X

Concurso

  • indique
  • imprimir
  • 8-
  • 24-
Segundo diretor

Sem concurso, PRF pode entrar em colapso em 2018

De acordo com diretor-geral da PRF, Antônio Borges Dias, carência de pessoal pode chegar a 4.800 policiais caso o concurso 2018 não seja autorizado o quanto antes. Exigência de nível superior e inicial de R$ 9,4 mil

AC, AL, AP, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MT, MS, MG, PA, PB, PR, PE, PI, RJ, RN, RS, RO, RR, SC, SP, SE, TO

PRF

Alertas Concursos PRF

Em declaração à imprensa, no último dia 1º de dezembro, o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Renato Antônio Borges Dias, disse que a corporação pode entrar em colapso, no decorrer de 2018, caso não seja autorizada a realização do seu novo concurso público. De acordo com ele, a carência de pessoal, que atualmente já é de 2.800 policiais, deve chegar a 4.800 até o final de 2018, em decorrência de aposentadorias, o que reforça a necessidade de nova seleção para repor o efetivo, o quanto antes. Ele ressalta que estão projetadas nada menos do que 2.053 aposentadorias para 2018.

Além de prejudicar as atividades operacionais, a falta de pessoal deverá acarretar o fechamento de 124 postos no país, caso o concurso PRF 2018 não seja autorizado. Caso isso ocorra, aproximadamente 400 municípios serão prejudicados, com a suspensão de policiamento em 18 mil quilômetros de rodovias. 

Enquanto isso, o pedido de autorização do certame continua parado no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) onde, desde o dia 1º de junho, se encontra em análise na Divisão de Concursos Públicos.

A necessidade de pessoal é tanta que a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) tem buscado apoio junto ao Congresso Nacional, no sentido de pressionar o governo a atender algumas necessidades da categoria, incluindo a reposição de quadros, por meio de novo concurso público.

Segundo informações do próprio sindicato, o pedido que tramita no MPDG é para o preenchimento de 2.778 oportunidades, o que corresponde a apenas um pouco mais que o total de aposentadorias previstas para o próximo ano. .

De acordo com a FenaPRF, o órgão tem pretensão de formar quatro novas turmas ainda em 2018. A PRF argumentou em seu pedido que nos últimos quatro anos uma grande quantidade de servidores se aposentou o que deixou uma lacuna de quase 3.000 postos e que isso tem prejudicado a segurança nas rodovias.

APOSTILA CONCURSO PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO
CURSO ONLINE PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL 

No mesmo memorando encaminhado ao Planejamento, foi sugerido que seja autorizado um concurso público sempre que o número de postos vagos exceder a 5% dos respectivos cargos ou com menor número, de acordo com a necessidade e critério do Ministério da Justiça.

Vale lembrar que, no sentido de agilizar o processo, a PRF já conta com uma minuta do edital pronta, elaborada desde o final de 2016, com o objetivo de permitir que o concurso possa ser iniciado imediatamente após a eventual autorização do MPDG.

Para concorrer ao cargo de policia rodoviário é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais.


Ads

Vagas na Polícia Rodoviária Federal

A PRF solicitou 2.778 vagas. Agora só falta a autorização do concurso. Antecipe seus estudos e garanta sua vaga com quem é especialista em aprovação. Passa na Central que você passa. Confira.


Valorização profissional na PRF


Um ponto importante é que a carreira passa por um processo de valorização, em decorrência da lei 13.371, sancionada pelo presidente Michel Temer em 15 de dezembro, que concede aumentos progressivos para a corporação. Com isto, o inicial, que era de R$ 7.167,91, incluindo salário de R$ 6.719,91 e o auxílio-alimentação de R$ 458, a partir de janeiro passou a ser de R$ 9.491,98, já com o adicional.

Além disso, a carreira contará com mais dois reajustes, em janeiro de 2018 e janeiro de 2019, com iniciais passando, respectivamente, para R$ 9.931,57 e R$ 10.357,88, com o atual valor do auxílio.

Atribuições do policial rodoviário


Cabe ao servidor da área desenvolver atividades de natureza policial, envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Concurso anterior


O último concurso da PRF para o cargo de policial rodoviário ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. Ao todo foram registrados 109.769 inscritos para a oferta de 1.000 vagas. A seleção contou com prova objetiva, exame discursivo, teste de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de títulos.

A parte objetiva contou com 120 itens, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Conhecimentos básicos contou com temas sobre língua portuguesa, matemática, noções de direito constitucional, ética no serviço público e noções de informática. Já em conhecimentos específicos, noções de direito administrativo, noções de direito penal, noções de direito processual penal, legislação especial, direitos humanos e cidadania, legislação relativa ao DPRF e física aplicada à perícia de acidentes rodoviários.
  • 8-
  • 24-
  • 31/12/2018 (segunda-feira) - Previsão de Concursos

Ficha técnica do Concurso PRF

Concurso: PRF
N de vagas: 2778
Cargo: Policial
Escolaridade: Superior
Estados com Vagas: AC AL AP AM BA CE DF ES GO MA MT MS MG PA PB PR PE PI RJ RN RS RO RR SC SP SE TO
Área de Atuação: Segurança Pública
Faixa de Salário: De R$ 9.491,00 até R$ -
Taxa de Inscrição:
Organizadora: O próprio órgão
Cidade:

Vídeo do Concurso PRF

Quanto custa se tornar um servidor público?


Sobre PRF

A Polícia Rodoviário Federal está presente em todo o território nacional. Conta com uma unidade administrativa central, a sede nacional, em Brasília, e unidades administrativas regionais, com 22 superintendências nos Estados de GO, MT, MS, MG, RJ, SP, ES, PR, SC, RS, BA, PE, AL, PB, RN, CE, PI, MA, PA, SE, RO e TO, além de cinco distritos, em DF, AC, AM, AP e RR. Também é formada por 150 subunidades administrativas, denominadas delegacias, e 413 unidades operacionais (Uops), totalizando 550 pontos de atendimento. Cabe ao serviço da PRF garantir segurança com cidadania nas rodovias federais e nas áreas de interesse da União. Além disso, tem por objetivo ser reconhecida pela sociedade brasileira por sua excelência e efetividade no trabalho policial e pela indução de políticas públicas de segurança e cidadania.

Concursos Relacionados

Veja todas as notícias