Concurso Ibram DF 2021 Encerrado

Orgão: Ibram - Instituto Brasileiro de Museus
Nº vagas: 225
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Supervisor, Brigadista
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Alfabetizado, Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 2200,00 Até R$ 3300,00
Estados com Vagas: DF

Publicado em 19/12/2018, às 12h27 - Atualizado em 13/07/2021, às 18h00


O concurso Ibram DF (Instituto Brasília Ambiental) preencherá 225 vagas, sendo 150 para contratação imediata e 75 para formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades.

Informações complementares

Distribuição das vagas

Para a função de brigadista de combate a incêndios florestais (120 vagas + 60 CR) o candidato deve ser alfabetizado e possuir certificado ou diploma exclusivamente em curso de Formação de Brigada de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal, presencial, com teoria e prática, promovido por Instituições Públicas, no mínimo, 40 horas-aula. O salário inicial é de R$ 2.200.

O cargo de supervisor de brigada (6 + 3 CR) exige ensino médio completo, certificado ou diploma exclusivamente em curso de Formação de Brigada de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal, presencial, com teoria e prática, promovido por instituições públicas, no mínimo, 40 horas-aula, carteira de habilitação na categoria “B” e experiência profissional comprovada na área de chefia em combate a incêndios florestais em instituições do Governo Federal (inclui Forças Armadas) ou de governos estaduais e/ou do Distrito Federal. O vencimento é de R$ 3.300.

Por fim, o posto de chefe de esquadrão (24 + 12 CR) requer ensino médio completo, carteira de habilitação na categoria “B” e certificado ou diploma exclusivamente em curso de Formação de Brigada de Prevenção e Combate a Incêndio Florestal, presencial, com teoria e prática, promovido por Instituições Públicas, no mínimo, 40 horas-aula. A remuneração é de R$ 2.750.

Atribuições dos cargos

Brigadista de combate a incêndios florestais: Respeitar todos os servidores Brasília Ambiental, realizar ações de orientação a proprietários rurais e comunidades vizinhas às unidades de conservação sobre efeitos dos incêndios florestais; realizar rondas preventivas, conforme definição do Chefe de Esquadrão; conduzir veículo oficial destinado ao trabalho da brigada, quando autorizado e demandado pela Chefia; realizar atividades de combate aos incêndios florestais; apoiar queimas controladas autorizadas; executar a implementação e manutenção de aceiros e de estradas; executar a manutenção de equipamentos e instalações utilizados na prevenção e no combate a incêndios florestais; realizar atividades para manutenção do condicionamento físico; executar ações de prevenção e combate aos incêndios florestais, seguindo definição do Chefe de Esquadrão; executar a recuperação de áreas degradadas pelo fogo e/ou em recuperação, aceiros, coleta de sementes, coroamento de mudas e replantio; executar a manutenção das Unidades de Conservação; participar de atividades de capacitações e outras atividades relacionadas ao tema incêndios florestais, inclusive a distribuição de equipamentos de proteção individual da Brigada de Incêndio Florestal; responsabilizar-se pelos equipamentos da brigada de incêndio sob sua posse; devolver todo o material de prevenção e combate a incêndios florestais da brigada ao final do contrato de trabalho; executar atividades logísticas referentes à brigada; subordinar-se ao profissional responsável pela brigada de incêndio florestal, aos agentes de unidades de conservação de parques do Brasília Ambiental; aos supervisores e chefes de brigada; manter contato cordial com todos os servidores do Brasília Ambiental.

Supervisor de brigada: Respeitar todos os servidores do Brasília Ambiental; representar a brigada junto às instituições locais; promover orientações a seus subordinados sobre prevenção e combate a incêndios florestais, quando solicitado; supervisionar e exigir o uso do uniforme e dos equipamentos de proteção individual dos seus subordinados; executar atividades administrativas referentes à brigada; conduzir a viatura e/ou veículo automotor destinado aos trabalhos da brigada, quando autorizado; controlar a frequência dos Brigadistas; supervisionar a brigada; supervisionar a execução de recuperação de áreas degradadas pelo fogo, aceiros, coleta de sementes, coroamento de mudas e replantio; supervisionar a execução de manutenção das Unidades de Conservação pela Brigada; elaborar os relatórios de atividades da brigada; coletar informações de campo, conforme orientação do responsável do Brasília Ambiental pela Brigada de Incêndio; coordenar a frota de veículos a serviço da brigada florestal, bem como, indicar os condutores e supervisioná-los; compilar informações básicas que servirão para a elaboração de planos operativos de prevenção e combate a incêndios florestais; acionar a brigada para pronto atendimento aos combates a incêndios florestais, conforme definição do responsável pela Brigada de Incêndio do Brasília Ambiental; definir logística e estratégia dos combates; elaborar Notas Informativas e repassar para o Brasília Ambiental; viabilizar, coordenar e prestar apoio logístico e participar das ações de prevenção e combate aos incêndios florestais; verificar e encaminhar os Registros de Incêndios Florestais – RIF ao Brasília Ambiental; participar de atividades relacionadas ao tema incêndios florestais, inclusive a distribuição de equipamentos de proteção individual da Brigada de Incêndio Florestal; responsabilizar-se pelos equipamentos utilizados pela brigada de incêndios florestais; devolver todo o material de prevenção e combate aos incêndios florestais da brigada ao final do contrato de trabalho; subordinar-se ao profissional responsável pela brigada de incêndio florestal e aos agentes de unidades de conservação e parques do Brasília Ambiental; manter contato cordial com todos os servidores do Brasília Ambiental.

Chefe de esquadrão: Respeitar todos os servidores do Brasília Ambiental; coordenar as atividades do esquadrão em campo de acordo com as determinações estabelecidas pelo Supervisor da Brigada; promover orientações a seus subordinados sobre prevenção e combate a incêndios florestais; supervisionar e exigir o uso do uniforme e dos equipamentos de proteção individual dos seus subordinados; conduzir a viatura e/ou veículo automotor destinado aos trabalhos da brigada, quando autorizado; preencher os Registros de Incêndios Florestais – RIF; comandar a frota de veículos a serviço da Brigada Florestal, bem como coordenar e indicar os condutores para o andamento das rotinas da equipe; solicitar manutenção adequada aos veículos utilizados na prevenção e no combate; acionar os esquadrões para pronto atendimento aos combates a incêndios florestais, seguindo às prioridades estabelecidas no Plano Operativo e Plano de Ação e determinações; executar a recuperação de áreas degradadas pelo fogo, aceiros, coleta de sementes, coroamento de mudas e replantio; chefiar a execução de manutenção das Unidades de Conservação pela Brigada; substituir o Supervisor de Brigada em campo na sua ausência e quando determinado; participar das ações de prevenção e combate direto e/ou indireto aos incêndios florestais; participar de atividades de capacitações e outras atividades relacionadas ao tema incêndios florestais, inclusive, a distribuição de equipamentos de proteção individual da Brigada de Incêndio Florestal; controlar e supervisionar o esquadrão durante as operações de combate, garantindo a segurança nas técnicas ordenadas; determinar as rotas de fuga e zona de segurança; informar ao supervisor da brigada sobre qualquer mudança brusca em relação ao incêndio, material combustível e direção do vento, bem como, sobre qualquer alteração quanto aos combatentes e materiais; observar mudanças em condições climáticas, topográficas e intensidade do fogo, mantendo os componentes da brigada informados; estar em constante comunicação com os envolvidos no combate; motivar o grupo, sempre; estabelecer as atividades ao esquadrão dentro da brigada e controlar que essas se cumpram; capacitar e treinar o pessoal sob seu comando; colaborar com o Supervisor de Brigada em todas as atividades que ele delegue; manter informado, o Supervisor de Brigada, sobre o estado do seu pessoal, equipamento e implementos a seu cargo, como também em relação à disciplina e ao rendimento do esquadrão; responsabilizar-se pelos equipamentos da brigada de incêndio em uso pelos brigadistas de combate a incêndios florestais; devolver todo o material de prevenção e combate a incêndios florestais da brigada ao final do contrato de trabalho; executar atividades administrativas referentes à brigada; subordinar-se ao profissional responsável pela brigada de incêndio florestal, aos agentes de unidades de conservação e parques do Brasília Ambiental e aos supervisores de brigada; manter contato cordial com todos os servidores do Brasília Ambiental.

Acompanhamento

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso Ibram DF nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações estão disponíveis abaixo, no edital anexado.  

Concurso Ibram DF: veja dicas de preparação emocional


Cronograma

Abertura das inscrições21/06/2021
Encerramento das inscrições28/06/2021
Divulgação do Resultado
Estimativa
12/07/2021

Notícias do concurso Ibram DF 2021

Edital e Anexos

Abertura (14/06/2021)

Provas Ibram - Instituto Brasileiro de Museus

Nenhuma prova encontrada


Comentários

Mais Lidas