Concurso Coren MT 2019 Em andamento

Orgão: COREN (MT) - Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso
Nº vagas: 21
Taxa de inscrição: De R$ 80,00 Até R$ 120,00
Cargos: Técnico, Assistente, Administrador
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1867,56 Até R$ 5616,19
Organizadora: UFMT
Estados com Vagas: MT

0,00(0.0%)0 voto(s)

Publicado em 06/08/2019, às 11h34 - Atualizado em 23/09/2019, às 18h00


O concurso Coren MT (Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso) preencherá 21 vagas, além de formar cadastro reserva. Há ofertas em quatro cidades: Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá e Sinop.

Resumo do edital

Distribuição das vagas

A carreira de assistente de administração (14 postos e salário de R$ 1.867,56) é opção para candidatos com ensino médio.

Além de segundo grau, é necessário possuir formação técnica para concorrer como técnico em secretariado (1 - R$ 2.257,71).

Os cargos de enfermeiro fiscal (5 - R$ 5.616,19) e administrador (1 - R$ 5.616,19) cobram diploma de curso superior nas respectivas áreas.

Atribuições dos cargos

  • Assistente de administração - Atender os profissionais, fazer inscrição; registro de profissionais, anotar e preencher cadastros e fichas diversas; operar microcomputadores. Preencher formulários dos programas instalados; auxiliar nas tarefas do setor de lotação; operar com maquinas e equipamentos manuais, elétricos e eletrônicos relacionados com as funções do emprego público. Prestar assistência aos órgãos internos da autarquia de gerência direção coordenação, chefia e assessoramento. Efetuar registros em livros e formulários. Executar as atividades inerentes a comunicação interna, realizar a manutenção geral do cadastro de bens moveis e imóveis; prestar assistência nas tarefas ligadas ao almoxarifado e patrimônio. Protocolar o recebimento e encaminhamento de correspondência. Tramitar documentos e processos. Prestar assistência de tarefas às comissões. Digitar dados utilizando-se de planilhas eletrônicas; digitar projetos utilizando-se de processador de textos; operar terminais de consulta e prestar informações aos profissionais; conferir relatórios de digitação e efetuar procedimentos de fotocopia e ou copia de segurança dos documentos transcritos em meio magnético, trocar formulários, fitas ou cartuchos de impressora; organizar arquivos; receber documentos, conferir e digitar com presteza, segurança e atenção; fazer correção; zelar pelo equipamento; redigir cartas, ofícios memorandos e outros documentos sobre assuntos variados de competência do órgão ou setor de lotação; executar e controlar os trabalhos de rotina do setor onde estiver lotado, bem como tarefas de levantamento de dados, preparando e redigindo relatórios, demonstrativos e correspondências oficiais; examinar, instituir e informar processos sobre assuntos de sua área de atuação; proceder a analise dos documentos de rotina da área, conferindo sua exatidão a partir de normas vigentes; analisar os problemas ocorridos fora da rotina, verificando documentos, normas e regulamentos vigentes, visando propor alternativas viáveis; participar quando solicitado sob orientações das fases de planejamento. Organização, coordenação e ou execução, assim como controle das atividades desenvolvidas no órgão; receber e enviar documentos em malotes e tramitá-los, executar tarefas administrativas e de apoio técnico quando necessário e solicitado; auxiliar na cobrança de débitos, taxas, emolumentos e anuidades. Prestar informações por telefone, e-mail ou outro meio de comunicação pertinente, acompanhar e sugerir atualização das normas pertinentes a sua área; solicitar providências para manutenção de máquinas de escritório, reparo de móveis, equipamentos e instalações diversas; consolidar mensalmente dados estatísticos referentes aos atendimentos especializados prestados à comunidade e aos profissionais; informar e atender aos usuários e ao público em geral, solicitações ou reclamações referentes as atividades ligadas a sua área de ação; transcrever dados de documentos-fonte, armazenando-os no computador, de acordo com o programa utilizado e efetuar consultas em terminais de vídeo; executar atividades e prestar auxilio de âmbito social em eventos e cerimônias oficiais promovidas pelo conselho, contatos e entidades, associações, inclusive ações e visitas em campo quando determinado; arquivar documentos em meio eletrônico, realizar microfilmagem e digitalizar documentos; classificar documentos, ordenar documentos, ordenar arquivos eletrônicos, cadastrar documentos, catalogar documentos, abrir pastas, arquivar correspondência, organizar arquivos, atualizar arquivos inclusive executar atividades relacionadas a classificação e arquivos sistemáticos de cartas, fichas, documentos, fita e outros materiais e prontuários de inscrição e registros. Manter atualizado os arquivos, completando-os e aperfeiçoando o sistema de classificação. Executar outras tarefas correlatas, cumprir a legislação vigente do sistema Cofen/Conselhos Regionais e outros pertinentes e afins; zelar pelo patrimônio Coren-MT; ter disponibilidade para viagens de trabalho em área de circunscrição do Coren-MT; participar de reuniões de serviço e cursos de capacitação em território nacional, quando convocado pelo superior hierárquico.
  • Técnico em secretariado - Assessorar diretoria, gerenciando informações, auxiliando na execução de tarefas administrativas e em reuniões, marcando e cancelando compromissos; coordenar e controlar equipes e atividades; controlar documentos e correspondências; atender usuários externos e internos; Aplicar as técnicas Secretariais (arquivos, agenda, reuniões, viagens, cerimoniais etc.)
  • Enfermeiro fiscal - Realizar visitas de fiscalização de acordo com o plano elaborado pela coordenação do setor de fiscalização para jurisdição do Coren-MT adotando os procedimentos fiscalizatórios pré-determinados: analisar prontuários de prescrição de enfermagem e emitir relatórios circunstanciais e conclusivos; averiguar coerência do registro de enfermagem com a patologia; confrontar situações e fatos fiscalizados e informados com as normas e legislação do exercício da enfermagem; elaborar e preencher relatórios circunstanciais de visitas e lavrar notificações de infração; fazer relatórios e emitir conclusões das situações fiscalizadas e encontradas; auditar serviços de enfermagem; prestar orientações aos profissionais de enfermagem e aos dirigentes dos serviços da saúde, divulgando as legislações e normas do Coren-MT; orientar os profissionais da Enfermagem quanto a importância e compulsoriedade da inscrição; participar das reuniões de Diretoria e do plenário quando convocados; realizar palestras e reuniões de esclarecimentos referente ao código de ética, processo ético e dimensionamento de pessoal de enfermagem; representar o setor quando solicitado; realizar viagens de fiscalização na circunscrição do Estado do Mato Grosso; participar de reuniões de serviço e cursos de capacitação, treinamento quando solicitado; auxiliar a coordenação de fiscalização nas atividade administrativas e contribuir com propostas visando a melhoria do setor; manter a carteira nacional de habilitação atualizada e o veiculo com seguro e revisões atualizadas; manter-se regular com a anuidade do conselho; zelar pelo patrimônio do Coren-MT; conhecer e manter-se atualizado quanto as legislações que regulamentar o sistema único de saúde do Brasil; conhecer a CLT e as principais entidades de classe que representam a enfermagem no Brasil; na área de jurisdição do Coren-MT, sempre que necessário, convocado ou designado; participar de comissões, quando solicitado; receber denuncias e encaminha-las ao setor competente, colher informações no sentido de poder avaliar a sua procedência e encaminha-las a Diretoria; realizar averiguações prévias; orientar o encaminhamento de denuncias éticas ou disciplinares; notificar pessoas e profissionais em situações ilegal e irregular perante o Coren-MT; orientar quanto a obrigatoriedade do registro de Empresa e Certidão de Responsabilidade Técnica, documentos necessários e disponibilizar os impressos ao requerimento; participar de programas de divulgação do Cofen, do Coren-MT e do sistema de fiscalização; desenvolver outras atividades inerentes a fiscalização que lhe forem determinadas pela Diretoria ou chefia imediata; orientar os profissionais de enfermagem e os dirigentes das instituições de saúde no sentido de corrigirem espontaneamente as omissões, anomalias ou irregularidades porventura verificadas, registrando em formulário próprio; participar de reuniões com a chefia das unidades de fiscalização para apresentação e discussão dos relatórios das atividades realizadas e elaboração de novos planejamentos de trabalho; realizar visitas fiscalizatórias, não programadas, que lhe sejam determinadas pela Diretoria, ou chefe de unidade de fiscalização; participar da instalação das subseções do Coren-MT; cumprir a legislação profissional do Sistema Cofen/Conselhos Regionais e outros pertinentes e afins em vigência; cumprir as determinações, normas, rotinas, procedimentos operacionais padrão e escalas do coordenador ou de hierárquico superior; zelar pelo patrimônio do Coren-MT.
  • Administrador - Controle das despesas administrativas, dando o atesto às notas fiscais antes do efetivo pagamento; trabalhar diretamente com os setores de TI, patrimônio, almoxarifado, recursos humanos e serviços gerais; administração predial, bem como zelar pelo seu bom funcionamento, em todos os setores, acompanhamento e viabilização da manutenção dos equipamentos, juntamente com a área de TI; apoio ao setor de compras, a exemplo de cotação de preços e participação na comissão de licitações; captação de convênios para os profissionais inscritos no Coren-MT; gerenciamento, acompanhamento e controle dos contratos existentes; propor, executar e supervisionar análises e estudos técnicos, realizando pesquisas, entrevistas, observação local, utilizando organogramas, fluxogramas e outros; recursos para implantação ou aperfeiçoamento de sistemas, métodos, instrumentos; rotinas e procedimentos administrativos; elaborar, rever, implantar e avaliar, regularmente, instruções, formulários e manuais de procedimentos, coletando e analisando informações que conduzam a racionalização e atualização de normas e rotinas; elaborar critérios e normas de padronização, especificação, compra, guarda, estocagem, controle e alienação, baseando‐se em levantamentos e estudos, para a correta administração do sistema de materiais; elaborar pareceres, informes técnicos e relatórios, realizando pesquisas, entrevistas, fazendo observações e sugerindo medidas para implantação, desenvolvimento e aperfeiçoamento de atividades, em sua área de atuação; participar das atividades de treinamento e aperfeiçoamento de pessoal técnico e auxiliar, realizando‐as em serviço ouministrando orientações e palestras, a fim de contribuir para o desenvolvimento qualitativo dos recursos humanos, em sua área de atuação; realizações de viagens a serviço do Coren-MT; participar de programa de treinamento, quando convocado; participar, conforme a política interna da instituição, de projetos, cursos, eventos, convênios e programas de ensino, pesquisa e extensão; executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando‐se de equipamentos e programas de informática; executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

Conteúdo programático

Confira abaixo as disciplinas que serão cobradas na prova para cargos de nível médio:

  • Língua portuguesa - 1. Leitura: compreensão e interpretação de textos de variados gêneros discursivos; as condições de produção de um texto e as marcas composicionais de gêneros textuais diversos. 2. Variedades linguísticas. 3. Linguagem formal e informal da escrita padrão, oralidade e escrita. 4. Significação das palavras: sinonímia, antonímia, denotação e conotação. 5. Pontuação. 6. As classes de palavras e suas flexões. 7. Estrutura e formação das palavras. 8. Emprego de adjetivos, pronomes, advérbios, conjunções e preposições. 9. Períodos compostos por coordenação e subordinação. 10. Emprego de modos e tempos verbais. 11. Concordâncias verbal e nominal; regências verbal e nominal; colocação pronominal. 12. Coesão e coerência textual, argumentação.
  • Informática - 1. Hardware: 1.1. Conceitos básicos; 1.2. Periféricos; 1.3. Meios de armazenamento de dados; 1.4. Processadores. 2. Software: 2.1. Conceitos básicos; 2.2. Códigos maliciosos (Malware) e ferramentas de proteção (Antimalware); 2.3. MS Windows 10; 2.4. Editores de textos: LibreOffice Writer 6.2.4 e MS Word 2016; 2.5. Planilhas eletrônicas: LibreOffice Calc 6.2.4 e MS Excel 2016. 3. Internet: 3.1. Conceitos básicos e segurança da informação; 3.2. Navegadores: Internet Explorer 11, Mozilla Firefox 67.0.4, Google Chrome 75.0.3770.100; 3.3. Conceito e uso de e-mail; 3.4. Busca na web.
  • Legislação básica em saúde/enfermagem - Lei de Criação do Sistema Cofen/Conselhos Regionais (Lei N.º 5.905/73), Lei do Exercício Profissional (Lei N.º 7.498/86; Lei n.º 8.967/94 e Decreto N.º 94.406/87). 2. Legislação básica do SUS (Lei N.º 8.080/90 e 8.142/90). 3. Resolução Cofen N.º 507/2016.
  • Raciocínio lógico (assistente de administração) - 1. Definição de proposição. 2. Tradução de proposições da linguagem natural para a linguagem simbólica e vice-versa. 3. Tabelas-verdade. 4. Condições existentes na condicional. 5. Equivalências lógicas. 6. Tautologia, Contradição e Contingência. 7. Quantificadores. 8. Negação com quantificadores. 9. Diagramas lógicos. 10. Principais regras de inferência. 11. Argumentos. 12. Validade de um argumento. 13. Argumentos que envolvem verdades e mentiras. 14. Problemas sobre cruzamento de informações. 15. Sequências lógicas numéricas e simbólicas.
  • Conhecimentos específicos (técnico em secretariado) - 1. Técnicas Secretariais. 2. Lei de Regulamentação e Código de Ética Profissional. 3. Noções de Direito e Legislação: 3.1. Administração Pública: conceito, natureza e fins; 3.2. Princípios básicos: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. 4. Arquivo de documentos: tipologia documental; fases ou idades; gestão documental. 5. Competências profissionais: sigilo e postura profissional. 6. Elaboração e controle de agenda de compromissos. 7. Planejamento de viagens e suas etapas. 8. Atendimento ao público e telefônico. 9. Preparação e acompanhamento de reuniões. 10. Aspectos fundamentais da comunicação, liderança, motivação, grupos, equipes e cultura organizacional. 11. Relacionamento Interpessoal e Intrapessoal. 12. Noções de organização de eventos, cerimonial e protocolo. 13. Redação oficial. 14. Noções básicas de Contabilidade aplicada ao setor Público.

Acompanhamento

A equipe JC Concursos apresenta o resumo do concurso Coren MT nesta página, com as principais informações do processo seletivo. O conteúdo programático na íntegra pode se conferido no edital abaixo, disponível entre os anexos.


Cronograma

Abertura das inscrições19/08/2019
Encerramento das inscrições22/09/2019
Prova01/12/2019
Divulgação do Gabarito02/12/2019

Notícias do concurso Coren MT 2019

Edital e Anexos

Abertura (06/08/2019) Edital de abertura de inscrições

Provas COREN (MT) - Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso

Nenhuma prova encontrada

Provas UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Engenheiro Eletricista
UFMT
2015 Prova / Gabarito
COPEL Engenheiro Mecanico
UFMT
2015 Prova / Gabarito
UFT Analista de Tecnologia da Informacao Analise e Desenvolvimento de Sistemas
UFMT
2014 Prova / Gabarito
UFT Arquivista
UFMT
2014 Prova / Gabarito
UFT Arquiteto e Urbanista
UFMT
2014 Prova / Gabarito

» Ver lista completa


Comentários

Mais Lidas