Ficha Técnica do Concurso SPPREV - 2019

N de vagas: 98

Cargos: analista previdenciário técnico previdenciário

Escolaridade: Superior Médio

Estados com Vagas: SP

Área de atuação: Administrativa Operacional

Faixa de Salário: De R$ 2.146,00 até R$ 6.096,00

Taxa de inscrição:

Organização: O próprio órgão

Cidade(s):

Vídeos SPPREV

Mais Lidas

Mais Recentes

Atualizado: 11/01/2019 - 14:54

Avança PL que muda escolaridade de escrevente do TJ SP

Projeto de lei complementar, que tramita na Assembleia Legislativa, tem por finalidade enquadrar a carreira dentro da escala de vencimento de nível superior

Na Alesp

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Avança, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o  projeto de lei complementar 3/2018, que tem  por objetivo alterar o nível de escolaridade para os próximos concursos públicos para o cargo de escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP).  A proposta, do deputado Carlos Giannazi (Psol) foi aprovada, no último dia 14 de dezembro, pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp e já pode seguir para votação no plenário da casa. Além disso, um dia antes, em 13 de dezembro, passou a tramitar em regime de urgência, o que significa que deve ter prioridade após o término do recesso parlamentar, em fevereiro.  

De acordo com o PLC,  a escolaridade necessária de ingresso na carreira pode passar a ser de nível superior.

O presidente do TJ/SP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças chegou a encaminhar um ofício para a Alesp se manifestando contra a proposta.  De acordo com o documento encaminhado pelo magistrado, o PLC é inconstitucional, por não respeitar a separação de poderes, tendo em vista ter sido apresentada por um deputado (legislativo) em se tratando de mudança de carreira no poder judiciário. Além disso, ressalta que a mudança poderá acarretar aumento de gastos com pessoal por parte do TJ/SP.

Caso aprovada a proposta, a remuneração do cargo passará a ser enquadrada nas carreiras de nível superior do órgão, acarretando em melhorias salariais. O projeto também determina que aos servidores já em atividade fica assegurado o direito à comprovação de preenchimento de nível superior para reenquadramento salarial.

De acordo com a justificativa do parlamentar, “há anos os escreventes técnico judiciários do Tribunal de Justiça do Estado buscam, através das entidades representativas da categoria, a implantação de exigência de nível universitário para ingresso no cargo, a exemplo do que já foi assegurado aos oficiais de justiça. Apesar das reuniões, dos pedidos e das indicações encaminhadas, a situação dos servidores ainda se mantém, sem que o TJ envie propositura assegurando esse direito. Desta feita, eis o que objetiva esta propositura: assegurar o direito aos servidores e autorizar legislativamente, a presidência do Tribunal de Justiça a implementar o nível superior aos escreventes técnicos judiciários, por ser medida de verdadeira justiça com a categoria”.

Associação

Ainda que a proposta não tenha apoio do presidente do tribunal, encontra respaldo entre representantes de classe. Tanto que a Associação dos Escreventes Técnico do Tribunal de Justiça de São Paulo (AECOESP) também encaminhou ofício para a Alesp, por sua vez, favorável à aprovação do projeto. Além disso, em seu site, a entidade mantém um abaixo-assinado para que os servidores se manifestem em favor da exigência de nível superior para a carreira. 

Continuar lendo

Atualizado: 11/01/2019 - 14:38

Concurso CRQ SP libera resultado da prova para 520 vagas

Destinadas a profissionais de níveis médio/técnico e superior, carreiras no concurso do CRQ SP (Conselho Regional de Química da 4ª Região) oferecem vencimentos acima de R$ 10,1 mil

12 municípios

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Os participantes do concurso do Conselho Regional de Química da 4ª Região (CRQ 4), com jurisdição em São Paulo, já podem consultar aqui o resultado preliminar da prova objetiva, aplicada em 9 de dezembro. A seleção formará cadastro reserva em 520 vagas distribuídas entre a capital e cidades do interior e litoral. 

Profissionais com ensino médio concorrem como profissional de serviços técnico-administrativos (PSA) nas áreas de administração (20 - salário de R$ 4.419,55), manutenção predial (20 - R$ 4.419,55), manutenção predial/alvenaria/hidráulica e pintura (20 - R$ 4.419,55) e teleatendimento (20 - R$ 3.657,60).

Além de segundo grau, é necessário possuir formação técnica para disputar as funções de profissional de suporte técnico nas seguintes especialidades: compras (20), financeiro (20), recursos humanos (20), contabilidade (20) e informática (20). Todas as ofertas pagam R$ 5.129,13.  

Curso superior é requisito do concurso do CRQ SP para profissional de atividades estratégicas nas funções de fiscal (240 - R$ 10.117,45), bibliotecário (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - programação (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - rede (20 - R$ 7.097,15), advogado (20 - R$ 7.097,15) e jornalista (20 - R$ 7.097,15). 

• APOSTILAS CONCURSO CRQ SP 2018 - DIVERSOS CARGOS

Os vencimentos informados já incluem os valores referentes aos vales refeição e alimentação. Além disso, os contratados terão direito a convênio médico e odontológico, vale transporte e plano de cargos e salários. 

Todas as vagas são para atuar na capital, exceto para fiscal, carreira que também reúne oportunidades em Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. 

As inscrições foram recebidas até 12 de novembro, por meio do site do Instituto Quadrix (http://www.quadrix.org.br). As taxas custaram R$ 60 (ensino médio), R$ 65 (técnico) e R$ 75 (superior). 

Etapas

Além das provas objetiva e discursiva, realizadas em 9 de dezembro, o processo seletivo inclui teste prático para fiscal e jornalista. A aplicação está prevista para 16 e/ou 17 de fevereiro, na capital paulista. 

O concurso do CRQ SP terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do conselho, conforme prevê o edital

Cronograma do concurso do CRQ SP

Conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

Atualidades - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

Confira o conteúdo programático completo do concurso do CRQ SP
 

Continuar lendo

Atualizado: 11/01/2019 - 14:24

Sai resultado do concurso TRT 15 para técnico e analista

Concurso do TRT 15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região) ofereceu chances em diversas regiões de SP. Salários chegam a R$ 12,7 mil

70 mil inscritos

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Fundação Carlos Chagas divulgou ontem (10) o resultado final do concurso do TRT 15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região) para técnico e analista. Os mais de 70 mil candidatos podem consultar a classificação aqui.

O processo seletivo ofereceu duas vagas imediatas e chances para cadastro reserva (CR). Além de Campinas, onde fica a sede do órgão, havia oportunidades com lotação nos polos de Bauru, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. 

Destinada a profissionais com ensino médio, a carreira de técnico judiciário reunia oportunidades em três áreas: administrativa (CR), segurança (CR) e apoio especializado - enfermagem (1 posto), função que também requeria formação técnica. Os salários variam de R$ 6.708,53 a R$ 7.766,18.


• APOSTILA CONCURSO TRT 15  2018 - TÉCNICO JUDICIÁRIO/ÁREA ADMINISTRATIVA


O cargo de analista judiciário exigia curso superior e teve chances nas áreas judiciária (CR), oficial de justiça - avaliador federal (CR), administrativa (CR), arquitetura (CR), história (CR), medicina (1), medicina - psiquiatria (CR), odontologia (CR) e psicologia (CR). Os vencimentos vão de R$ 11.006,83 a R$ 12.742,14. 



Ads

Seja aprovado no concurso TRT-15 2018

Tenha uma preparação completa para o Concurso TRT-15. Materiais elaborados de acordo com o Edital. Confira.

 

Provas

O processo seletivo envolveu provas objetiva com 60 perguntas (todos os cargos), discursiva (analista nas áreas de arquitetura, história e oficial de justiça), redação (analista nas áreas administrativa, arquitetura e história e técnico nas áreas administrativa e segurança) e estudo de caso (técnico - especialidade enfermagem e analista nas áreas judiciária, administrativa, medicina, psiquiatria, odontologia e psicologia).

Os concorrentes a técnico judiciário - especialidade segurança também passaram por teste de capacidade física. 

De acordo com o edital, o concurso do TRT 15 terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão. 

Atribuições do técnico judiciário - área administrativa

Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativa; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - Interpretação de texto. Argumentação. Pressupostos e subentendidos. Níveis de linguagem. Articulação do texto: coesão e coerência. Termos da oração. Processos de coordenação e subordinação. Discurso direto e indireto. Tempos, modos e vozes verbais. Classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência da crase. Ortografia e acentuação. Pontuação. Equivalência e transformação de estruturas. Redação. Sintaxe.

Regimento interno do TRT 15 - Disposições Preliminares; Organização do Tribunal; Tribunal Pleno; Órgão especial; Presidência do Tribunal; Corregedoria; Seções Especializadas; Turmas e Câmaras; Escola Judicial; Serviços Administrativos; Pessoal Administrativo; Gabinete dos Desembargadores do Trabalho.  

Noções sobre direitos das pessoas com deficiência (Resolução CNJ nº 230/2016 - art. 19): Inclusão, direito e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015; Lei nº 11.126/2005 e Constituição Federal). Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida (Lei nº 10.098/2000 e Decreto 5.296/2004). Prioridade de atendimento às pessoas portadoras de deficiência (Lei nº 10.048/2000 e Decreto 5.296/2004). Direitos no sistema de transporte coletivo (Lei nº 8.899/1994 e Decreto 3.691/2000). Símbolo de identificação de pessoas portadoras de deficiÊncia auditiva (Lei nº 8.160/1991). Normas de apoio às pessoas portadoras de deficiência e sua integração social (Lei nº 7.853/1989 e Decreto nº 3.298/1999).

Confira o conteúdo programático completo do concurso do TRT 15

Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2019 - 15:39

Últimos dias de inscrição para concurso em Taiaçu SP

Prazo para registro de candidaturas no concurso da Prefeitura de Taiaçu termina neste domingo (13). Chance em disputa é para agente comunitário de saúde

Uma vaga

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Encerra-se neste domingo (13), às 23h59, o período de inscrições para o processo seletivo da Prefeitura de Taiaçu, em São Paulo, destinado a preencher uma vaga de agente comunitário de saúde.

O cargo oferece salário de R$ 1.009,86 e tem jornada semanal de 30 horas. Os candidatos devem possuir ensino médio e residir no município ao menos desde 3 de janeiro de 2019, data de publicação do edital. 

A seleção é organizada pela empresa CMM Concursos, que recebe inscrições por meio da página http://www.cmmconcursos.com.br/ e cobra taxa de R$ 30. O telefone para contato com a banca é (18) 3271-5132. 

Marcada para 27 de janeiro, a prova objetiva cobrará a resolução de 25 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa e conhecimentos específicos. Os participantes terão três horas para concluir o exame.

O concurso será válido por seis meses, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Prefeitura de Taiaçu, conforme prevê o edital.  

O que estudar para a prova

Língua portuguesa - Interpretação e análise de textos. Coesão textual. Encontros vocálicos, encontros consonantais e dígrafos. Divisão silábica. Ortografia. Acentuação gráfica das palavras: regras básicas e regras especiais. Processos de formação das palavras. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, verbo, pronome, conjunção, preposição, advérbio. Concordância verbal e concordância nominal. Regência verbal e regência nominal. Crase. Sinais de pontuação. Colocação dos pronomes oblíquos átonos. Sentido próprio e sentido figurado das palavras: a denotação e a conotação.

Conhecimentos específicos - Estratégia Saúde da Família. Avaliação das áreas de risco ambiental e sanitário. Noções de ética e cidadania. Noções básicas de epidemiologia, meio ambiente e saneamento básico. Noções básicas de saúde pública: Ações de Saúde da Criança, do Adolescente, do Homem, da Mulher e do Idoso. Saúde mental, Atenção à pessoa com deficiência. Violência familiar. Doenças transmitidas por vetores. Visita domiciliar. O Sistema Único de Saúde (S.U.S.); História do PACS/ESF; O Agente Comunitário de Saúde um agente de mudanças; Promoção, prevenção e proteção à saúde; Noções de vigilância à saúde; Estratégia saúde da família e estratégia de agentes comunitários de saúde ;Trabalhar em equipe; Competências e habilidades do Agente Comunitário de Saúde: (Cadastramento as famílias); Territorialização (área e micro área) e epidemias; O diagnóstico comunitário; Planejamento; Meio Ambiente: (Água, solo e poluição); Doenças mais comuns na comunidade: Doenças Transmissíveis e Não Transmissíveis, (Tuberculose, Hanseníase, DST/AIDS, Hipertensão Arterial, Diabetes, Neoplasias, Saúde Mental); Saúde Bucal; Alimentação e Nutrição; A saúde nas diversas fases da vida: (Transformações do Corpo Humano, Planejamento Familiar, Gestação, Pré-Natal e o ACS, Riscos na Gravidez, Direito da Gestante, cuidados básicos ao recém-nascido, imunização, Puerpério: Um tempo para o Resguardo, Direitos da Criança, Amamentação, Critérios de Risco Infantil, Crescimento e Desenvolvimento, Doenças mais Comuns na Infância, Acidentes e Violência à Criança, Puberdade e Adolescência, Direito e saúde do Idoso, Prevenção de Acidentes); Educação em saúde. Dengue. Conhecimentos Gerais Saúde Pública: Diretrizes e bases da implantação do SUS; Constituição da República Federativa do Brasil – Saúde; Organização da Atenção Básica no Sistema Único de Saúde; Epidemiologia, história natural e prevenção de doenças; Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde – Vigilância em Saúde; Indicadores de nível de saúde da população; Políticas de descentralização e atenção primária à Saúde; Doenças de notificação compulsória; Código de Ética Médica; Atualidades sobre Saúde Pública e Medicina Geral; Medicina Social e Preventiva; Código de Processo Ético, Atualidades sobre Saúde Pública e Atualidades sobre Medicina Geral; Bibliografia Saúde da Família - Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial - Ministério da Saúde; Portaria 648 de 28/03/2006 do Ministério da Saúde e suas alterações; Normas e Diretrizes do Programa de Agentes Comunitários de Saúde - P.A.C.S.; Normas e Diretrizes do Programa de Saúde da Família - PSF; Diretrizes Operacionais do P.A.C.S; Tudo sobre Guia Prático do Programa Saúde da Família - Ministério da Saúde - Governo Federal; Epidemiologia; Medicina Social e Preventiva. Relações humanas no trabalho e ética profissional e no serviço público.

Cronograma do concurso 


 

Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2019 - 14:03

Concurso em Pedrinhas Paulista SP inscreve para 30 vagas

Ofertas da prefeitura são para candidatos de todos os níveis escolares. Participação deverá ser garantida até o dia 17 de janeiro

Ganhos de até R$ 7,8 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Prefeitura Municipal de Pedrinhas Paulista, localizada no Estado de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público que selecionará 30 vagas. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Quem tem o ensino fundamental pode se inscrever para as funções de ajudante geral (3 vagas + CR), faxineira (3 + CR) e mecânico (1). 

Aqueles que têm o ensino médio e/ou curso técnico estão aptos às carreiras de agente de saúde (1), artífice I (1), assistente administrativo (CR), atendente (1), auxiliar de educação infantil (3 + CR), auxiliar de enfermagem (1 + CR), auxiliar de escritório (1), escriturário (1), motorista (1), operador de máquinas (CR), técnico em radiologia (CR) e tratorista (1).

Para nível superior, as chances são para os cargos de dentista (1), enfermeiro (2 + CR), fisioterapeuta (1), médico (1), médico ginecologista (1), professor auxiliar (1 + CR), professor de educação básica I fundamental (1 + CR), professor de pré-escola (2), professor de inglês (1) e professor de educação física (1 + CR). 

Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Pedrinhas Paulista partem de R$ 954 e chegam a R$ 7.846,40. 

Inscrições e provas do concurso da Prefeitura de Pedrinhas Paulista SP

A participação deverá ser garantida até o dia 17 de janeiro de 2019, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.integraconcursos.com.br. Os valores da taxa de inscrição variam de R$ 40 a R$ 60. 

O concurso será constituído das seguintes etapas: prova objetiva para todos os cargos; prova prática para ajudante geral, artífice I, mecânico, motorista, operador de máquinas e tratorista; e análise de títulos para auxiliar de enfermagem, dentista, enfermeiro, fisioterapeuta, médicos professores e técnico em radiologia.

Marcada para o dia 27 de janeiro de 2019, a prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, lei orgânica e história do município, conhecimentos gerais e/ou conhecimentos específicos. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2019 - 12:21

São Carlos SP segue em processo de escolha da banca

Seleção deverá ser para formar cadastro ou preenchimento imediato, de acordo com as necessidades, com iniciais de até R$ 13,5 mil. Em fase de licitação

  Todos os níveis

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

A Prefeitura de São Carlos, no interior paulista, a 254 km da capital e próxima a Araraquara, segue em processo de análise de documentos no processo licitatório para a escolha da banca responsável pela organização de seu próximo concurso público. A escolha, iniciada em 12 de dezembro, está sendo feita por meio do critério de pregão eletrônico. A seleção será destinada a formar cadastro reserva de pessoal ou preenchimento imediato em diversos cargos, com opções para quem possui níveis fundamental, médio e superior. O número de vagas ainda não foi anunciado, uma vez que poderão ser oferecidas vagas de acordo com as necessidades, mas os cargos que poderão contar com oportunidades na seleção já estão definidos, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.421 a R$ 13.529. Somente após a contratação da empresa poderá ser definida a data de publicação do edital de abertura de inscrições.

 

Ensino Fundamental Incompleto

Quem possui ensino fundamental incompleto pode concorrer aos cargos de agente de manutenção geral (inicial de R$ 1.568, para jornada de 40 horas), agente de serviços gerais (R4 1.421, 40 horas), agente operacional (R$ 1.421, 40 horas), coveiro (R$ 1.568, 40 horas), oficial de manutenção (R$ 1.568, 40 horas), servente merendeira (R$ 1.414, 40 horas), tratador de animal (R$ 1.568, 40 horas) e vigia (R$ 1.421,40 horas).  

 

Ensino Fundamental Completo

Para ensino fundamental completo: auxiliar de enfermagem (R$ 1.718,40 ou 12X36), auxiliar de enfermagem do trabalho (R$ 1.718, 40 horas), auxiliar de natação (R$ 1.568, 40 horas), auxiliar em saúde bucal (R$ 1.718, 40 horas), cadastrador (R$ 1.568, 40 horas), eletricista  (R$ 1.568,40horas), guarda municipal (R$ 2.045,40 horas), mecânico de veículos (R$ 1.718, 40 horas), motorista (R$ 1.718, 40 horas), operador de máquinas (R$ 1.832, 40 horas), técnico de som (R$ 1.832, 40 horas) e telefonista (R$ 1.568, 30horas)

 

Ensino Médio

Para ensino médio: agente comunitário de saúde (R$ 1.568, 40 horas), agente comunitário de endemias (R$ 1.568, 40horas), agente educacional (R$ 1.672, 40 horas), auxiliar administrativo escolar (R$ 1.596, 40 horas), agente cultural (R$ 2.170, 40 horas), almoxarife (R$ 2.170, 40 horas), assistente administrativo (R$ 1.832, 40 horas), fiscal ambiental (R$ 2.170, 40 horas), fiscal de serviço público (R$ 2.170, 40 horas), fiscal operador de trânsito e transporte (R$ 2.170, 40 horas), fiscal sanitário (R$ 2.170, 40 horas), iluminador de teatro (R$ 1.672, 40 horas), intérprete de libras (R$ 2.170, 40 horas), intérprete educacional de libras (R$ 1.672, 40 horas), maquinista de teatro (R$ 1.832, 40 horas), professor I (R$ 2.744, 33 horas), professor II (R$ 2.744, 33 horas), professor IV (R$ 2.050 , 24 horas), técnico agrícola (R$ 2.170, 40 horas), técnico de enfermagem (R$ 2.170, 40 horas ou 12X36), técnico de laboratório (R$ 2.170, 40 horas), técnico em informática (R$ 2.170, 40 horas), técnico em radiologia (R$ 2.170, 24 horas), técnico em saúde bucal (R$ 2.170, 40 horas ou 12X36), técnico em segurança do trabalho (R$ 2.170, 40 horas) e topógrafo (R$ 2.170, 40 horas).

 

Nível Superior

Por fim, para nível superior: analista de tecnologia da informação (R$ 4.111, 40 horas), arquiteto (R$ 5.480, 40 horas), assistente social (R$ 3.358, 30 horas), bibliotecário (R$ 3.358, 40 horas), biólogo (R$ 3.358, 40 horas), cirurgião dentista (R$ 2.565, 15 horas ou plantão de 12 horas), contador (R$ 4.111, 40 horas), enfermeiro (R$ 3.358, 40 horas ou 12X36), enfermeiro do trabalho (R$ 3.358 , 40 horas), engenheiro (R$ 5.480, 40 horas), engenheiro do trabalho (R$ 5.480, 40 horas), farmacêutico (R$ 3.358,40horas), fiscal de tributos (R$ 3.358, 40 horas), fisioterapeuta (R$ 3.358, 30 horas), fonoaudiólogo (R$ 3.358, 40 horas), gerontólogo (R$ 3.358, 40 horas), gestor público (R$ 5.480, 40 horas), médico diversas áreas (R$ 5.480,  20 horas), médico urgência e emergência (R$ 3.919, plantão de 12 horas), médico de saúde da família (R$ 13.529, 40 horas), médico do trabalho (R$ 2.565, 15 horas), médico veterinário (R$ 4.111, 40 horas), museólogo (R$ 3.358, 40 horas), nutricionista (R$ 3.358, 40 horas), orientador técnico de programas (R$ 3.358, 40 horas), procurador municipal (R$ 5.480, 40 horas), produtor cultural (R$ 3.358, 40 horas), professor III – educação especial (R$ 2.274, 24 horas), professor III – educação física (R$ 2.274, 24 horas), professor III – outras áreas (R$ 2.274, 24 horas), psicólogo (R$ 3.358, 40horas), técnico de esportes (R$ 3.358, 40 horas) e terapeuta ocupacional (R$ 3.358, 30 horas).
O valor médio das taxas de inscrição está definido em R$ 25 para ensino fundamental incompleto, R$ 28 para fundamental incompleto com curso de formação, R$ 28,33 para fundamental completo, R$ 38,67 para ensino médio, R$ 40 para ensino  médio com prova prática, R$ 52,50 para nível superior e R$ 70 para médicos.       

De acordo com o edital de licitação, o prazo de inscrições deverá ser de, no mínimo, dez dias úteis 

Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2019 - 11:18

Prefeitura de Arujá SP prorroga inscrições de concurso

Do total de quatro editais, apenas um foi prorrogado até o dia 21 de janeiro. Oportunidades são para candidatos de todos os níveis escolares

Vários cargos

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Na Grande São Paulo, a cerca de 66 km de distância da capital, a Prefeitura Municipal de Arujá prorrogou até o dia 21 de janeiro de 2019 as inscrições de um dos quatro editais de concurso público que somavam 113 vagas em postos de todos os níveis escolares. 

O edital prorrogado foi o nº 3.541, que tem ofertas nos cargos de ajudante geral, motorista, dedetizador, recepcionista nível II, agente de controle de vetores e zoonoses, auxiliar administrativo, auxiliar de enfermagem, encarrega do de faturamento, escriturário, enfermeiro, farmacêutico e médicos nas especialidades de clínico geral, ginecologista, neurologista infantil, pediatra e psiquiatra infantil. 

As inscrições devem ser realizadas no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), banca organizadora do certame. Os valores da taxa de participação são de R$ 44,50 (níveis alfabetizado e fundamental), R$ 56,50 (ensino médio) e R$ 82,20 (superior).  

Todos os candidatos executarão a prova objetiva no dia 10 de março de 2019. Ela contemplará questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, atualidades, noções de informática, conhecimentos pedagógicos e legislação e/ou conhecimentos específicos. 

• APOSTILAS CONCURSO PREFEITURA DE ARUJÁ 2019 - DIVERSOS CARGOS

O concurso ainda contará com as seguintes etapas, para alguns cargos: prova prático-profissional; prova prática; teste de aptidão física; e análise de títulos.

Todas as vagas do concurso da Prefeitura de Arujá SP

Candidatos alfabetizados podem disputar a função pública de ajudante geral (6 vagas). 

Para quem tem o ensino fundamental, as chances são para os empregos de cozinheiro (2), motorista (7), servente (4), recepcionista (3) e dedetizador (1). 

Aqueles que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de almoxarife (1), escriturário (18), agente de apoio educacional (4), assistente administrativo (1), agente de controle de vetores e zoonoses (1), auxiliar administrativo (2), auxiliar de enfermagem (1), auxiliar de enfermagem do trabalho (1), encarregado de faturamento (1), arquivista (1), controlador de patrimônio (1) e oficial administrativo (3). 

Nível superior é requisito para os postos de advogado (2), assistente de diretor de escola (2), assistente social (1), chefe da divisão de abastecimento e merenda escolar (1), chefe da divisão de ensino municipal (1), chefe da divisão pedagógica (1), coordenador pedagógico (2), diretor de educação básica (2), professor de informática educacional (2), professor de educação física (2), professor de educação básica nas especialidades de infantil I (10), fundamental I (10), artes (2) e inglês (2), psicopedagogo (1), supervisor de ensino (1), enfermeiro (1), farmacêutico (1), médico nas áreas de clínico geral (1), ginecologista (3), neurologista infantil (1), pediatra (1) e psiquiatra infantil (1), analista de recrutamento, seleção e treinamento (1), chefe de divisão pessoal (1), encarregado de cadastro imobiliário (1) e encarregado de fiscalização (1). 

Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Arujá partem de R$ 1.306,76 e chegam a R$ 6.708,43.
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2019 - 10:33

Concurso INSS tem pedido reaberto e com avanços

Solicitação de concurso do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é para os cargos de técnico, analista e perito. Níveis médio e superior com salários até R$ 8,9 mil

7.888 vagas

Por JCConcursos - Da Redação

O pedido do concurso INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) com 7.888 vagas foi reaberto pelo atual Ministério da Economia. Em dezembro do ano passado, os concurseiros tomaram um susto porque ele chegou a ser negado pela pasta, só que depois o órgão esclareceu que foi rejeitada a parte da convocação dos excedentes.

Depois de reaberta a solicitação, a mesma avançou para a Assessoria Parlamentar. Agora, cresce a expectativa de que a autorização seja concedida ainda no primeiro semestre de 2019.

Este certame é considerado um dos mais urgentes, isso porque a falta de trabalhadores no órgão tem afetado gravemente os serviços prestados à população. Diversos dados mostram que há milhares de brasileiros aguardando para receberem seus benefícios, que ainda continuam em análise e demoram mais do que o previsto por causa do déficit de pessoal.

A Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) tenta agilizar de diversas formas a liberação do certame, inclusive recorrendo ao Tribunal de Contas da União (TCU). 

• APOSTILAS TÉCNICO E ANALISTA DO SEGURO SOCIAL
• CURSO TÉCNICO E ANALISTA DO SEGURO SOCIAL

Enviado este ano ao Planejamento, o novo pedido solicitou 10.468 vagas ao seu quadro de pessoal, porém 2.580 eram para excedentes - que não foram convocados durante a validade do certame anterior, encerrada em 5 de agosto.

Das oportunidades destinadas à nova seleção, 3.984 são referentes ao cargo de técnico (área meio), 1.692 a analista (diversas formações) e 2.212 a perito. Veja a solicitação do concurso INSS 2019 aqui.

A Fenasps já salientou que o instituto precisa urgentemente repor 16 mil vagas, pois há uma situação calamitosa de defasagem de pessoal. A entidade ainda revelou que, se nada for feito, o atendimento prestado pelo INSS entrará em colapso.

Vale ressaltar que a situação tem ficado cada vez mais caótica porque cresce o número de servidores que podem se aposentar.

Sobre os cargos

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas pelos concurseiros, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado com o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também com o auxílio.

Defasagem de pessoal pressiona nova seleção

Atualmente, o órgão conta com uma defasagem de quase 16 mil servidores em todo o país, sendo que o maior déficit é para a função de técnico. Com esse quadro, o INSS não consegue atender com eficiência à população.

A situação ainda está calamitosa porque o governo federal diminuiu os recursos para o instituto. Consta no site da Fenasps que um técnico do seguro social, não identificado, comentou que o cenário está caótico: "Falta dinheiro para tudo. Estamos operando no limite da irresponsabilidade. Não por acaso, as pessoas têm reclamado demais do atendimento. O estresse é total".

Presidente do INSS reforça necessidade do concurso em 2019

O concurso INSS 2019 já foi até comentado pelo presidente do órgão, Edison Garcia, que falou em entrevista que as agências operam em situação precária. De modo a driblar a crise de pessoal, o dirigente disse pretende modernizar o atendimento.

Recentemente, foi implementado sistemas de inteligência para a concessão de benefícios. Garcia ainda pretende tentar segurar por mais um tempo os servidores que querem se aposentar.

Ministério Público revela regras para a nova seleção

O MP divulgou, em 2018, documento com regras para que seja realizado o novo concurso. Os critério avaliados para a autorização são:

- Necessidade do órgão demandante, confrontando-a com a de outros;
- Previsão orçamentária e financeira da Administração;
- Conveniência e oportunidade do atendimento da demanda

Veja também artigos especiais sobre o concurso:

Artigo: Sim, existe vida após o INSS

Como estudar ao cargo analista

Dicas de aprovada no último concurso

Dicas de professores

Justiça proíbe papanicolau em concurso INSS

Edital de 2015/2016

No final de 2015, foi lançado o edital do concurso INSS com o objetivo de preencher 950 vagas. Um total de 800 oportunidades era na função de técnico e as outras 150 para analista - serviço social.

A banca organizadora do concurso IBSS foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado.

O último certame, cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social - em número de inscritos, perdeu apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando foram oferecidas 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

Confira o depoimento da 1ª colocada no último concurso INSS

Atribuições dos cargos de técnico e analista 

Quanto às atribuições dos cargos, de acordo com o edital do último concurso INSS, o técnico do seguro social é responsável por proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Já o analista do seguro social é responsável por prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de serviço social e reabilitação profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos socioeconômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade com a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

Conhecimentos básicos de técnico do INSS

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994 e Decreto nº 6.029/2007. REGIME JURÍDICO ÚNICO: 1 Lei 8.112/1990 e alterações, direitos e deveres do Servidor Público. 2 O servidor público como agente de desenvolvimento social. 3 Saúde e qualidade de vida no serviço público.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal de 1988 e atualizações).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Estado, governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei nº 23 8.429/1992 (sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/1999 (Lei do Processo Administrativo).

LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República).

RACIOCÍNIO LÓGICO: Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

Conhecimentos específicos de técnico do INSS

Seguridade Social: 1.1 Origem e evolução legislativa no Brasil. 1.2 Conceituação. 1.3 Organização e princípios constitucionais. 2 Legislação Previdenciária. 2.1 Conteúdo, fontes, autonomia. 2.3 Aplicação das normas previdenciárias. 2.3.1 Vigência, hierarquia, interpretação e integração. 3 Regime Geral de Previdência Social. 3.1 Segurados obrigatórios. 3.2 Filiação e inscrição. 3.3 Conceito, características e abrangência: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso e segurado especial. 3.4 Segurado facultativo: conceito, características, filiação e inscrição. 3.5 Trabalhadores excluídos do Regime Geral. 4 Empresa e empregador doméstico: conceito previdenciário. 5 Financiamento da Seguridade Social. 5.1 Receitas da União. 5.2 Receitas das contribuições sociais: dos segurados, das empresas, do empregador doméstico, do produtor rural, do clube de futebol profissional, sobre a receita de concursos de prognósticos, receitas de outras fontes. 5.3 Salário-de-contribuição. 5.3.1 Conceito. 5.3.2 Parcelas integrantes e parcelas não-integrantes. 5.3.3 Limites mínimo e máximo. 5.3.4 Proporcionalidade. 5.3.5 Reajustamento. 5.4 Arrecadação e recolhimento das contribuições destinadas à seguridade social. 5.4.1 Competência do INSS e da Secretaria da Receita Federal do Brasil. 5.4.2 Obrigações da empresa e demais contribuintes. 5.4.3 Prazo de recolhimento. 5.4.4 Recolhimento fora do prazo: juros, multa e atualização monetária. 6 Decadência e prescrição. 7 Crimes contra a Seguridade Social. 8 Recurso das decisões administrativas. 9 Plano de Benefícios da Previdência Social: beneficiários, espécies de prestações, benefícios, disposições gerais e específicas, períodos de carência, salário-de-benefício, renda mensal do benefício, reajustamento do valor dos benefícios. 10 Manutenção, perda e restabelecimento da qualidade de segurado. 11 Lei nº 8.212/1991 e alterações. 12 Lei nº 8.213/1991 e alterações. 13 Decreto nº 3.048, de 06/05/1999 e alterações. 14 Lei de Assistência Social (LOAS): conteúdo; fontes e autonomia (Lei nº 8.742/1993 e Decreto nº 6.214/2007 e alterações).

 

 

Etapas do concurso do INSS 2019

Para a orientação completa dos candidatos que se preparam pela primeira vez para o concurso INSS, o JC Concursos organizou as etapas e procedimentos do processo de seleção:

Pedido do concurso - O primeiro passo no processo de abertura de um concurso é o envio do pedido para abertura das vagas por parte do próprio órgão. Com a solicitação em mãos, o governo (seja municipal, estadual ou federal) analisa a viabilidade para realização do concurso, considerando aspectos técnicos e financeiros.

Autorização - O que geralmente indica que o concurso está de fato confirmado é a autorização governamental. No governo federal, ela tem duração de seis meses, ao passo que nos governos estaduais pode variar de acordo com a localidade (em São Paulo, por exemplo, é um ano).

Formação da comissão - Uma vez autorizado, o concurso depende da constituição da comissão que ficará responsável por seus preparativos, o que inclui a contratação da banca organizadora do processo seletivo.

Contratação da banca - Os candidatos direcionam seus estudos de acordo com a organizadora responsável pelo concurso público, pois cada uma tem estilos e conteúdos distintos de prova. Essas entidades e empresas são responsáveis pela divulgação do concurso, inscrição, pela elaboração do conteúdo da prova, logística de aplicação, fiscalização no dia do exame, correção, divulgação dos resultados e julgamento dos recursos dos candidatos questionando provas e gabaritos. A contratação pode acontecer por meio de dispensa de licitação, quando um órgão público pode contratar uma empresa organizadora sem a necessidade de licitação, desde que a escolhida detenha inquestionável reputação ético-profissional, não tenha fins lucrativos, seja reconhecida como de utilidade pública ou de notória especialização - que realiza serviço de natureza singular; ou por meio de licitação, quando o menor preço é o critério de seleção da proposta mais vantajosa para a administração, desde que esteja de acordo com as especificações do edital ou convite. Entre as modalidades de licitação estão o pregão presencial, pregão eletrônico, tomada de preços e carta convite.

Edital do concurso - A publicação do edital é o ponto alto na abertura de um concurso, pois é o que possibilita os candidatos a se inteirarem sobre todos os detalhes com relação às vagas, inscrições e provas. É nele também que consta o conteúdo programático, com todos os assuntos e tópicos que podem ser cobrados na prova, peça-chave na preparação para um concurso.

Redução de taxa - Os órgãos costumam possibilitar o pedido de redução e, em alguns casos, até isenção do pagamento da taxa de inscrição de um concurso. Geralmente, este benefício é oferecido a membros de famílias de baixa renda, candidatos desempregados e/ou doadores de sangue ou medula óssea. Quem se interessar precisa estar atento, pois os prazos para solicitação costumam anteceder os prazos oficiais de inscrição, de forma a permitir que quem tiver o pedido indeferido ainda possa se candidatar, pagando a taxa.

Inscrição - Assim que o concurso for autorizado e o edital publicado, o prazo de inscrições para o concurso será divulgado. As candidaturas provavelmente poderão ser feitas somente pela internet, através do site da empresa que será contratada para organizar a seleção, mediante o pagamento de uma taxa de inscrição que ainda será estabelecida pelo órgão.

Retificação do edital - E se, depois do edital publicado, o órgão perceber que algo saiu errado? Ou sentir a necessidade de realizar algum ajuste repentino? Para isto basta publicar uma retificação, apontando com clareza o que foi alterado.

Lista de inscrições deferidas – Após o término das inscrições e, geralmente, eventuais retificações, a banca organizadora tem por costume publicar a lista de inscrições deferidas e indeferidas. Nesta fase é importante o candidato conferir  a relação para ter confiança que sua inscrição foi efetuada. Em caso de indeferimento por algum motivo, dependendo do caso existe a possiblidade de o candidato buscar auxílio junto a banca para  retificar eventuais irregularidades. Isto impede que o candidato corra o risco de achar que está inscrito no concurso e, posteriormente, no dia da prova, descobrir que seu nome não consta entre os participantes.  

Convocação para prova - Alguns dias antes da prova, os candidatos costumam ser "convocados" para a avaliação. É quando eles recebem a confirmação do dia, horário e local do exame. Os órgãos aproveitam o momento para reforçar algumas normas com relação às provas (qual deve ser o tipo da caneta, que tipos de aparelhois são proibidos, qual será o horário de abertura dos portões etc.).

Prova do concurso - As provas objetivas costumam trazer questões variando entre os esquemas "múltipla escolha" e "certo ou errado", o que depende muito de qual empresa foi contratada para organizar o concurso.

Gabarito e recursos - Os gabaritos da prova do concurso devem ser publicados até três dias após a aplicação dos exames. As respostas poderão ser consultadas no site da empresa que estará responsável pela organização do processo seletivo. É de responsabilidade do candidato ir atrás dessas informações, uma vez que as organizadoras não costumam enviar as respostas por e-mail ou carta registrada. Após a consulta dos gabaritos, os candidatos poderão ter uma ideia de como se saíram nas provas, com base nos erros e acertos. Quando um candidato, por algum motivo, não concorda com as respostas dispostas no gabarito, há a possibilidade de interpor um recurso contra qualquer uma delas. Os órgãos costumam abrir um prazo para a realização desses pedidos logo após a divulgação do gabarito. O resultado dos recursos tem que obrigatoriamente ser publicado antes do resultado final do concurso.

Resultado provisório e recursos – Após a análise de recursos sobre o gabarito, a banca já pode avaliar o desempenho dos candidatos e, consecutivamente, elaborar a lista de aprovados. Após a divulgação da primeira lista de aprovados um novo prazo de recursos é aberto, para que os participantes possam apresentar novos recursos, em caso de questionamentos sobre o próprio desempenho ou a classificação. Somente após a análise destes recursos a lista e aprovados definitiva é publicada. 
 
Resultado final do concurso - Se o processo seletivo não contar com mais nenhuma etapa além da prova objetiva, a organizadora já estará pronta para publicar o resultado final do concurso. É com a publicação da classificação que os candidatos ficam sabendo, de fato, como se saíram na seleção e se foram aprovados.
 

 



Ads

Seja um dos aprovados no concurso do INSS

Garanta uma das 3.984 vagas de técnico do seguro social. Antecipe a sua preparação e conquiste a sua estabilidade financeira.

Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2019 - 10:28

Sancionada a criação de 320 novas vagas no MP SP

Do total de postos no MP SP (Ministério Público do Estado de São Paulo), 250 são para oficial de promotoria, de nível médio; e 70 são para analista, incluindo analista de promotoria II – agente de promotoria, e analista I nas áreas de saúde e assistê

Níveis médio e superior

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

 Em uma de suas últimas ações no cargo, o ex-governador do Estado de São Paulo, Márcio França, sancionou, em 22 de dezembro, a lei complementar 16.889, oriunda do projeto de lei 788/2017,  que cria 320 vagas junto ao MP SP (Ministério Público do Estado de São Paulo) para preenchimento por meio de realização de novos concursos públicos ou convocação de remanescentes em concursos em validade.     Do total de novas vagas, 250 são para a carreira de oficial de promotoria I, cargo que conta com remuneração básica inicial de R$ 4.433,58 e exige apenas ensino médio para o ingresso.
As 70 vagas restantes são para carreiras com necessidade de nível superior para ingresso, sendo 40 para o cargo de analista de promotoria II – agente de promotoria e 30 para analista de promotoria I – área da saúe e assistência social. Para estas carreiras, as remunerações básicas iniciais são de R$ 6.017,71 para o cargo de analista de promotoria I na área de saúde e R$ 9.450,93 para analista de promotoria II – agente de promotoria.
De acordo com a proposta do procurador-geral do estado, Gianpaolo Poggio Smenio, as despesas resultantes da ampliação do quadro de pessoal do MP/SP correrão à conta das despesas orçamentárias consignadas no orçamento vigente, suplementadas, se necessário, não havendo impacto imediato, quando da aprovação do projeto para a criação de vagas.
No caso de oficial de promotoria, o órgão ainda conta com um concurso em validade, iniciado em 2015, cujo resultado final foi divulgado em 6 de setembro de 2016. Desta forma, o prazo iria até setembro de 2018.  Porém, em 16 de agosto foi publicado despacho da Procuradoria Geral da Justiça prorrogando o prazo de validade do certame por mais dois anos, ou seja, até 15 de setembro de 2020. Desta forma, com a sanção da nova lei, caso deseje, o órgão pode convocar remanescentes desta seleção para o preenchimento das vagas que estão sendo criadas. 
Já para os cargos de analista de promotoria II – agente de promotoria e analista de promotoria I na área de saúde, o último concurso público foi realizado em 2013, com resultados finais divulgados em 10 de março de 2014.  Com isto, deverá ser necessária a realização de novo certame, já em pauta. 


Últimos concursos


 A última seleção para o cargo de oficial de promotoria, realizada em 2015, foi organizada pela Fundação Vunesp, contando com uma oferta de 73 vagas, destinadas para a capital paulista e municípios de Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté e Vale do Ribeira.
No caso de analista de promotoria II – agente de promotoria, no concurso de 2013 foram oferecidas 29 vagas, para a capital e grande São Paulo, Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos/Vale do Ribeira, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté. A organizadora foi o IBFC.
Por fim, para analista I na área de saúde, em 2013 foram oferecidas quatro vagas, sendo uma para médico clínico e três para  médico legista. A banca também foi o IBFC.  
  
Continuar lendo

Atualizado: 09/01/2019 - 15:36

TCE SP: sancionada criação de 65 vagas no órgão

Do total, 26 são para criação de novos cargos comissionados e 39 para a carreira de agente de fiscalização, por concurso público. Nível superior e inicial de R$ 13.9 mil

Agente de fiscalização

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Em seus últimos dias no cargo, o ex-governador do estado de São Paulo, Márcio França, sancionou, em 22 de dezembro, a lei complementar 1.334, oriunda do  projeto de lei complementar 55/2018, do presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), Renato Martins Costa, que cria 65 vagas junto ao quadro de servidores do órgão. Do total de oportunidades, 26 são para cargos comissionados e 39 para preenchimento por meio de realização de concurso público.  

Das 26 vagas para cargos comissionados, uma é para o cargo de assessor técnico-procurador, 15 para assessor técnico de gabinete II, nove para assessor técnico de gabinete I e uma para diretor técnico de divisão.


Já as 39 oportunidades para preenchimento por meio de concursos públicos são para o cargo de agente de fiscalização financeira. Neste caso, para concorrer é necessário possuir curso de nível superior nas áreas de ciências jurídicas e sociais, administração de empresas, contabilidade ou economia, podendo ser consideradas outras áreas, quando da publicação do edital, com remuneração inicial de R$ 13.989,28.


A proposta de criação de vagas para o cargo já vem sendo estudada desde 2014, quando o órgão apresentou na Alesp o projeto de lei complementar 20/2014, que tratava da criação de 42 vagas, sendo 35 para os agentes e sete para cargos comissionados. A proposta acabou sendo retirada da Alesp em 25 de maio deste ano, a pedido do próprio TCE/SP que, após novos estudos e alterações na proposta, foi novamente apresentada, por meio do novo projeto de lei complementar


Atribuições

As atribuições do agente de fiscalização correspondem ao apoio aos julgamentos e demais atividades confiadas ao TCE/SP, envolvendo os aspectos legal, previdenciário, contábil,financeiro, orçamentário, operacional, atuarial e patrimonial, bem como de outros que vierem a ser fixados por meio de regimento interno.  


Remanescentes

O preenchimento das vagas para agentes pode ser feito por meio de realização de novo concurso ou convocação de remanescentes de concurso em validade. O último certame para o cargo ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 21 vagas, sendo sete para agente de fiscalização financeira – informática – na área de intraestrutura de TI e segurança de informação e 14 para agente de fiscalização financeira na área de informática na área de  sistemas, gestão de projetos e governança de TI. O prazo de validade do concurso encerraria em 3 de agosto de 2018, mas foi prorrogado até 3 de agosto de 2020. Neste caso, o órgão ainda poderá convocar remanescentes especificamente para as respectivas áreas de atuação. Caso pretenda preencher postos para a carreira, mas em outras áreas, deverá planejar a realização de novo concurso. 

A banca foi a Fundação Vunesp.

Continuar lendo

Atualizado: 09/01/2019 - 14:12

Prefeitura de Suzano SP suspende concurso com 70 vagas

Oportunidades do edital eram para cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior, com salários que chegavam a R$ 8,4 mil

Vários cargos

Por JCConcursos - Camila Diodato

A Prefeitura Munipal de Suzano, na região metropolitana de São Paulo, suspendeu, por prazo indeterminado, o concurso público com 70 vagas, além de cadastro reserva (CR). Os salários iniciais ficavam entre R$ 1.908,16 e R$ 8.427,36 ao mês.

De acordo com o documento, o certame foi suspenso a fim de que ocorra a adequação do edital as atuais legislações e regulamentos dos conselhos e categorias de trabalho. O novo cronograma será divulgado após o término da suspensão. 

Para nível fundamental a oferta era para a colocação de oficial de controle de animais, que apresentava uma oportunidade imediata.

Ensino médio completo habilitava a participação no concurso para os empregos de agente de zoonoses (1 vaga) e auxiliar de saúde bucal (2). No primeiro caso ainda era exigido conhecimento básico de informática.

Já para nível médio com curso técnico específico as chances eram para os postos de agente fiscal sanitário (2), técnico em enfermagem (5), técnico em farmácia (1) e técnico em laboratório (1).

Os cargos que necessitavam de formação superior eram os de assistente social (5), biólogo (CR), biomédico (1), cirurgião dentista 20h (3), enfermeiro (2), enfermeiro plantonista (1), engenheiro sanitarista (1), farmacêutico (1), fonoaudiólogo (1), cardiologista (1), cirurgião geral (1), cirurgião geral platonista (1), clínico geral - 10h (2), clínico geral - 20h (5), clínico geral plantonista (2), dermatologista (1), médico do trabalho (CR), ginecologista - 10h (1), ginecologista - 20h (5), neurologista - 10h (1), neurologista - 20h (1), oftalmologista (1), pediatra - 10h (1), pediatra - 20h (3), pediatra plantonista (1), pneumologista (1), psiquiatra (4), psiquiatra infantil (1), urologista (1), nutricionista (2), psicólogo (5) e terapeuta ocupacional (1).

Como participar do concurso

As inscrições para as vagas da Prefeitura de Suzano ficariam abertas até as 23h59 do dia 7 de fevereiro. A ficha estava disponível no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), a banca organizadora.

Para que a participação fosse efetivada, seria necessário realizar o pagamento da taxa no valor de R$ 37,50 (nível fundamental), R$ 48,50 (médio e técnico) ou R$ 81 (superior).

Processo de seleção

Todos os concorrentes do concurso em Suzano passariam por uma prova objetiva com questões de múltipla escolha. A aplicação estava prevista para 31 de março, sendo no período da manhã para as funções de níveis fundamental e superior, enquanto as demais ocorreriam à tarde.

O exame apresentaria perguntas sobre língua portuguesa, matemática, legislação municipal, política de saúde e/ou conhecimentos específicos, conforme a função pretendida.

Continuar lendo

Atualizado: 09/01/2019 - 13:34

Prefeitura de Magda SP oferece 15 vagas em concurso

Chances no concurso da Prefeitura de Magda são para monitor de transporte escolar e professor. Inscrições vão até 16 de janeiro

Área da educação

Por JCConcursos - Samuel Peressin

No interior de São Paulo, a Prefeitura de Magda abriu processo seletivo para preencher 15 vagas temporárias em cargos na área da educação, além de formar cadastro reserva (CR).

Quem possui ensino médio pode concorrer como monitor de transporte escolar (8 postos + CR e salário de R$ 1.030,97). 

As funções de nível superior são destinadas a professor substituto (6 + CR), professor de educação especial (CR), professor de arte (CR), professor de educação física (CR) e professor de inglês (1 + CR), todas com vencimentos de R$ 13,10 por hora/aula. 

A Consesp, banca contratada para organizar a seleção, recebe inscrições até 16 de janeiro, por meio do site www.consesp.com.br. O valor das taxas é de R$ 30 para monitor e R$ 50 para professor. 

Provas

A avaliação objetiva tem aplicação prevista para 3 de fevereiro, a partir das 8h. Os candidatos deverão solucionar 30 questões de múltipla escolha em até duas horas.

Na ocasião, a empresa examinadora receberá dos concorrentes a professor os documentos relativos à análise de títulos. Serão considerados diplomas de especialização, mestrado e doutorado. 

O concurso da Prefeitura de Magda terá validade de um ano, contado a partir da homologação do resultado final, de acordo com o edital

O que faz o monitor de transporte escolar

É responsável por garantir a integridade física e moral de crianças e adolescentes no trajeto de ida e volta até a escola. Dentro da escola, suas funções são as mesmas do inspetor de alunos.
 

Continuar lendo

Atualizado: 09/01/2019 - 10:58

Concurso em Mendonça SP reúne 16 oportunidades

As vagas oferecidas pela prefeitura são destinadas a candidatos de níveis fundamental, médio, técnico e superior. Inscrições serão recebidas até o dia 21 de janeiro

Ganhos de até R$ 8,2 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Prefeitura Municipal de Mendonça, situada no Estado de São Paulo, está com inscrições abertas de concurso público para provimento de 16 vagas do seu quadro de pessoal. A seleção ainda formará cadastro reserva de eventuais oportunidades. 

Candidatos que têm o ensino fundamental incompleto podem disputar as funções públicas de coveiro (1 vaga), encanador (1) e pedreiro (1). O salário inicial é de R$ 1.604,88. 

Para quem tem o ensino médio e/ou curso técnico, as chances do edital são para os empregos de assistente de desenvolvimento infantil (1), agente administrativo (1), agente de vigilância em saúde (1), recepcionista (1) e técnico de enfermagem (1). Os vencimentos oscilam entre R$ 1.203,63 e R$ 1.877,71.

Aqueles que têm o nível superior estão aptos às carreiras de arquiteto (1), assistente social (1), dentista (1), fisioterapeuta (1), médico clínico geral (1), médico veterinário (1), professor de educação básica I (1), professor de educação básica II educação física (1). As remunerações variam de R$ 2.038,18 a R$ 8.271,34. 

As inscrições serão recebidas até as 14h do dia 21 de janeiro de 2019, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico da PROAM (www.proamac.com.br), banca organizadora do certame. As taxas oscilam entre R$ 35 e R$ 100. 

Provas do concurso da Prefeitura de Mendonça SP

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais, lei orgânica do município, atualidades, conhecimento pedagógico, legislação e/ou conhecimentos específicos. 

Com duração máxima de três horas, a avaliação será aplicada na cidade de Mendonça/SP na data prevista de 3 de fevereiro de 2019, com início às 9h, em locais a serem divulgados no ato da homologação das inscrições.

O certame ainda será constituído de prova prática para os cargos de coveiro, encanador e pedreiro; e análise de títulos para assistente de desenvolvimento infantil e professores. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 09/01/2019 - 10:46

Concurso em Itu SP abre inscrições para 16 vagas

Prazo para registro de candidaturas no concurso da Prefeitura de Itu vai até 11 de fevereiro. Edital reúne cargos de níveis fundamental, médio e superior

A 100 km da capital

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Localizada a cerca de 100 km da capital, a cidade de Itu está com inscrições abertas para concurso público destinado a preencher 16 vagas imediatas no quadro de pessoal da prefeitura.

O edital conta com oportunidades de nível fundamental para ajudante de serviços gerais (1 posto e salário de R$ 1.004,74), motorista (1 - R$ 1.035,46), motorista de caminhão (1 - R$ 1.160,15), motorista escolar (1 - R$ 1.160,15), operador de motoniveladora (1 - R$ 1.307,49), operador de pá carregadeira (1 - R$ 1.307,49) e operador de retroescavadeira (1 - R$ 1.307,49). 

Estão em disputa carreiras que cobram ensino médio/técnico para agente administrativo (1 - R$ 1.475,88), cuidador (1 - R$ 1.160,15), inspetor de alunos (1 - R$ 1.035,46), desenhista (1 - R$ 1.160,15), fiscal de obras e posturas (1 - R$ 1.475,88) e técnico de enfermagem (1 - R$ 1.552,95).

As ofertas de nível superior estão distribuídas entre as funções de agente fiscal tributário (1 - R$ 2.500,79), arquiteto (1 - R$ 2.360,75) e professor de educação básica (1 - R$ 14,50 por hora/aula).

Benefícios

Além da remuneração, os contratados receberão cesta básica ou vale alimentação; cesta de Natal; vale transporte; abono aniversário; descontos em instituições de ensino; adicionais por tempo de serviço; e prêmio por assiduidade.

Inscrições

As candidaturas podem ser registradas até 11 de fevereiro, por meio do site da SHDias Consultoria e Assessoria (http://www.shdias.com.br/), banca responsável pela seleção. 

A empresa organizadora cobra taxas de participação nos valores de R$ 28,50 (oportunidades de nível fundamental), R$ 50,50 (médio) e R$ 69,50 (superior). 

Provas

O exame objetivo tem aplicação prevista para 17 de março. Os candidatos deverão solucionar 40 questões de múltipla escolha em, no máximo, três horas. 

Para participar da análise de títulos, os inscritos a agente fiscal tributário, arquiteto e professor têm até 12 de fevereiro para encaminhar os documentos à banca, via Sedex.

A seleção será finalizada com avaliação prática para os concorrentes aos postos de motorista e operador (de motoniveladora, pá carregadeira e retroescavadeira), em data a ser definida. 

O concurso terá validade de um ano, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Prefeitura de Itu, de acordo com o edital.

O que estudar para a prova (vagas de nível fundamental)

Língua portuguesa - Ortografia; Divisão Silábica; Gênero, Número; Frases; Sinais de Pontuação; Acentuação; Relação entre palavras; Uso da crase; sinônimos, homônimos e antônimos; Fonemas e letras; Substantivo; Adjetivo; Artigo; Numeral; Verbos; Conjugação de verbos; Pronomes; Encontros vocálicos; Encontros consonantais e dígrafo; Tonicidade das palavras; Sílaba tônica; Sujeito e predicado; Formas nominais; Locuções verbais; Adjuntos adnominais e adverbiais; Termos da oração; Concordância nominal; Concordância verbal; Regência verbal; Vozes verbais; Regência nominal; Aposto; Vocativo; Interjeição; Funções e Empregos das palavras “que” e “se”; Uso do "Porquê"; Comparações; Criação de palavras; Uso do travessão; Discurso direto e indireto; Imagens; Pessoa do discurso; Relações entre nome e personagem; História em quadrinhos; Relação entre ideias; Intensificações; Personificação; Oposição; Provérbios; Discurso direto; Onomatopeias; Oposições; Repetições; Relações; Expressões ao pé da letra; Palavras e ilustrações; Metáfora; Associação de ideias. LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.

Matemática e raciocínio lógico - Números inteiros; Números Naturais; Numeração decimal; Operações fundamentais como: Adição, Subtração, Divisão e Multiplicação; Antecessor e Sucessor; Medindo o tempo: horas, minutos e segundos; Problemas matemáticos; radiciação; potenciação; máximo divisor comum; mínimo divisor comum; Sistema de medidas: medidas de comprimento, superfície, volume, capacidade, tempo e massa; problemas usando as quatro operações. Conjunto de números: naturais, inteiros, racionais, irracionais, reais, operações, expressões (cálculo); Porcentagem; Juros Simples; Regras de três simples e composta; Sistema Monetário Nacional (Real); Equações: 1º e 2º graus; Inequações do 1º grau; Expressões Algébricas; Fração Algébrica; Sistemas de numeração; Operações no conjunto dos números naturais; Operações fundamentais com números racionais; Múltiplos e divisores em N; Radiciação; Conjunto de números fracionários; Operações fundamentais com números fracionários; Problemas com números fracionários; Números decimais; introdução à geometria; Geometria Plana: Plano, Área, Perímetro, Ângulo, Reta, Segmento de Reta e Ponto; Teorema de Tales; Teorema de Pitágoras; Noções Básicas de trigonometria; Relação entre grandezas: tabelas e gráficos; Avaliação de sequência lógica e coordenação viso-motora, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos, reversibilidade, sequência lógica de números, letras, palavras e figuras. Problemas lógicos com dados, figuras e palitos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio quantitativo e raciocínio sequencial.
 

Continuar lendo

Atualizado: 08/01/2019 - 14:11

Santos: Prodesan abre inscrição de concurso com 51 vagas

Edital do concurso Prodesan (Progresso e Desenvolvimento de Santos) reúne cargos de níveis fundamental, médio e superior. Salários podem chegar a R$ 6,3 mil

Litoral paulista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prodesan (Progresso e Desenvolvimento de Santos), no litoral paulista. O edital conta com 51 vagas para contratação imediata, além de chances para cadastro reserva (CR).

Com ensino fundamental incompleto é possível concorrer como auxiliar de limpeza (20 postos), auxiliar operacional (10), coletor de lixo (5), rasteleiro (CR), servente de obras (4) e soldador (CR). 

Podem disputar as funções de ajudante geral feminino (1) e ajudante geral masculino (1) candidatos que cursaram, no mínimo, até a quarta série do nível fundamental. Já quem concluiu esse ciclo escolar encontra opções como motorista CNH "D" (2), oficial de manutenção predial (1) e vigia noturno (1).

• APOSTILAS PRODESAN 2019 - DIVERSOS CARGOS

São ofertadas chances de ensino médio/técnico para auxiliar administrativo (1), fiscal de limpeza (3), técnico de desenvolvimento aplicações PHP (CR), técnico de edificações (CR), técnico de informática (CR), técnico de manutenção de informática (1), técnico de operações de rede (CR) e topógrafo (CR). 

As oportunidades que cobram curso superior são para advogado (1), analista de sistemas (CR), analista de suporte técnico (CR), arquiteto (CR), engenheiro - elaboração de orçamentos (CR), engenheiro - projetos de estruturas para construções civis (CR), engenheiro - projetos de instalações elétricas prediais (CR) e engenheiro - projetos de instalações hidráulicas (CR).  

Salários

As remunerações iniciais variam de R$ 570,50 a R$ 5.732,59, a depender da vaga ocupada e do regime de trabalho. Os vencimentos ainda serão acrescidos de vale alimentação entre R$ 488,84 e R$ 577,72, podendo passar de R$ 6.310. 

Os profissionais contratados terão vínculo regido pelas normas da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e cumprirão carga horária variando de 120 a 220 horas mensais, conforme as necessidades da empresa. 

Como se inscrever

O concurso é organizado pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), que recebe inscrições até 31 de janeiro e cobra taxas entre R$ 47 e R$ 92.

Os interessados devem preencher formulário de cadastro disponível no site www.ibamsp-concursos.org.br. O telefone para contato com a banca é o (11) 5583-3388.

Provas do concurso Prodesan 2019

A aplicação da avaliação objetiva está agendada para 24 de fevereiro. O número de questões (30 ou 40) e as disciplinas (língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos específicos) da prova variam de acordo com cada cargo.

As outras fases da seleção incluem análise de títulos (para advogado, analista, arquiteto, engenheiro, técnico e topógrafo), com entrega dos documentos também em 24 de fevereiro, e teste prático (motorista e rasteleiro), em data a ser definida.

O concurso terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Prodesan, conforme prevê o edital

Principais cargos

Os contratados para a função de auxiliar de limpeza (20 postos) terão como funções: fazer serviço de limpeza em geral, mecânica ou manual, em dependências de prédios da empresa e municipais, inclusive na área da saúde; varrer, lavar, secar e encerar salas, corredores e demais recintos; limpar e desinfetar banheiros e sanitários aplicando produtos de higiene apropriados: lavar azulejos, pisos, vidros de janelas; limpar tapetes, passadeiras, carpetes e persianas; limpar pátio, varrendo e lavando quando for o caso; limpar moveis e equipamentos de escritório, carteiras escolares, portas, batentes, passando pano úmido e outros produtos recomendados; fazer limpeza e desinfecção de aparelhos telefônicos, pias, lavatórios e as partes externas dos bebedouros e aparelhos de ar condicionado; entre outras atividades.  

Já para os profissionais que ocuparem as dez vagas de auxiliar operacional, as atribuições são as seguintes: efetuar serviços de limpeza no sistema de drenagem de águas pluviais da cidade, principalmente, em canais, galerias, ramais, bocas-de-lobo, canaletas, poços de visita e caixas decantadoras nos sopés dos morros, constando de coleta e acondicionamento dos resíduos sólidos e seu carregamento para o veículo de transporte. Executar serviços de natureza braçal em geral. Transportar caixas e objetos. Fazer limpeza em todas as áreas de próprios municipais (exceto na área da saúde). Limpar e higienizar banheiros. Fazer limpeza em equipamentos e lavagem de veículos quando solicitado. Executar outras tarefas correlatas quando solicitado.
 

Continuar lendo

Atualizado: 08/01/2019 - 13:15

Concurso em Coronel Macedo SP inscreve para 20 vagas

Ofertas da prefeitura são destinadas a cargos de níveis médio, técnico e superior. Prazo se encerrará no dia 21 de janeiro

Salários de até R$ 4 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No interior do Estado de São Paulo, a Prefeitura Municipal de Coronel Macedo abriu as inscrições do concurso público que selecionará 20 vagas do seu quadro de pessoal. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

O cargo de agente administrativo (1 vaga) exige diploma de conclusão de curso de ensino médio. O salário inicial é de R$ 1.397,02.

Para quem tem curso técnico, as chances do edital são para as funções de agente técnico em segurança do trabalho (1) e técnico de raio-x (CR). Os respectivos vencimentos são de R$ 1.950 e R$ 1.431,48.

Candidatos que têm o nível superior podem disputar os postos de agente coordenador de tributos (1), agente de contabilidade pública (1), agente farmacêutico II (1), cirurgião dentista (1), diretor de escola (2), fonoaudiólogo (1) e professor nas especialidades de auxiliar (10), educação básica I (CR), artes (1) e educação física (CR). As remunerações variam de R$ 1.841,54 a R$ 4.070,26.

Inscrições do concurso da Prefeitura de Coronel Macedo SP

A participação deverá ser garantida até o dia 21 de janeiro de 2019, através do site da OM Consultoria Concursos (www.omconsultoria.com.br), banca organizadora do certame. Os valores da taxa são de R$ 50 (ensino médio) e R$ 100 (níveis técnico e superior). 

Serão aceitas inscrições para mais de um cargo, desde que a prova objetiva seja aplicada em períodos distintos, especificados a seguir: horário A para agente administrativo, agente de contabilidade pública, agente técnico em segurança do trabalho, técnico de raio-x, professor de educação física e professor de educação básica I; e horário B para agente coordenador de tributos, agente farmacêutico II, cirurgião dentista, diretor de escola, fonoaudiólogo, professor auxiliar e professor de artes.

Informações sobre as provas

Todos os participantes serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório. Ela será composta por 40 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, noções de informática, atualidades, legislação, conhecimentos pedagógicos e/ou conhecimentos específicos. 

O exame terá duração máxima de três horas e será publicado no município de Coronel Macedo/SP em data, horário e local a serem divulgados no site da OM Consultoria, com antecedência mínima de cinco dias. 

Aqueles que pleiteiam os empregos de diretor de escola e professores ainda serão submetidos a análise de títulos, apenas classificatória. 

Atribuições do agente administrativo

Desempenho de funções relativas aos serviços nas áreas de secretariado, digitação, protocolo, registro, arquivos, classificação e expedição de correspondência; executar tarefas administrativas internas e externas, copiadoras; controlar entrada e saída de materiais de consumo; e outras tarefas determinadas pelo superior imediato, compatíveis, complementares e afins com o cargo.
 

Continuar lendo

Atualizado: 08/01/2019 - 12:40

Concurso Depen tem pedido que registra movimentações

Oportunidades do concurso Depen (Departamento Penitenciário Nacional) são para os cargos de agente, técnico e especialista. Níveis médio, técnico e superior

1.580 vagas

Por JCConcursos - Da Redação

O concurso Depen (Departamento Penitenciário Nacional) pode estar cada vez mais próximo, acontece que avançou no Ministério da Economia o pedido que prevê a autorização para a criação de 1.580 vagas a serem preenchidas por meio de uma seleção.

A movimentação ocorreu no final de dezembro quando o protocolo foi concluído na Divisão de Provimento e Vacância, onde estava parado desde o dia 3 de dezembro do mesmo mês.

• CURSO DEPEN

Vale lembrar que o caso do Depen é diferente de outros órgãos, pois ele ainda depende da criação das vagas para então poder receber o aval do certame.

Detalhes sobre a solicitação em andamento

Do total de oportunidades do pedido, 1.440 são para o cargo de agente federal de execução penal. Neste caso, para concorrer é necessário possuir ensino médio e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 6.030, incluindo gratificação de desempenho e auxílio-alimentação de R$ 458. Para os servidores veteranos, a remuneração chega a R$ 10.202,50.

O requerimento também inclui 36 vagas para o cargo de técnico federal de apoio à execução penal, que pede nível médio ou médio/técnico, com inicial de R$ 4.120,28.

Por fim, as 104 chances restantes são para o cargo de especialista federal em assistência à execução penal, para quem possui formação de nível superior em áreas específicas. O inicial, neste caso, é de R$ 5.865,70.

Moro planeja fortalecer órgão

Ao assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o ministro Sérgio Moro disse que uma de suas propostas é reestruturar o sistema penitenciário.

Moro afirmou que pretende incrementar qualidade nas penitenciárias federais para que haja o controle das comunicações de organizações criminosas com o mundo exterior.

 

Cargo de agente

Conhecido anteriormente como agente penitenciário federal, a função de agente federal de execução penal teve sua nomenclatura alterada com a lei 13.327/2016.

Quem ocupa o posto tem o dever de fazer o exercício das atividades de atendimento, vigilância, custódia, guarda, escolta, assistência e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais e de internamento federais, integrantes da estrutura do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania, e das atividades de natureza técnica, administrativa e de apoio a elas relacionadas.

Vale ressaltar que o documento que solicita a criação dos postos ainda altera a escolaridade, de nível médio para o superior.

Último concurso do Depen

Em 2014, o Departamento Penitenciário Nacional lançou edital com 258 vagas e cadastro reserva de pessoal. As oportunidades foram distribuídas entre as carreiras de agente, técnico e especialista.   A lotação ocorreu na sede (localizada em Brasília/DF) ou em uma das cinco penitenciárias federais situadas nas cidades de Brasília/DF, Campo Grande/MS, Catanduvas/PR, Mossoró/RN e Porto Velho/RO.   Sob a organização do Cespe/UnB, a triagem constou de provas objetivas, testes discursivos, aptidão física, avaliação psicológica, exame médico e investigação social.   Os exames objetivos apresentaram 120 questões sobre conhecimentos básicos (língua portuguesa, atualidades, noções de ética no serviço público, noções de direitos humanos e participação social), complementares e específicos. Já os testes discursivos foram compostos por um texto dissertativo de até 30 linhas acerca de tema baseado em conhecimentos básicos de atualidades.   As provas foram realizadas em todas as capitais brasileiras, mais o Distrito Federal e as cidades de Catanduvas/PR e de Mossoró/RN.
Continuar lendo

Atualizado: 08/01/2019 - 12:04

Prefeitura de Altinópolis SP abre concurso com 22 vagas

Concurso da Prefeitura de Altinópolis tem oportunidades para monitor de creche, inspetor de aluno, agente especializado em educação, psicopedagogo e professor. Inscrições vão até 4 de fevereiro

Três editais

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A cidade de Altinópolis, localizada a cerca de 350 km da capital paulista, abriu concurso para preencher 22 vagas, entre efetivas e temporárias, no quadro de servidores da prefeitura. As oportunidades estão distribuídas em três editais.

Há ofertas de nível médio para monitor de creche (1 - R$ 1.006), inspetor de aluno (1 - R$ 1.006) e agente especializado em educação nas áreas de artes marciais (1 - R$ 1.168,86), dança (1 - R$ 1.168,86), música (1 - R$ 1.168,86) e artesanato (1 - R$ 1.168,86).

As funções que cobram curso superior se destinam a agente especializado em educação - instrução técnica desportiva (1 - R$ 1.168,86), psicopedagogo (1 - R$ 3.392,41) e professor nas áreas de educação básica/ensino fundamental (1), educação básica/ensino infantil (1), ensino fundamental (1), ensino infantil (1), língua portuguesa (1), matemática (1), inglês (1), geografia (1), arte (1), ciências (1), história (1), educação física (1), acompanhamento pedagógico (1) e esporte e recreação (1), com vencimentos de R$ 15,81 por hora/aula. 

Como se inscrever

O processo seletivo é organizado pelo Ibrasp Consultoria e Concursos, que recebe inscrições até 4 de fevereiro e cobra taxas de R$ 40 (nível médio) e R$ 50 (superior).

As candidaturas devem ser registradas exclusivamente pela internet, mediante o preenchimento de formulário eletrônico disponível na página https://www.ibraspconcursos.com.br/. O telefone para contato com a banca é (62) 3609-2344. 

Fases do concurso

Composta por 40 questões de múltipla escolha, a prova objetiva tem aplicação prevista para três datas de março: dias 10, 17 e 24, a depender da vaga em disputa. 

Para os concorrentes a professor de educação básica/ensino infantil, professor de educação básica/ensino fundamental e psicopedagogo, a seleção prevê também análise de títulos, com entrega dos documentos durante a avaliação escrita. 

Conteúdo programático parcial para cargos de nível médio

Língua portuguesa - Interpretação de textos: princípios de coesão e coerência textuais. Ortografia. Variação linguística: as diversas modalidades do uso da língua. Níveis de linguagem. Acentuação gráfica. Uso da crase. Pontuação. Estrutura e formação das palavras. Concordância verbal e nominal. Figuras de linguagem. Classes de palavras. Termos da oração. Orações coordenadas e subordinadas.

Matemática - Números naturais e operações fracionárias e decimais. Expressão numérica e algébrica. Conjuntos. MMC e MDC. Razão. Proporção. Regra de três. Porcentagem. Juros Simples e Juros Compostos. Equação do 1º e 2º grau. Progressões. Estatística básica. Análise Combinatória: (Permutação, Arranjos, Combinação). Probabilidade. Estatística básica. Medidas de Comprimento e Superfície. Medidas de volume e Capacidade. Medida de Massa. Noções de lógica.

Conhecimentos gerais e atualidades -  Panorama local, nacional e internacional contemporâneo. Panorama da economia nacional e internacional. Atualidades do Brasil e do mundo. Assuntos ligados ao cotidiano e atualidade do Brasil e do Mundo nas áreas: educação, econômica, cientifica, tecnológica, política, cultura, esportiva, saúde, meio ambiente e social do município, de São Paulo e do Brasil. Ética Profissional. Noções de Cidadania, Higiene e Saúde. 

Continuar lendo

Atualizado: 07/01/2019 - 15:03

Prefeitura de Barueri SP abre concurso com 39 vagas

Edital do concurso de Barueri SP 2019 oferece chances para candidatos de todos os níveis escolares. Inscrições serão recebidas até o dia 22 de janeiro

Ganhos de até R$ 8,6 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Na Grande São Paulo, a apenas 33 km da capital, as inscrições estão abertas para o concurso público da Prefeitura Municipal de Barueri 2019 que preencherá 39 vagas do seu quadro de pessoal. Do total de ofertas, 11 são reservadas a pessoas com deficiência. 

Quem concluiu o ensino fundamental pode disputar as funções de agente de serviços (2 vagas) e agente operacional (2), cujos respetivos salários iniciais são de R$ 1.233,75 e R$ 1.480,50.

Para ensino médio e/ou curso técnico, as chances do edital são para os empregos de auxiliar de farmácia (2), instrutor de libras (2), motorista (5), técnico em segurança do trabalho (1), telefonista (2) e tradutor e intérprete de libras (2). Os vencimentos oscilam entre R$ 1.680 e R$ 2.682,75. 

• APOSTILAS DIVERSOS CARGOS

Nível superior é requisito para os cargos de agente de inclusão escolar (10), farmacêutico (2), nutricionista (2), psicopedagogo (2) e médico nas especialidades de ginecologista/obstetra (1), neurologista infantil (1), pediatra (1), psiquiatra infantil (1) e reumatologista (1). As remunerações variam de R$ 3.622,50 a R$ 8.657,25. 

Como se inscrever no concurso da Prefeitura de Barueri SP

Interessados devem preencher a ficha cadastral no site da banca organizadora do certame, que é a RBO Assessoria Pública e Projetos Municipais (www.rboconcursos.com.br), e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 14,70 para todos os postos. O prazo se encerrará no dia 22 de janeiro de 2019. 
 
Os candidatos poderão se inscrever para mais de um cargo, desde que a prova objetiva seja aplicada em horários distintos, especificados a seguir: período A para agente de inclusão escolar, agente de serviços, auxiliar de farmácia, instrutor de libras, farmacêutico, motorista e psicopedagogo; e período B para agente operacional, médicos, nutricionista, telefonista, técnico em segurança do trabalho e tradutor e intérprete de libras.

Mais informações sobre as provas

Todos os participantes serão submetidos à prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 60 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado na cidade de Barueri/SP no dia 17 de fevereiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado no site da RBO Concursos a partir do dia 9 desse mesmo mês. 

O concurso ainda será constituído das seguintes etapas: prova prática, eliminatória e classificatória, para os cargos de instrutor de libras, motorista e tradutor e intérprete de libras; e análise de títulos para médicos, unicamente classificatória. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 07/01/2019 - 14:58

Bacen deve enviar pedido para novo concurso em 2019

Pedido anterior do concurso Banco Central (Bacen) encaminhado ao Ministério do Planejamento era para os cargos de analista e procurador, ambos com exigência de nível superior

Expectativa de 220 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

O pedido do concurso Bacen (Banco Central do Brasil, também conhecido BC ou BCB) foi negado, em dezembro, pelo antigo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). A expectativa é de que o órgão faça logo uma nova solicitação em 2019, ao atual Ministério da Economia.

A solicitação anterior era para o preenchimento de 220 vagas, sendo 200 para a carreira de analista e 20 de procurador. Ela não contemplou o cargo de técnico, como a sua antecessora.

Esta seleção tem sido bastante pleiteada devido à grande defasagem de pessoal. No momento, existem mais de 2.000 postos vagos, sem contar com as futuras aposentadorias, ou seja, cerca de 36% do quadro de pessoal do Banco Central não está preenchido. O déficit total é de 2.356 servidores, sendo 1.944 analistas, 289 técnicos e 123 procuradores - vale ressaltar que o número pode sofrer alterações a qualquer momento.

Em entrevista anterior ao JC, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Dario Piffer, chegou a comentar que o Bacen não consegue atender a toda demanda e que “essa situação traz problemas de toda a ordem, sendo uma das áreas mais prejudicadas a da fiscalização; por conta disso, o Banco Central prioriza somente as demandas consideradas mais importantes".

Cargos do Banco Central

Os postos de analista e procurador aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação - neste caso, os vencimentos correspondem a R$ 16.286,90 e a R$ 17.788,33, respectivamente.

Vale ressaltar que as remunerações já incluem o valor do benefício-alimentação, que equivale a R$ 458 mensais.

APOSTILAS CONCURSO BANCO CENTRAL (BACEN) - TÉCNICO DE SUPORTE ADMINISTRATIVO

CURSO ONLINE CONCURSO BANCO CENTRAL (BACEN) - PROCURADOR

Requisitos para técnico

A função de técnico, não contemplada mais no pedido, continua exigindo apenas certificado de ensino médio emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e oferece salário inicial de R$ 6.463,44.

A a lei 13.464 em julho de 2017, sancionada pelo então presidente Michel Temer, vetou a modificação no requisito para nível superior desta função. A justificativa foi uma “inconstitucionalidade formal, por configurar situação de impertinência temática ao objeto inicial da Medida Provisória, vedada segundo decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal em julgamento de Ação Direta de Inconstitucionalidade”.

Edital anterior para técnico e analista

Em 2013, o Banco Central promoveu seleção com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e a remuneração inicial oscilou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

A carreira de técnico apresentou 100 oportunidades e estava dividida entre as áreas de suporte técnico-administrativo e segurança institucional. A exigência era de ensino médio completo.

Destinado a profissionais de nível superior, o cargo de analista (400) estava distribuído em seis áreas de conhecimentos: análise e desenvolvimento de sistemas, suporte à infraestrutura de tecnologia da informação, política econômica e monetária, contabilidade e finanças, infraestrutura e logística, e gestão e análise processual.

O processo seletivo constou de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos – este último apenas para analista. Depois, houve um programa de capacitação aos candidatos aprovados.

Todos os profissionais contratados pelo concurso foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).

Seleção anterior para procurador

O Banco Central publicou em agosto de 2013 um edital com 15 oportunidades na função de procurador. Do total de ofertas, 14 foram para Brasília e uma para Belém.

Também sob a organização do Cespe/UnB, o processo seletivo avaliou os concursandos por meio de teste objetivo, inscrição definitiva, provas discursivas, exame oral e análise de títulos.

Continuar lendo

Shopping