Prefeitura de Manaus/AM inscreve para 700 vagas

Candidatos serão contratados para as funções de pedreiro e servente, que pagam salários de até R$ 969 e concedem benefícios

Pâmela Lee Hamer
Publicado em 21/05/2013, às 13h59

De 24 a 27 de maio, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMINF) da Prefeitura de Manaus, no Estado do Amazonas, recebe interessados em ocupar 700 postos temporários, mais cadastro reserva. 
Do total de ofertas, cinco por cento se destinam a pessoas com necessidades especiais (PNEs), que competirão em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere aos critérios, ao horário e ao local de entrega da documentação necessária.
As inscrições poderão ser realizadas na rua Gabriel Gonçalves, 351, no Aleixo, das 8h às 17h. É necessário apresentar currículo, bem como o original e a cópia dos seguintes documentos: carteira de identidade (RG); C.P.F; comprovante de escolaridade (diploma); comprovante de água, luz ou telefone, e certidão de antecedentes criminais. Também serão solicitadas a cópia do título de eleitor e duas fotos 3x4. 
Fundamental completo - Para quem possui esse nível de formação e experiência mínima de um ano, há 127 oportunidades no cargo de pedreiro.
O posto garante remuneração mensal de R$ 969,79, auxílio-transporte e auxílio-alimentação.
A dedicação diária é de oitos horas, completando 40 horas na semana, para realizar tarefas como orientar na composição de misturas de cimento, areia, cal e pedra; assentar tijolos, alvenaria e materiais afins; construir alicerces; levantar paredes, muros e construções similares; rebocar estruturas construídas; fazer a manutenção corretiva de calçadas, e armar e desmontar andaimes.
Fundamental incompleto - Já os candidatos que têm pelo menos um ano de vivência na função, mas não completaram o nível fundamental, podem disputar 573 colocações de servente, sendo 28 para pessoas com necessidades especiais.
Entre as atribuições do cargo se destacam: efetuar a carga, descarga e transporte de materiais; escavar valas e fossas; abrir sulcos em pisos e paredes para permitir a execução de fundações, o assentamento de canalizações de tubulações de água ou da rede elétrica e obras similares; misturar cimento, areia, água, brita e outros materiais por processos manuais ou mecânicos, além de espalhar e compactar massa asfáltica.
Para realizar estas tarefas, em jornada de 40 horas semanais (oito diárias), o profissional contará com salário de R$ 716,73, mais auxílio-transporte e auxílio-alimentação. 
Seleção - Será conduzida apenas pela análise curricular, com pontuação atribuída conforme o grau de escolaridade (de dez a 50 pontos), a experiência na função (até 30 pontos) e os cursos de qualificação realizados na área (máximo de 20 pontos).
Quem for escolhido, de acordo com os critérios de avaliação, será contratado pelo período de dez meses.
A homologação do processo seletivo simplificado será publicada no Diário Oficial do Município de Manaus e poderá ser consultada no site www.manaus.am.gov.br.
A validade da seleção é de doze meses, podendo ser prorrogada por igual período. 

Comentários

Mais Lidas