Concurso Marinha 2020 - Músico Em andamento

Orgão: Marinha - Marinha do Brasil
Nº vagas: 40
Taxa de inscrição: De R$ 74,00 Até R$ 74,00
Cargos: Sargento
Áreas de Atuação: Forças Armadas
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 1200,00 Até R$ 3825,00
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

Publicado em 01/04/2019, às 09h49 - Atualizado em 08/05/2020, às 18h00


O concurso Marinha conta com 40 vagas para admissão ao Curso de Formação de Sargentos Músicos do Corpo de Fuzileiros Navais. As chances são destinadas a candidatos de ambos os sexos com ensino médio e idade entre 18 e 24 anos (em janeiro de 2021).

Resumo do edital

Distribuição das vagas

As oportunidades estão distribuídas entre os seguintes naipes: clarinete em sib (12), euphonium em dó/bombardino (1), flauta em dó (1), harpa (1), percussão - bateria completa (10), requinta (1), saxofone alto em mib (1), saxofone tenor em sib (1), trompete em sib (4), trompa em fá (1), trombone teno em dó (4), tuba em sib/mib (2) e violoncelo (1).

Conteúdo programático

A prova escrita de música abordará os seguintes assuntos: a) acordes; b) escala cromática; c) escala geral; d) enarmonia; e) história da música; f) intervalos; g) modos de escala (maior e menor); h) modulação; i) série harmônica; j) tons vizinhos e afastados; k) transposição e ornamentos; l) vozes; m) transposição dos modos litúrgicos; n) andamento; e o) história e compositores dos hinos pátrios brasileiros. 

Confira abaixo as referências bibliográficas:  

  • a) Mascarenhas, Mário; Cardoso, Belmira. Curso Completo de Teoria Musical e Solfejo. Editora Irmãos Vitale. 1º Volume, 1973;
  • b) Mascarenhas, Mário; Cardoso, Belmira. Curso Completo de Teoria Musical e Solfejo. Editora Irmãos Vitale. 2º Volume. 8ª edição 1996;
  • c) Med, Bohumil. Teoria da Música. 5ª ed. revista e ampliada. Brasília-DF, Musimed, 1996;
  • d) Priolli, Maria Luísa de Mattos. Princípios Básicos da Música para a Juventude. 1º Volume. 53ª ed. revista e atualizada. Casa Oliveira de Músicas, RJ 2012;
  • e) Priolli, Maria Luísa de Mattos. Princípios Básicos da Música para a Juventude. 2º Volume. 32ª ed. revista e atualizada. Casa Oliveira de Músicas, RJ 2012;
  • f) Bennett, Roy. Uma breve História da Música, 2ª Edição, RJ - Jorge Zahar Editora, 1986;
  • g) Grout e Palisca. A situação da música no fim do mundo antigo. In:______. História da Música Ocidental. 5ª Edição, Lisboa, Editora Gradiva, 2007. Cap. 1, p. 15-49;
  • h) Grout e Palisca. Canto litúrgico e canto secular na Idade Média. In:______. História da Música Ocidental. 5ª Edição, Lisboa, Editora Gradiva, 2007. Cap. 2, p. 50-95.

Curso grátis sobre preparação emocional para o concurso Marinha 

Acompanhamento

A equipe JC Concursos apresenta o resumo do concurso Marinha nesta página, com as principais informações do processo seletivo. Mais detalhes podem ser conferidos no edital abaixo, disponível entre os anexos.


Cronograma

Abertura das inscrições01/04/2020
Encerramento das inscrições07/05/2020
Prova27/06/2020

Notícias do concurso Marinha 2020 - Músico

Edital e Anexos

Abertura Edital Concurso Músico Marinha (2019)
Abertura (27/02/2020) Edital de abertura de inscrições (2020)

Provas Marinha - Marinha do Brasil

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Marinha Capelao Naval Pastor da Igreja Batista
O próprio órgão
2015 Prova / Gabarito
Marinha Capelao Naval Pastor da Igreja Evangelica Assembleia de Deus
O próprio órgão
2015 Prova / Gabarito
Marinha Arquiteto e Urbanismo
O próprio órgão
2015 Prova / Gabarito
Marinha Cirurgiao Dentista Todas as Areas
O próprio órgão
2015 Prova / Gabarito
Marinha Capelao Naval Pastor da Igreja Catolica Apostolica Romana
O próprio órgão
2015 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre Marinha - Marinha do Brasil

Marinha do Brasil pertence as Forças Armadas do Brasil e é responsável por conduzir operações navais. É a maior da América do Sul e da América Latina e a segunda maior da América, depois da Marinha dos Estados Unidos.

A Marinha esteve envolvida na guerra de independência do Brasil. Por volta de 1880, a Armada Imperial Brasileira era a mais poderosa da América do Sul. Após a rebelião naval de 1893, houve um hiato em seu desenvolvimento, até 1905, quando o Brasil adquiriu dois dos dreadnoughts mais poderosos e avançados da época, o que provocou uma corrida armamentista naval com as nações vizinhas, sobretudo a Argentina e Chile. A Marinha do Brasil participou na Primeira Guerra Mundial e na Segunda Guerra Mundial, participando de patrulhas anti-submarinos no Atlântico.


Comentários

Mais Lidas