CATs selecionam 922 pessoas com deficiência em SP

Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade em diversos segmentos.

Douglas Terenciano
Publicado em 29/11/2013, às 13h28

As unidades do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), da Prefeitura de São Paulo, estão com 922 vagas disponíveis para profissionais com deficiência ou mobilidade reduzida com salários de até R$ 5.000. Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade em diversos segmentos.

O salário mais alto entre as vagas abertas nesta semana é voltado para desenhista projetista eletrônico e mecânico. São quatro vagas que exigem o nível superior completo ou em andamento.

Para atendente de balcão são 15 colocações, com salário de R$ 837,33, sendo necessário o ensino médio completo. No cargo de auxiliar de estoque estão disponíveis cinco postos, com vencimento de R$ 921.

Já para auxiliar de linha de produção são 30 vagas. O salário é de R$ 1.000 e a exigência é de ensino médio concluído. As seis oportunidades para mensageiro, com solicitação de fundamental incompleto, disponibilizam aos candidatos salários de R$ 846,04. Com 16 vagas e sem exigência de experiência, o cargo de recepcionista oferece salário entre R$ 846,04 e R$ 1.100. O trabalho será realizado em hospital e na seleção será exigido, no mínimo, o ensino fundamental.

As seleções acontecem de segunda a sexta, das 8h às 17h. Para participar da seleção basta apresentar o RG, CPF, carteira de trabalho e PIS em qualquer unidade do CAT. Os endereços podem ser obtidos no site www.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou na Central de Atendimento ao Munícipe pelo telefone 156.

Comentários

Mais Lidas