Mais de 11 mil vagas para cursos gratuitos em SP

As capacitações são intensivas, com duração de um a três meses, e as aulas são ministradas por instituições contratadas pelo Governo de São Paulo.

Douglas Terenciano
Publicado em 18/09/2013, às 10h29

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), está com inscrições abertas para o programa Via Rápida Emprego, oferecendo mais de 11 mil vagas em cursos de qualificação gratuitos para quem busca ingressar no mercado de trabalho ou abrir seu próprio negócio.

Candidatos com idade mínima de 16 anos, alfabetizados e residentes de São Paulo podem se inscrever nos cursos de agente de turismo, ajudante de cozinha, ajudante de laboratório químico, almoxarife e estoquista, assistente administrativo, assistente administrativo em transporte, assistente contábil, assistente de logística, recursos humanos, assistente de segurança do trabalho, auxiliar de modelista de roupas, básico em rotinas de escritório, camareira, cozinheiro, encanador residencial, garçom, manicure e pedicure, manipulação e higienização de alimentos, manutenção e montagem de copiadoras e multifuncionais, maquiador, operador de carga, pintor, porteiro, programação e operação de torno CNC, técnicas de vendas, zelador, dentre outras opções.

Durante as atividades, os participantes receberão material didático e auxílio financeiro de R$ 100 para alimentação e de R$ 150 para o transporte. Desempregados, sem seguro desemprego ou benefício previdenciário também têm direito à bolsa-auxílio mensal de R$ 210. A seleção é feita pela SDECT, que considera critérios de idade, escolaridade e renda familiar dos inscritos. Desempregados e mulheres arrimo de família têm prioridade.

O objetivo é suprir as demandas dos setores que necessitam de mão de obra qualificada. “Há dois anos, o Via Rápida tem preparado trabalhadores para diversas funções. Além de contribuir com a geração de emprego e renda, a iniciativa também tem fortalecido o desenvolvimento econômico dos municípios paulistas”, comenta o secretário da SDECT, Rodrigo Garcia.

Segundo assessoria de imprensa, o programa já atendeu mais de 90 mil pessoas com oferta de cursos em diversas áreas. Somente neste ano, foram disponibilizadas 60 mil novas colocações. As capacitações são intensivas, com duração de um a três meses, e as aulas são ministradas por instituições contratadas pelo Governo de São Paulo.

Além da capital, há vagas nas localidades de São Bernardo do Campo, Itaquaquecetuba, Taboão da Serra, Franco da Rocha, Rio Grande da Serra, Mauá, Osasco, Suzano, Mogi das Cruzes, Barueri, Guarulhos, Santo André, Embu das Artes, Cotia, Diadema, entre outras. As oportunidades estão distribuídas em 255 municípios, sendo 838 postos na cidade de São Paulo, 1.696 na Região Metropolitana e as demais 8.482 vagas no interior e litoral do Estado.

As inscrições devem ser realizadas até o final de setembro no site www.viarapida.sp.gov.br. Quem não possui acesso à internet, pode procurar os postos do Acessa São Paulo, programa da Secretaria de Gestão Pública do Estado, que conta com profissionais capacitados a oferecer instruções para o preenchimento do cadastro.

Comentários

Mais Lidas