Uma azeitona ou meia empada?

Artigo do professor Edison Andrades.

Edison Andrades
Publicado em 07/11/2013, às 09h31

É muito frequente que eu seja procurado para aconselhar novos empreendedores e novos ingressantes no mercado de trabalho. Pessoas me veem como alguém que conseguiu alcançar boa parte de seus objetivos profissionais, e isso confere, pois me sinto privilegiado por viver daquilo que mais amo fazer: prelecionar. Mas o que muitos desconhecem é a trajetória que me conduziu até aqui.

Por muitos anos, eu trabalhei sozinho, ou seja, lecionava na universidade, atuava em cargos executivos nas organizações e ministrava palestras. Acredite: isso tudo ocorria simultaneamente. Loucura! Com o tempo, consegui firmar minha carreira somente na área da educação (acadêmica e corporativa), mas continuava sozinho, embora muito bem assessorado por uma assistente competentíssima chamada Nádia. Entretanto, ainda assim, eu era o dono de tudo.

Há alguns anos, trouxe uma sócia para meu negócio. Encontrei alguém que se responsabilizou por toda a parte administrativa e comercial de minha, até então, singela empresa. Mas, além de sua presença, minha sócia Cláudia trouxe-me um conceito: “você agora não é mais dono de uma azeitona, e sim de meia empada!”. Nunca havia pensado assim, pois, por vezes, “batia cabeça” em meu negócio diante da dificuldade de comandar as áreas que fugiam de meu foco principal, que era a elaboração de palestras e treinamentos. Enquanto prospectava novos clientes, planejava novas estratégias, administrava ou investia em branding (expansão da marca), meus estudos para a elaboração de novos produtos (livros, cursos, palestras etc.) ficavam prejudicados. Eu era dono de uma azeitona. Por maior, mais vistosa e saborosa que minha azeitona se tornasse, nunca deixaria de ser uma azeitona.

Hoje eu perdi a azeitona, mas observo a cada dia o crescimento da empada, consequentemente minha parte dela também evolui. Somente no ano de 2013, já realizei 346 apresentações (até o momento que escrevo esse artigo), entre palestras, cursos e treinamentos. Quase um “empadão”!

Vejo muitos profissionais extremamente talentosos, mas que ainda não entenderam que precisam de ajuda em suas carreiras e projetos. Saiba que a sua metade da empada pode estar sim numa sociedade ou assessoria, mas também pode estar numa empresa. O fato é que não podemos ficar sozinhos.

Assim como os animais, todo ser humano possui um talento. Os animais possuem habilidades específicas da espécie. Seja o Guepardo, com sua velocidade terrestre, ou o Falcão Peregrino, por sua precisão ao atacar sua presa; todos nós possuímos um talento específico. O que nos difere dos animais e que nos coloca em vantagem é que não agimos por instinto, mas por vocação, ou seja, a vontade rege o talento.

Se descobrirmos no que somos melhores e quisermos investir nisso, podemos tornar realidade o que parece ser um sonho; sabendo que, do sonho à realização, temos uma pequena lacuna chamada “atitude”. E aí, quer ser dono de uma azeitona ou de meia empada? Apenas uma questão de atitude.

Prof. Edison Andrades é sócio da Reciclare Treinamento. Facebook.com/professor.edison.andrades

Comentários

Mais Lidas