Concurso Prefeitura Porto Nacional (TO) 2019 Em andamento

Orgão: Prefeitura Porto Nacional
Nº vagas: 504
Taxa de inscrição: de R$ 80 a R$ 120
Cargos: Motorista, Auxiliar, Agente
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde, Educação, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 998,00 Até R$ 12906,42
Organizadora: COPESE
Estados com Vagas: TO
Cidades: Porto Nacional - TO

5,00(100.0%)1 voto(s)

Publicado em 13/08/2019, às 10h19 - Atualizado em 20/08/2019, às 18h00


concurso Prefeitura Porto Nacional, no Estado do Tocantis, preencherá 504 vagas, sendo 379 imediatas e 125 para cadastro reserva (CR).

Resumo do edital

Distribuição das vagas

Quem possui nível fundamental pode concorrer como auxiliar administrativo (40 postos imediatos + 7 CR), eletricista (3 + 2 CR), merendeira (25 + 5 CR), motorista (7 + 3 CR) e motorista de veículo pesado (5 + 1 CR).

Há oportunidades com exigência de ensino médio/técnico para assistente administrativo (45 + 7 CR), agente de combate a endemias (4 + 2 CR), agente comunitário de saúde (8 + 4 CR), técnico de enfermagem (44 + 11 CR), técnico em informática (2 + 1 CR), técnico em logística (2 + 2 CR), técnico em radiologia (3 + 2 CR) e técnico em saúde bucal (5).

Curso superior é requisito do concurso de Porto Nacional 2019 para administrador (4 + 1 CR), agente de fiscalização de meio ambiente (4 + 2 CR), agente de fiscalização de postura e obras (2 + 1 CR), analista ambiental (3 + 1 CR), analista de controle interno (6 + 2 CR), arquiteto (1), assistente social (10 + 5 CR), biólogo (1), dentista (6 + 2 CR), contador (3), educador físico (2), enfermeiro (12 + 6 CR), farmacêutico (6 + 1 CR), fisioterapeuta (2 + 1 CR), médico PSF (5 + 2 CR), nutricionista (1), pedagogo (1), professor (110 + 50 CR), psicólogo (5 + 3 CR) e terapeuta ocupacional (2 + 1 CR).

Atribuições de alguns cargos

  • Auxiliar administrativo - Operação de equipamentos telefônicos e afins em conformidade com as regras que regem a atividade; proceder aos serviços de recepção nos prédios do poder público; trabalho com máquinas de reprodução gráfica, serviços de editoração gráfica, mecânica ou eletrônica de baixa complexidade; execução de serviços administrativos de baixa complexidade e outras tarefas semelhantes; executar outras tarefas correlatas ao cargo; participar de capacitações e treinamentos.
  • Assistente administrativo - Exercer as funções e atividades de: auxílio administrativo, secretariado, recepção, reprografia, organização de arquivo, catalogação de baixa e média complexidade, digitação e outras congêneres com complexidade e responsabilidades semelhantes; executar serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atender fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações sobre produtos e serviços; tratar de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos; preparar relatórios e planilhas; executar serviços gerais de escritórios; executar outras tarefas correlatas ao cargo; participar de capacitações e treinamentos.
  • Agente de combate a endemias - Exercer atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde mediante ações de vigilância à saúde; promover a educação e mobilização comunitária e outras afins, em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde - SUS e sob supervisão do gestor municipal; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional; executar outras tarefas correlatas ao cargo; participar de capacitações e treinamentos.
  • Agente comunitário de saúde - Exercer atribuições determinadas na Portaria n° 2.488, de 21 de outubro de 2011, além do exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde - SUS e sob supervisão do gestor municipal, dentre outras previstas nas Portarias Ministeriais: 44/2002 e 2.488/2011, e em conformidade com a Lei Federal nº 11.350/2006 e Lei Municipal nº 1529/2008; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional; executar outras tarefas correlatas ao cargo; participar de capacitações e treinamentos.

Conteúdo programático

Abaixo, mais detalhes sobre as disciplinas comuns a todas as vagas de nível fundamental:

  • Língua portuguesa - 1. Compreensão de texto; 2. Ortografia: acentuação, emprego de letras e divisão silábica; 3. Pontuação; 4. Classes e emprego de palavras; 5. Gênero e número dos substantivos; 6. Coletivos; 7. Sintaxe da oração; 8. Concordância; 9. Significado das palavras: sinônimos, antônimos, denotação e conotação.
  • Informática - 1. Conhecimentos de sistema operacional Windows; 2. Noções do ambiente Microsoft Office (Word e Excel); 3. Conceitos relacionados à Internet; 4. Navegadores; 5. Correio eletrônico; 6. Segurança da informação.
  • Conhecimentos regionais - 1. História e Geografia do Tocantins: povoamento e expansão através da exploração do ouro, da navegação, das atividades de mineração e da agropecuária. O processo de criação do Estado e suas diferentes fases (períodos Colonial, Imperial e Republicano). A construção da Rodovia Federal BR-153 e seus impactos na economia e sociedade tocantinenses. Organização política e territorial, divisão política, regiões administrativas, regionalização do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Hierarquia urbana, símbolos, estrutura dos poderes; patrimônio histórico e cultural, manifestações culturais; movimentos políticos; estudo da população e sua dinâmica populacional, migração, estrutura etária; indígenas e quilombolas; vegetação, clima, hidrografia e relevo; matriz produtiva, matriz energética e matriz de transporte; unidades de conservação; 2. História e Geografia do município de Porto Nacional/TO: localização geográfica e divisão política, vegetação, hidrografia e clima, meio ambiente e população; urbanização e sociedade. Poderes: judiciário, legislativo e executivo. Símbolos: brasão, bandeira e hino; patrimônio histórico.
  • Legislação municipal - 1. Lei Orgânica do Município; 2. Lei 1.435/93 (Regime Jurídico Único dos Servidores do Município) e alterações posteriores até a data de publicação deste Edital.

Acompanhamento

A equipe JC Concursos apresenta o resumo do concurso Prefeitura Porto Nacional nesta página, com as principais informações do processo seletivo. O conteúdo programático e as atribuições na íntegra podem ser conferidos no edital abaixo, disponível entre os anexos.


Cronograma

Abertura das inscrições09/05/2019
Encerramento das inscrições12/06/2019
Prova18/08/2019
Divulgação do Gabarito19/08/2019
Divulgação do Resultado18/10/2019

Notícias do concurso Prefeitura Porto Nacional (TO) 2019

Edital e Anexos

Abertura (13/08/2019) Edital de abertura de inscrições
Gabarito (19/08/2019) Gabarito - Nível fundamental
Gabarito (19/08/2019) Gabarito - Nível médio
Gabarito (19/08/2019) Gabarito - Nível superior

Provas Prefeitura Porto Nacional

Nenhuma prova encontrada

Provas COPESE

Nenhuma prova encontrada

Sobre Prefeitura Porto Nacional

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.


Comentários

Mais Lidas