X

Concurso

  • indique
  • imprimir
    Levantamento recente

    Senado Federal tem 1.059 postos vagos em seu quadro

    Oportunidades em aberto são para os cargos de técnico, analista, advogado e consultor legislativo. Novo concurso do Senado Federal já está em pauta

    DF

    Senado

    Alertas Concursos Senado

    O último levantamento do Senado Federal, de 12 de janeiro, aponta que o órgão tem um déficit de nada menos que 1.059 servidores, que devem ser contratado por meio de novos concursos públicos.

    As oportunidades vagas são para cargos de todos os níveis de escolaridade, sendo que o preenchimento delas é para Brasília (DF). No total, são três vagas para advogado, 443 para analista, 35 para consultor legislativo e 5788 para técnico legislativo.

    As especialidades do técnico legislativo são de administração (86 vagas), arquivologia (1), assistência a plenários e portarias (1), comunicação social (4), contabilidade (5), eletrônica e telecomunicações (8), enfermagem (5), informática legislativa (71), odontologia (1), policial legislativo federal (135), processo industrial gráfico (86) e processo legislativo (180).

    No caso do analista legislativo, há chances em aberto nas áreas de administração (68), arquitetura (3), arquivologia (7), biblioteconomia (14), comunicação social (20), contabilidade (4), enfermagem (2), engenharia (1), estatístico (2), farmácia (1), informática legislativa (42), medicina (2), nutrição (1), orçamento público (11), pesquisador de opinião (5), processo industrial gráfico (5), processo legislativo (208), redação e revisão (20), registro e redação parlamentar (16) e tradução e interpretação (3).

    O emprego de consultor legislativo apresenta defasagem nas especialidades de assessoramento em orçamentos (4) e assessoramento legislativo (31).


    As remunerações iniciais oferecidas pelo Senado Federal correspondem a R$ 16.014,16 para técnico, a R$ 21.347,32 para analista e a R$ 27.582,21 para consultor e advogado.

    Comissão do concurso Senado Federal


    No dia 25 de agosto, foi feito um ato do 1° secretário regulamentando as comissões e as bancas organizadoras das próximas seleções.

    Pelo documento, os grupos não poderão ser formados por cônjuge, companheiro ou parente, por consanguinidade ou afinidade até o terceiro grau de quem trabalha no órgão, inclusive, de candidato inscrito no certame.

    No ato ainda consta o seguinte texto: "Os membros das Comissões Organizadoras e das Bancas Examinadoras firmarão termo declarando que não são cônjuges, companheiros ou parentes, por consanguinidade, ou afinidade até o terceiro grau, inclusive, de candidato inscrito ou a ser inscrito no certame, bem como não ser ou ter sido professor de curso preparatório para concurso público para ingresso nos quadros de pessoal do Senado Federal nos seis meses anteriores à publicação do edital que regule o certame".

    A regulamentação visa a proteger os futuros concursos do Senado Federal contra interesses de servidores. E, em meio à alta defasagem de pessoal que o órgão tem atualmente, este é um sinal de que, em breve, deve se movimentar para abrir novo processo seletivo.

    Outros detalhes sobre os cargos do Senado


    A carreira de técnico se destina aos candidatos com certificado de nível médio e/ou curso técnico, desde que emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Para as posições de analista, consultor e advogado é aceito diploma de formação superior em diversas áreas de atuação.

    Como não há nenhum processo seletivo em vigência para o órgão, a expectativa é de que com este índice de falta de servidores seja aberto em breve novo concurso do Senado Federal.

    Último concurso Senado Federal


    Em 2012, o Senado promoveu seleção com 246 vagas para técnico, consultor e analista. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Getúlio Vargas.

    O processo seletivo constou de provas objetiva e discursiva para todos os candidatos. Também houve análise de títulos para consultor legislativo e teste prático para analista na especialidade de taquigrafia.

    Apesar das oportunidades serem preenchidas apenas no Distrito Federal, as avaliações foram aplicadas em todos os Estados brasileiros.
      • 31/03/2017 (sexta-feira) - Previsão de Concursos

      Ficha técnica do Concurso Senado

      Concurso: Senado
      N de vagas: 0
      Cargo: Técnico, Analista, Consultor, Vários cargos
      Escolaridade: Médio Superior Técnico
      Estados com Vagas: DF
      Área de Atuação: Administrativa Judiciária / Jurídica
      Faixa de Salário: De R$ 16.014,16 até R$ 27.582,21
      Taxa de Inscrição:
      Organizadora: O próprio órgão
      Cidade:

      Vídeo do Concurso Senado

      Internet: vilã ou fonte inesgotável de conteúdo?


      Concursos Relacionados

      Veja todas as notícias