A melhor parte

Artigo do professor Edison Andrades.

Redação
Publicado em 01/07/2011, às 11h57

Aprendi, em marketing, que coisas não existem, o que há é a percepção das pessoas em relação às coisas. Com isso, aprendemos que empresas só alcançam o sucesso quando aumentam o valor percebido por seus clientes, ou seja, transformam um simples produto ou serviço em verdadeiros encantamentos. E esse encantamento é o que nós, clientes, chamamos de qualidade.
Saibam que qualidade deve habitar em coisas simples, mas, por vezes, ela é negligenciada por nós mesmos. Abolimos a qualidade de nossa vida quando, por exemplo, realizamos um trabalho ruim propositadamente. Quando deixamos de acionar a descarga de um vaso sanitário público após tê-lo usado. Enfim, são coisas que os outros não sabem. Mas nós sabemos. 
Como encantar em nossa carreira profissional, se nem o básico conseguimos entregar? Encantar, nos dias de hoje, não significa fazer coisas “bonitinhas”, nem cumprir o básico. Saiba que ser competente na atividade para a qual foi contratado é simplesmente sua obrigação. 
Encantamento está ligado à superação das expectativas dos que nos cercam. Superação significa uma ação superior. Vence, no mercado de trabalho, quem age acima do esperado. 
Alguns profissionais não percebem a importância de cada tarefa em meio aos resultados gerais de uma empresa. Infelizmente, alguns assistem ao progresso dos outros e não enxergam que o seu pode estar travado por pequenos atos que, embora simples e fáceis de serem executados, não são realizados com qualidade.
O que mais retarda o crescimento profissional não são aspectos ligados ao conhecimento e habilidade das pessoas, que podem ser aperfeiçoados através de hábito de leitura, cursos e aplicabilidade contínua de alguma técnica. O crescimento é retardado sobretudo por atitudes comportamentais, os profissionais pecam no grau de comprometimento que assumem diante de suas atividades cotidianas e, por isso perdem oportunidades. Qualidade naquilo que se faz é a melhor parte de uma carreira profissional e está ao seu alcance.
Muitos estudiosos do mundo corporativo afirmam que é muito difícil ter um diferencial competitivo nos dias de hoje. Respeito meus colegas, mas preciso discordar. Na realidade, estamos cercados por profissionais que não cumprem com qualidade as mais simples tarefas. 
E é aí que se encontra a sua grande oportunidade de superar as expectativas. Você sabia que, numa equipe de vendas, 80% dos resultados, em média, são obtidos por apenas 20% da equipe? Isso se repete para outras funções e setores, ou seja, se em seu setor há dez colaboradores, provavelmente, apenas dois deverão destacar-se, superando a qualidade esperada naquilo que realizam. Você faz parte de qual parte? 
Ah! E nunca se esqueça de incluir Deus em todos os seus planos.Prof. Edison Andrades é palestrante e escritor.Twiter: @edison_andrades. Site: www.edisonandrades.com.br

Comentários

Mais Lidas