Concurso

  • indique
  • imprimir
    Começa no domingo (20)

    Horário de verão modifica dinâmica de provas

    Concursandos precisam ficar atentos para não perderem a hora. A medida vale para as Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e estará em vigor até fevereiro

    AC, AL, AP, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MT, MS, MG, PA, PB, PR, PE, PI, RJ, RN, RS, RO, RR, SC, SP, SE, TO

     AASP
      À meia-noite do próximo domingo, 20 de outubro, os moradores de 10 Estados brasileiros e do Distrito Federal terão de adiantar o relógio em uma hora com o início do horário de verão.

      A medida é regida pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e se aplica ao Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. As Regiões Norte e Nordeste não sofrem alteração de horário.

      O objetivo é diminuir o consumo de energia nesta época do ano, que registra altas demandas por conta do calor e da produção industrial com vistas às compras de Natal. A meta para a redução no horário de pico – das 18h às 21h – para este ano é de 5%, 0,5% a mais do que o registrado no período 2012/2013. 

      Como a maioria dos concursos consideram o horário de Brasília (DF) para a aplicação de provas e encerramento de inscrições, os candidatos precisam ficar espertos para não se deixarem enganar pelos ponteiros.

      Os fusos em relação à capital do país ficam assim:

      - Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia: duas horas a menos do que em Brasília; 

      - Estados do Nordeste (inclusive Bahia), Pará, Amapá, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul: continuam com uma hora a menos;

      - Sul, Sudeste e o Estado de Goiás: adotam o horário da capital federal. 

      O horário de verão vai até o dia 16 de fevereiro.

      Com informações da EBC

      Concursos Relacionados

      Veja todas as notícias