MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Concurso ANM 2022 Em andamento

Orgão: ANM - Agência Nacional de Mineração
Nº vagas: 40
Taxa de inscrição: De R$ 132,00
Cargos: Especialista
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 9909,00
Organizadora: Cebraspe
Estados com Vagas: BA, DF, MG, MT, PA, SP

Publicado em 19/04/2021, às 13h10 - Atualizado em 13/04/2022, às 18h00

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O mais recente concurso da ANM (Agência Nacional de Mineração) oferece 40 vagas para especialista em recursos minerais. O salário é de R$ 9.909,30. Estão em disputa oportunidades para trabalhar nas cidades de São Paulo (2 postos), Belo Horizonte (17), Brasília (10), Salvador (2), Cuiabá (3) e Belém (6). Os candidatos devem possuir curso superior em geologia ou engenharia (nas áreas geológica, hídrica, de minas, civil, ambiental ou florestal).

Resumo do edital

Saiba como é a distribuição das vagas

Quadro de vagas ANM

Atribuições do especialista em recursos minerais

  • Atividades inerentes ao fomento e à fiscalização da exploração e do aproveitamento dos recursos minerais, à fiscalização e à proteção dos depósitos fossilíferos, ao acompanhamento e à análise das pesquisas geológicas, minerais e de tecnologia mineral, à outorga dos títulos minerários, ao acompanhamento do desempenho da economia mineral brasileira e internacional, à implementação da política mineral, ao estímulo do uso racional e eficiente dos recursos minerais, à fiscalização sobre a arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), à promoção e ao fomento do desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas, direcionadas ao conhecimento, ao uso sustentado, à conservação e à gestão de recursos minerais.

Concurso da ANM: o que estudar para as provas?

  • LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. ´
  • LÍNGUA INGLESA: 1 Compreensão de texto em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para compreensão de conteúdos semânticos.
  • NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, direitos políticos. 2 Organização do Estado: União, estados e municípios; administração pública: servidores públicos civis. 3 Sistema Tributário Nacional. 4 Ordem econômica e financeira. 5 Ordem social: seguridade social e meio ambiente.
  • NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Organização administrativa brasileira. 2 Princípios fundamentais. 3 Administração direta, administração indireta e fundacional. 4 Atos administrativos. 5 Contratos administrativos. 6 Processo de licitação. 7 Concessão de serviços públicos. 8 Autorização e permissão. 9 Poderes administrativos: vinculado, discricionário, regulamentar, disciplinar e de polícia. 10 Desapropriação. 11 Servidão. 12 Requisição. 13 Lei nº 8.666/1993 e suas alterações.
  • ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no setor público. 6 Lei nº 8.429/1992 e suas alterações. 6.1 Disposições gerais. 6.2 Atos de improbidade administrativa. 7 Lei nº 12.846/2013 e suas alterações.
  • MECÂNICA DOS SOLOS APLICADA: 1 Comportamento mecânico de solos: comportamento tensão-deformação; compressibilidade; resistência ao cisalhamento. 2 Aplicações de mecânica dos solos na solução de problemas de barragens: percolação em barragens de terra; estabilidade de taludes; estruturas de contenção aplicadas a barragens.
  • GEOLOGIA DE ENGENHARIA APLICADA: 1 Minerais e rochas. 2 Processos tectônicos. 3 Processos de alteração. 4 Intemperismo e erosão. 5 Comportamento geotécnico de solos e rochas. 6 Hidrogeologia. 7 Mapeamento geotécnico e sensoriamento remoto. 8 Noções de geologia estrutural e geomorfologia.
  • HIDROLOGIA E HIDRÁULICA DE BARRAGENS: 1 Percolação e rede de fluxo, cota-volume. 2 Borda livre, vertedouros: tipos, geometria, dimensionamento, curva de descarga, dissipadores de energia; força dinâmica. 3 Trânsito de cheias.
  • INVESTIGAÇÃO GEOLÓGICO-GEOTÉCNICA: 1 Amostragem e ensaios de campo e laboratório: ensaios de palheta (vane test), sondagens a percussão, sondagens rotativas e mistas, ensaio de Piezocone, cone elétrico e sísmico (CPT, CPTU e CPTS), compressão simples e diametral, permeabilidade, densidade, caracterização completa, compactação, adensamento, cisalhamento direto e compressão triaxial. 2 Interpretação de ensaios.
  • RUPTURA HIPÓTETICA DE BARRAGENS: 1 Modos de falha. 2 Noções de cálculo da geometria e tempo de formação da brecha de ruptura, tempo de chegada de onda, mancha de inundação. 3 Noções de simulações hidrodinâmicas. 4 Noções de tipos de escoamento: fluido newtoniano: água; fluido não newtoniano: rejeito de mineração e fluidos hiperconcentrados.
  • ESTRUTURAS DE BARRAMENTO PARA DISPOSIÇÃO DE REJEITOS: 1 Tipos de barragens. 2 Seção típica de barragens. 3 Áreas de empréstimo e materiais. 4 Programa de ensaios. 5 Solos e enrocamentos compactados. 6 Aterro hidráulico. 7 Fundações em solos e rochas. 8 Tratamento de fundações. 9 Dimensionamento de drenagem interna. 10 Estabilidade de taludes. 11 Cálculo de recalques. 12 Aspectos construtivos. 13 Principais modos de falha de barragens e casos de acidentes. 14 Manual de operação, avaliação de segurança e procedimentos de emergência. 15 Fichas de inspeção de barragens de mineração, anomalias típicas e medidas de mitigação.
  • MODELAGEM NUMÉRICA EM BARRAGENS: 1 Elasticidade e plasticidade (modelo MohrCoulomb). 2 Projeto de estabilidade de taludes: mecanismos de ruptura, aterros, métodos de análise da estabilidade, métodos de estabilização. 3. Percolação e rede de fluxo.
  • INSTRUMENTAÇÃO GEOTÉCNICA EM BARRAGENS: 1 Monitoramento por métodos diretos e indiretos. 2 Instrumentos mecânicos, resistivos, acústicos, indutivos, hidráulicos e pneumáticos. 3 Medição de deslocamentos: marcos superficiais, placas de recalques, perfilômetro de recalques, inclinômetro. 4 Medição de poropressões: tipos de piezômetros. 5 Medidor de posição do nível de água máximo. 6 Medidor de vazão.
  • GEOFÍSICA APLICADA A BARRAGENS: 1 Noções de métodos geofísicos aplicados a investigação geológica-geotécnica e monitoramento de barragens. 1.1 Interpretação. 1.2 Aplicabilidade.
  • LEGISLAÇÃO E NORMAS SOBRE BARRAGENS: 1 Lei nº 12.334/2010. 2 Lei nº 14.066/2020. 3 Resoluções CNRH nº 143/2012 e nº 144/2012. 4 Portaria DNPM nº 70.389, de 17 de maio de 2017. 5 Resoluções ANM nº 13/2019, nº 32/2020, nº 40/2020, nº 51/2020 e nº 56/2021. 6 ABNT NBR 13028:2017.

Curso grátis de língua portuguesa para o concurso da ANM

Acompanhamento

A equipe JC Concursos apresenta o resumo do concurso da ANM nesta página, com as principais informações do processo seletivo. Mais detalhes podem ser conferidos no edital abaixo, disponível entre os anexos.


Cronograma

Abertura das inscrições17/12/2021
Encerramento das inscrições10/01/2022
Prova10/04/2022
Divulgação do Gabarito12/04/2022

Notícias do concurso ANM 2022

Edital e Anexos

Abertura (10/12/2021) Edital de abertura de inscrições (2021)

Provas ANM - Agência Nacional de Mineração

Nenhuma prova encontrada

Provas Cebraspe

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
TJ RJ Técnico Judiciário - Adminitrativa
Cebraspe
2008 Prova / Gabarito
TJ RJ Analista Judiciario Administrativa
Cebraspe
2008 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre ANM - Agência Nacional de Mineração

A Agência Nacional de Mineração (ANM) que substitui o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), é uma autarquia federal sob regime especial, criada pela Lei número 13.575, de 26 de dezembro de 2017, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, dotada de personalidade jurídica de direito público com autonomia patrimonial, administrativa e financeira, tem sede e foro em Brasília, Distrito Federal, e circunscrição em todo o território nacional.

A ANM tem por finalidade promover o planejamento e o fomento da exploração mineral e do aproveitamento dos recursos minerais e superintender as pesquisas geológicas, minerais e de tecnologia mineral, bem como assegurar, controlar e fiscalizar o exercício das atividades de mineração em todo o território nacional, na forma do que dispõem o Código de Mineração, o Código de Águas Minerais, os respectivos regulamentos e a legislação que os complementa.


Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.