Torne a emoção uma aliada nos processos seletivos

Nesta edição do JC Entrevista, entenda a diferença entre distresse e estresse e aprenda técnicas para administrar seus sentimentos e usá-los a seu favor.

Redação
Publicado em 21/10/2010, às 09h42

Entrar para a carreira pública no órgão desejado, alcançar a almejada vaga na universidade ou receber o ‘sim’ para ingressar na empresa de interesse, seja como efetivo, temporário, estagiário ou trainee.

Em todos estes processos seletivos, a competência técnica e a dedicação contam muitos pontos. Mas há um elemento fundamental para o alcance da oportunidade que poucas pessoas levam em conta na hora de enfrentar seleções: a inteligência emocional.

Segundo uma pesquisa realizada em junho deste ano pela IMC Consultoria Empresarial, 75% das empresas consideram essa qualidade de fundamental importância ao sucesso profissional.

Para ajudá-lo a desenvolver ou aprimorar essa competência, esta edição do JC Entrevista recebe a especialista em coach e medicina comportamental, Káritas de Toledo Ribas.

Além de comentar a diferença entre o distresse e o estresse, a profissional elenca atividades para a descarga emocional e oferece conhecimentos para você reinterpretar o mundo, de forma a utilizar os sentimentos como verdadeiros aliados.

Pâmela Lee Hamer

Veja também:

Previstos: Concursos abrirão mais de 2 mil vagas

Exame da OAB: Prepare-se para a segunda fase de provas

Comentários

Mais Lidas