Tudo Sobre

Empregos AASP

TJ/DF planeja concurso para preencher 355 vagas

Ao todo, serão 173 para técnico judiciário e 182 para analista judiciário, cargos que exigem níveis médio e superior, respectivamente. As remunerações iniciais podem chegar a R$ 11.991 por mês



Fernando Cezar Alves
Publicado em 06/02/2015, às 14h27

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJ/DF) já confirma a intenção de realizar novo concurso público ainda no decorrer de 2015, para o preenchimento de 355 vagas criadas pela lei 13.057, sancionada pela presidenta Dilma Roussef em 23 de dezembro.  Ao todo, a lei cria 580 oportunidades, das quais 355 são para o novo certame, 25 para cargos comissionados e 200 funções comissionadas.

A expectativa é de que os preparativos para a seleção sejam iniciados a partir de julho, quando será encerrada a validade do concurso anterior do órgão.

Veja mais: TJDFT divulga edital com 80 vagas

Das oportunidades destinadas para preenchimento por meio de concurso, 182 são para analistas judiciários e 173 para técnicos judiciários.

As vagas de analistas serão para as áreas de execução de mandados (40) e outras  não especificadas (142). Para execução de mandados é necessário possuir nível superior em direito e para as demais, superior em qualquer formação, caso sejam destinadas para a área administrativa, ou em carreiras específicas, conforme a destinação. Para a área de execução de mandados, a remuneração inicial é de R$ 11.305,54 com gratificação judiciária (GAJ) de 75,2% e R$ 11.991,33 para GAJ de 90%. Para os demais analistas, R$ 8.178,06 para 75,2% e R$ 8.863,84 para 90%.

No caso dos técnicos, com oferta prevista de 173 oportunidades, para concorrer é necessário apenas possuir ensino médio completo. O inicial é de R$ 5.007,82 com gratificação de 75,2% e R$ 5.425,79 para 90%.

Destinação

A maior parte das novas vagas serão para quatro fóruns criados pelo tribunal em regiões administrativas do Distrito Federal, em Guará, Recanto das Emas, Itapoã e Águas Claras, com intenção de atender 382 mil pessoas. Também deverão trabalhar em varas especializadas como as de execução de medidas socioeducativas, de execução penal, e de execuções das penas e medidas alternativas. Também estão previstos três centros de tecnologia da informação para atender as áreas mais afastadas.

A lei é oriunda do projeto de lei 7722/14, que teve como objetivo substituir o projeto 4.312/2012, que criava 2.666 vagas no órgão e foi retirado da tramitação no Congresso Nacional em agosto de 2013, em decorrência de indisponibilidades orçamentárias para arcar com as futuras contratações.

APOSTILAS PARA CONCURSOS - CLIQUE AQUI

Matéria atualizada em 06/02 às 14h27


+ Resumo Empregos AASP

AASP
Vagas: 355
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnicos, Analistas
Áreas de Atuação: Tributária
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 5007,00 Até R$ 11991,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: DF

+ Agenda

06/02/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas