Região Sudeste é campeã em geração de empregos

Estudo lista as melhores cidades para se trabalhar no Brasil. São Paulo e Rio de Janeiro encabeçam o ranking.

Redação
Publicado em 08/07/2010, às 10h15

A região sudeste do Brasil continua sendo a grande locomotiva do país, pelo menos economicamente. Segundo dados obtidos por um estudo realizado pela revista Você S/A, deste mês, a região é responsável por 40% dos empregos formais do país, ou seja, de cada dez carteiras assinadas, quatro saem dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

A publicação traz o ranking das 100 melhores cidades para se fazer carreira e destaca os investimentos da Petrobras que devem impulsionar a geração de empregos especialmente em cidades costeiras.

São Paulo é a líder da lista, posição justificada pela diversidade de setores da economia que são contemplados pela cidade, que exibe oportunidades nos setores financeiro, automotivo e especialmente, de serviços. Na sequência, Rio de Janeiro (RJ), Barueri (SP) e Vitória (ES). Das vinte primeiras colocadas da listagem, 11 são da região sudeste.

Zona portuária - Ainda segundo o estudo, a petrolífera brasileira deve investir 18,6 bilhões de dólares na cidade de Santos, no litoral paulista; esse investimento deve promover a geração de 6 mil empregos diretos e 20 mil indiretos. Santos é considerada pelo ranking da revista, a 13ª melhor cidade para se fazer carreira.

Outras cidades portuárias também devem levar seu quinhão por conta dos investimentos da estatal como Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES). Só na capital capixaba, a empresa deve investir US$ 10,3 milhões nos próximos três anos.

A previsão é que os investimentos da Petrobras sejam aplicados até o ano de 2013, tendo até lá a geração de todas as oportunidades de emprego previstas pelos apontamentos.

Veja também:

Vários Estados: Plura contrata 85 para grupo farmacêutico

Mais de 3 mil vagas/SP: CIET de Guarulhos paga até R$ 3,9 mil

Comentários

Mais Lidas