e avaliar as ações voltadas ao atendimento e orientação dos segurados; e coordenar atividades de suporte ao gerenciamento das atividades corporativas da SPPrev no que se refere a serviços administrativos, logísticos, de infraestrutura e de suprimentos.

Último concurso

O último concurso da SPPrev ocorreu em 2012, com uma oferta de 202 oportunidades. A organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas.

Para técnico, além da capital, o concurso contou com oportunidades nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Jales, Santa Rita do Passa Quatro, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté. Para a carreira de analista, as opções foram para os municípios de São Paulo, Bauru, Jales e Marília.

Ao todo foram registrados 22.208 inscritos, sendo 13.717 para técnicos e 8.491 para analistas. O prazo de validade deste certame expirou em 30 de outubro de 2014.  

No caso de técnico, a seleção contou com uma prova objetiva composta de 60 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos, com peso um, e 30 de conhecimentos específicos, com peso dois. Em conhecimentos básicos foram abordados temas de língua portuguesa (15) e matemática e raciocínio lógico (15). Em conhecimentos específicos, noções de informática (15), noções de direito administrativo (5), noções de direito constitucional (5) e legislação estadual (5).

Para analista, houve prova objetiva e análise de títulos. A primeira foi composta de 70 questões, sendo 20 de língua portuguesa, com peso um, e 50 de conhecimentos específicos, com peso três. Os títulos contaram com limite de 11 pontos na classificação final.      

+ Resumo Empregos SPPREV

SPPREV
Vagas: 80
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnico, Analista
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional, Fiscal
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 2073,00 Até R$ 5880,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

05/12/2018 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas